Motel One Colônia – Hotel design com diárias a partir de 69 euros

27.9.17

Nós conhecemos a rede alemã Motel One em 2010, na nossa primeira vez aqui no país. Na ocasião, nos hospedamos em unidades em Berlim e em Hamburgo e desde aquela época curtimos bastante a proposta da cadeia de hotéis: preço baixo aliado a design. A rede abriu seu primeiro Motel One nos anos 2000 e hoje conta com 70 unidades (49 delas na Alemanha e as demais divididas entre Reino Unido, Áustria, Holanda, França, Bélgica, República Tcheca e Espanha).

Poltronas turquesa: Símbolo da rede hoteleira alemã Motel One, que alia design a baixo custo
Em cada Motel One um lounge diferente | Acima o Motel One Köln Mediapark

Naquele período – época em que o raphanomundo foi criado – eu ainda não fazia resenhas exclusivas para cada hotel onde me hospedava, portanto desde então vim esperando uma oportunidade de me hospedar novamente em algum Motel One para poder fotografar compartilhar mais essa opção de hospedagem com vocês.

Localização

Há pouco mais de uma semana, fomos meio que de última hora para Colônia e reservamos um quarto duplo por uma noite (100 euros) no Motel One Köln Mediapark. Curiosamente, Colônia carece de hospedagem com personalidade, então o Motel One acaba sendo uma boa alternativa para quem procura, além de uma cama para dormir, um lugar bonito e um bom ambiente. O hotel fica a uma estação de S-Bahn da estação central de Colônia, que fica aos pés da Catedral, principal ponto turístico da cidade.

Inconfundível: Recepção do Motel One em Colônia

Check-in e Quarto

Chegamos um pouco adiantados ao horário do check-in (15h), mas a funcionária que nos atendeu, bem disposta e solícita, nos deu um quarto imediatamente. Já ficamos contentes que esse early check-in. Os trâmites de entrada foram feitos rapidamente e nesse momento também já pagamos pela noite a ser dormida, assim como informamos que gostaríamos de incluir o café da manhã na nossa diária (9,50 euros por pessoa).

Conforto: 4 travesseiros e duas almofadas no quarto duplo do Motel One
Os quartos do Motel One têm um bom espaço e são confortáveis
O azul turquesa, cor símbolo da rede, está em vários pontos da decoração
Os quartos são simples, sem firulas, porém são confortáveis e bem decorados
Banheiro pequeno mas sem cara de banheiro de hotel barato
Os banheiros da rede Motel One têm bom acabamento e boa ducha, além de amenities orgânicas 

Há quem diga que todos os hotéis da rede Motel One, assim como os ibis da Accor, são iguais.  Eu diria que na rede alemã os quartos podem ser iguais, mas há um trabalho de criar lounges únicos, áreas comuns com características que remetam à cidade onde estão localizados. Ficamos num quarto no quinto andar do prédio. Não espere firulas, nessa marca vocês encontrarão quartos simples, cama confortável, bons travesseiros, luz e tomadas na cabeceira da cama, mesa de trabalho, tv com canais a cabo e wi-fi (que no nosso quarto não funcionou bem). No banheiro, fui surpreendida por uma ducha muito boa – do tipo raindance –, secador de cabelo e amenities daquelas “coletivas”, mas orgânicas, produzidas na Alemanha, de excelente qualidade. O aroma do gel de banho de menta te faz viajar para um SPA de luxo, uma delícia de banho.  

Café da manhã

A refeição, que vale o preço pago, é servida em buffet na área comum do hotel. E aí você vê a proposta descontraída do design, pois não há uma parte específica, como um restaurante, você se serve e senta numa das poltronas ou mesas altas espalhadas por todo o lounge do hotel. À disposição temos frutas, cereais, pães, frios, ovos orgânicos cozidos, iogurte, sucos, café, chá, bolo, mel e geleias, simples mas satisfatório.

Motel One Köln Mediapark
Café da manhã, pago à parte (€9,50 por pessoa), mas satisfatório


Conclusão

Como disse, o Motel One é um hotel para quem busca um pouco a mais do que só uma cama para deitar. As diárias, quando marcadas com antecedência e em datas não concorridas, vão a partir de 69 euros o quarto single e 84 euros o quarto double. É uma boa pedida para aqueles viajantes que gostam de economizar mas não abrem mão do design. Ou seja, todo mundo!

SalvarSalvar

Leia também

0 comentários

google plus

twitter