Mostrando postagens com marcador curitiba. Mostrar todas as postagens
Mostrando postagens com marcador curitiba. Mostrar todas as postagens

10.7.14

#cwbparainiciantes: Feira Noturna do Água Verde

Entre terça e sexta-feira, das 17 às 22 horas, os curitibanos (e os agregados, como eu) têm um encontro marcado com as feiras noturnas que acontecem em vários bairros da cidade. No meu caso, o dia de visitar a Feira Noturna do Água Verde é às quintas. Nesse dia, o pedaço da rua Brasílio Ovídio da Costa que fica entre a rua Guararapes e a avenida República Argentina ganha banquinhas de diversas especialidades e se torna os 100 metros mais gostoso da cidade.

Na verdade, de feira livre são só duas bancas, uma de frutas e outra de legumes. Grandes, bonitas, organizadas, mas só. Ah, tem um trailer de queijos e embutidos bem bonito e concorrido, vale dedicar uma atenção maior da próxima vez.

No entanto, o foco é a feirinha gastronômica mesmo, servindo o melhor da comida de rua. São banquinhas e food trucks caprichados oferendo quentão (com ou sem marshmallow) bolinho de bacalhau, espetinhos, sanduíches, comidas de milho, acarajé, tapioca, empanadas, pastéis e mais outros representantes de peso da baixa gastronomia.


7.7.14

#cwbparainiciantes: Praça do Japão – Cerejeiras em Curitiba

Aproveitando que o dia amanheceu ensolarado e quentinho nesse início de inverno curitibano, resolvemos ir visitar a Praça do Japão. A cidade, que só perde para São Paulo em número de imigrantes japoneses, homenageou a comunidade da terra do sol nascente com essa praça. Com projeto iniciado em 1958, concluído em 1962 e reformado em 1993, além de um belíssimo jardim, a Praça do Japão ainda conta com lagos artificiais com carpas, Casa de Chá, Casa da Cultura e Memorial da Imigração Japonesa.


9.6.14

Como ir do Aeroporto de Curitiba para o Centro usando transporte público

Uma informação básica para os que chegam de avião no Aeroporto Afonso Pena em Curitiba é saber quais são as opções de transporte pra ir até o centro. Atualmente, são três as opções: Ônibus urbano, ônibus executivo e Táxi. Nós já usamos todas e detalhamos:

>> Ônibus Urbano

A linha 208-Aeroporto de ônibus urbano custa o valor da tarifa normal (R$2,70) e é uma linha semi-expressa que faz o trajeto entre o Aeroporto e o Centro Cívico. A estação tubo no aeroporto fica em frente ao desembarque, no térreo e é muito fácil de identificar. O ônibus passa com uma frequência média de 30 minutos (ver horários aqui) e a passagem é paga em dinheiro para o funcionário na entrada da estação. Essa linha faz parte da RIT – Rede Integrada de Transporte –, e é possível mudar de linha dentro das estações tubo onde o ônibus para. 

Atenção: O ônibus para somente nas estações indicadas no mapa.

Nesse link é possível ver o itinerário da linha aeroporto, como também, qual a melhor opção de mudança de linha para chegar ao seu destino.
Estação Tubo Aeroporto

6.6.14

Notícias do Turismo #11


Semanalmente, você encontra aqui as notícias mais fresquinhas do mercado do turismo no Brasil e no mundo.

  • Azamara Club Cruises traz Azamara Journey para o Brasil em 2014/2015 – O navio pertencente ao grupo Royal Caribbean fará seis cruzeiros entre dezembro de 2014 e fevereiro de 2015. Serão roteiros de 9 a 18 noites pela América do Sul com saídas incluindo Natal, Réveillon e Carnaval, passando por diversas cidades brasileiras como Rio de Janeiro, Búzios, Ilhabela, Recife, Salvador, Natal e Belém, bem como portos sul-americanos como Punta del Este, Montevidéu e Buenos Aires. Mais informações: www.azamaraclubcruises.com - via: Xcomunicação

O Azamara Journey aporta no Brasil na temporada 2014/2015 - Foto: Divulgação

4.6.14

#cwbparainiciantes: Banca da Sonia

Num dos nossos primeiros passeios – agora como moradores de Curitiba –, foi percorrer a Rua Riachuelo, no centro da cidade. Conhecida por ser a primeira rua de Curitiba, a via tem um comércio de móveis novos e antigos forte. Garimpando bem, encontra-se verdadeiros achados. Para isso, paramos o carro na Praça 19 de Dezembro, que por causa da obra de Erbo Stenzel e Humberto Cozzo, é conhecida sob a alcunha de Praça do Homem Nu.

Praça 19 de Dezembro, conhecida pelos curitibanos como Praça do Homem Nu

27.5.14

Pub Crawl: Conhecendo bares e baladas de Curitiba

No final de semana passado fomos gentilmente convidados pelo pessoal do Pub Crawl Curitiba para fazer um tour pelos bares e baladas da região do Largo da Ordem. Como bons recém moradores da cidade, achamos por bem não recusar um convite como esses. Afinal de contas, a oportunidade de conhecer pessoas e fazer amigos (mesmo que por uma noite) é sempre bem-vinda.

