Itália | Dicas Práticas para Explorar o Lago di Como

30.6.17

A belíssima região do Lago di Como, como vocês acompanharam por aqui, é surpreendente. E, para aproveitar melhor o tempo que você vai ter por lá (e até economizer uns euros), seguem 5 dicas práticas para explorar a região ainda nessa temporada:



1 - Carro não vai te dar liberdade – todos os cartões postais do Lago di Como são, sim, acessíveis de carro. Mas as estradas são estreitas, congestionadas e encontrar um estacionamento pode causar um grande atraso na sua viagem, além do custo. Por isso, se quer passar pela região durante uma viagem de carro, melhor pesquisar antes um estacionamento que fique fora do foco turístico ou, um hotel que disponha de estacionamento próprio para hóspedes. Encontre hotéis na região do Lago di Como.

2 - Dá pra chegar fácil de trem – O Lago di Como pode ser explorado a partir das duas maiores cidades em sua margem, Como e Lecco. Ambas são acessíveis de trem a partir de Milão no serviço regional, que tem preço fixo e tabelado (não precisa comprar o ticket antecipadamente). No site da Trenod, que opera as linhas para esses destinos, é possível consultar preços, horários e conexões de e para Milão, assim como também para outras cidades próximas e para o aeroporto de Malpensa. A Trenord também leva você até o centro do lago, em Varenna. Esta é sem dúvida a melhor estratégia para quem vai fazer um bate e volta a partir de Milão (e a mais barata também). O lago também está acessível de trem a partir da Suíça, via Lugano. 


3 - Barco no lago é fundamental – Durante o verão, altíssima temporada, as ferries cruzam as vilas de norte a sul do Lago di Como, em embarcações de velocidade normal ou rápida. As rápidas contam com alta velocidade e menos paradas no trajeto mas cobram uma taxa extra. As lentas são menos turísticas e servem como meio de transporte entre os portos do lago. De acordo com a duração da sua viagem, a cidade em que se hospedará e os lugares que gostaria de ver, navegar pelo lago não é apenas útil, é fundamental para apreciar este destino. Existe até um ticket especial para cruzar o lago entre Varenna, Bellagio e Menaggio. Basta seguir os horários de partida entre os portos e navegar... Encontre aqui os horários de navegação da temporada 2017 do Lago di Como;




4 - Ônibus nem sempre é furada – Cobrindo a distância que um Ferry Boat de baixa velocidade cobriria na metade do tempo e por um terço do preço, esta pode ser a opção ideal para aqueles que se perderam com os horários dos barcos ou encontraram um hotel mais afastado. Mesmo competindo com os carros nas estreitas estradas, os ônibus podem mesmo ser uma boa opção. Além disso, eles são equipados com ar condicionado, o que já garante um certo nível de conforto. Neste link estão as linhas, horários e preços dos ônibus. O google maps também é uma excelente ferramenta para verificar os itinerários dos ônibus;






5 - Dolce far niente – Chegou onde queria? Agora é só caminhar em busca do melhor lugar para contemplar e curtir as belas paisagens desse deslumbrante destino italiano. Não precisa de mapa, roteiro, nem listas de top 10 o que fazer, sério. Pra aproveitar mesmo, é mais garantido não “fazer nada”.







Leia também

2 comentários

  1. Oi, Rapha. Tudo bem? :)

    Seu post foi selecionado para o #linkódromo, do Viaje na Viagem.
    Dá uma olhada em http://www.viajenaviagem.com

    Até mais,
    Bóia – Natalie

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, Natalie! Mais uma vez, obrigada ;)

      Excluir

google plus

twitter