Mostrando postagens com marcador comida italiana. Mostrar todas as postagens
Mostrando postagens com marcador comida italiana. Mostrar todas as postagens

25.1.13

Pasta e Basta - Italiano em Munique


Em um dia de muita chuva + frio + neve a gente só tem uma coisa na cabeça: comida. E se ela for italiana, melhor.

Aí começou a saga para achar um restaurante italiano em Munique que fosse bom, não muito caro e perto de um  metrô/bonde (porque ninguém merece virar pinguim). Mais uma vez recorremos ao nosso bom e velho PRINZ – podemos dizer que esse guia foi o quinto elemento da viagem, sempre com dicas muito certeiras – e achamos, entre as várias opções, o Pasta e Basta. Com pratos de massa  e pizzas com preços que variam entre €3.95 e €7.45 e a taça de vinho tinto custando €2.80, ficamos até com um pé atrás. 

Bruschetta caprichada

28.11.11

New York: Dia 1


Depois da nossa longa jornada para chegar até à Big Apple, uma vez instalados, uma dúvida pairou sobre nossas cabeças: sair ou não para jantar? Jui, a nossa host, foi bem enfática: "Saiam! Jantem na Times Square. Garanto que vocês se sentirão em Nova York a partir desse momento.". Até sugestão de onde jantar ela nos deu. Não nos restou escolha a não ser dar uma refrescada, por uma make para esconder a cara de Jack Bauer (24h viajando) e pegar o metrô "A" até a estação 42nd. 

Dito e feito! Saímos da estação e seguimos a multidão de turistas… As luzes foram aumentando e a quantidade de pessoas também. Chegamos na Times Square e, de fato, nos sentimos em Nova York. Cenário de filme, lugar que faz parte do imaginário das pessoas, onde as lojas são 24h e o mundo todo se encontra. 








Juntei o restinho das minhas forças para fazer alguns poucos clicks, mas a fome era grande e partimos em busca do restaurante indicado por nossa host: Carmine's. A propaganda foi a seguinte: "Se vocês estão com fome e querem uma comida italiana gostosa e bem servida lá perto da Times Square, vocês devem ir ao Carmine's.". Foi uma boa confirmação para esse restaurante que já figurava na minha lista prévia de onde comer em NY.

Logo na entrada eles perguntam se você tem reserva e é óbvio que a gente não tinha. Colocamos o nome na lista e fomos para o bar atrás de uns bons drink. Nossos 40 minutos de espera passaram num piscar de olhos, ou melhor, em duas cervejas ($7.00 - pint).  Logo fomos levados à nossa mesa e uma garçonete muito simpática nos apresentou o funcionamento da casa. Pratos bem servidos, para duas ou mais pessoas e cestinha de pães de cortesia. Nós optamos por meia garrafa do Merlot da casa ($ 13.50 - quartino)  e Spaghetti com Meatballs ($26.50 - serve 3 pessoas). 





A comida estava uma delícia e o ambiente do enorme restaurante é aconchegante, familiar e muito agradável. Os pratos são realmente bem servidos, fartos mesmo. Não é raro ver os clientes deixando a casa munidos de uma sacolinha com as suas sobras. Aliás, é meio praxe. Quando você acaba a refeição os garçons já perguntam se você quer embalar o resto para viagem. Aqui no Brasil isso não é muito comum e o povo fica até meio constrangido de sair de um restaurante levando sua marmita, mas lá em Nova York todo mundo saía numa boa e nós também. Seria um pecado deixar toda aquela delícia lá!

Bom, para quem estava 24 horas no ar, até que começamos nossa jornada na capital do mundo com o pé direito e todo o gás, né? Depois de um pouco ambientados e bem alimentados, fomos para casa dormir bem, pois os 9 dias que tínhamos pela frente seriam intensos.
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...