Às 22h estávamos no ponto de encontro, no caso do roteiro de sábado, o Old’s Pub. Ali, de posse das pulseirinhas quem abrem portas (e bares), já começa o esquenta: chopp Asgard – cervejaria local – livre durante 1 hora. O pub tem um astral bacana, descolado, bom para jogar conversa fora com os amigos entre uma partida de bilhar e outra.
Enquanto isso, os demais participantes do rolê dessa noite vão chegando, as apresentações vão sendo feitas, o papo começa a ficar animado, mas chega a hora de partir para a segunda parada da noite.

É na Rua Paula Gomes, número 405, que a brincadeira começa

22.5.14

Ibis Curitiba Centro Cívico

Antes de vir para Curitiba em definitivo, precisamos vir aqui algumas vezes para resolver a parte burocrática da coisa, para isso procuramos um lugar barato e bem localizado para ficar. Na hora lembrei do Ibis Centro Cívico, que tem uma diária honesta mesmo reservando de última hora. 

Por falar em localização, eu sabia que era boa, mas não imaginava que fosse ficar na boca do Largo da Ordem, onde a boemia acontece e aos domingos ocorre a famosíssima feirinha do Largo da Ordem. Pois bem, o Ibis está a uma tranquila caminhada de distância, não chega a 8 minutos, se bem me lembro.

Ele também está em cima do Beija-Flor, restaurante que falei nesse outro post aqui. Do lado oposto ao do boteco, está o Shopping Müller, com uma grande variedade de lojas e restaurantes. Na esquina do shopping ainda encontramos uma padaria simpática, dessas de bairro, boa para quem faz a reserva do hotel sem café da manhã, no caso, a gente :)

Os quartos são o padrão Ibis de sempre. Limpos, organizados, confortáveis... com TV, ar condicionado/aquecedor, frigobar e banheiro.  O staff foi bem solícito e ainda deixou a gente fazer um late check-out. Tem estacionamento - não incluso na diária - e free wi-fi por todo o hotel. 
Não tenho do que reclamar!



20.5.14

#cwbparainiciantes: Restaurante Beija-flor

Com a mudança completa e o acampamento montado em Curitiba, a vida vai voltando ao normal e eu vou retomando o blog e os meus escritos. A dica desse post é de uma descoberta de quando ainda não éramos moradores da cidade, mas estávamos na fase de buscar o apartamento e explorar a capital paranaense. Num belo sábado de sol (mentira, chovia à beça), eu queria almoçar uma reconfortante feijoada. Busca dali, busca de lá, nada me chamou muito a atenção, mas nas profundezas da web a gente sempre encontra algo, né? E foi num ranking sobre feijoadas que nos comentários, alguém se manifestou dizendo que estava faltando a feijoada do Restaurante Beija-flor no rol das melhores feijoadas de Curitiba.

E imaginem a minha surpresa ao descobrir que o Beija-flor estava a poucos passos do Ibis Centro Cívico, onde estávamos hospedados?

Em minutos adentramos no simples recinto, nos sentamos numa das mesas de plástico e logo uma moça gentil  veio nos atender. Pedi pela feijoada e ela, com cara de pesar, disse que já não tinha mais e completou: “Começamos a servir às 11h”. E já era tarde, quase 14h. Logo ela nos passou de cabeça mesmo os outros pratos oferecidos pela casa. Escolhemos um filé para duas pessoas. E para beber, perguntou. Devolvi perguntando se havia original gelada, no que ela respondeu: “qual é o boteco que não tem cerveja gelada, fia?”. Pronto. Ganhou meu coração.




30.4.14

Notícias do Turismo #9


Semanalmente, você encontra aqui as notícias mais fresquinhas do mercado do turismo no Brasil e no mundo.

  • All you need is Ecuador – O Brasil foi um dos principais locais para a ativação da campanha do país que aconteceu concomitantemente em outras 19 cidades do mundo. São Paulo foi a cidade  eleita para que o público pudesse conhecer e interagir com a instalação do Equador no Morumbi Shopping. Mais informações: http://ecuador.travel/en 

All you need is Ecuador em São Paulo - Foto: Divulgação

24.4.14

#SP5anos

Esse texto era pra ter sido publicado no dia 07 de março desse ano, quando fez 5 anos que comprei uma passagem só de ida e cheguei aqui em São Paulo de mala e cuia. Porém, precisei de mais tempo pra escrever algo mais elaborado sobre esse marco. Afinal de contas, 5 anos em São Paulo não são para qualquer um.

Como tudo tem sua hora, esse texto vem para encerrar um ciclo desses anos na terra que já não é mais da garoa. Cheguei aqui em 2009 me sentindo muito adulta e pronta. Mas hoje sei que se eu nasci e cresci no Recife, em São Paulo foi onde amadureci. Desembarquei em Guarulhos cheia de sonhos e expectativas, mas nesses 5 anos também vivi o que nem sonhei. Aliás, eu cheguei pensando que viveria na Sampa de Caetano, mas fico feliz de dizer que conheci mesmo foi uma São Paulo cantada por Criolo e Emicida. De contrastes e diferenças. De aprendizados diários que me fizeram crescer.

vai deixar saudades... foto: instagram @aretakis

15.4.14

Notícias do Turismo #8


Semanalmente, você encontra aqui as notícias mais fresquinhas do mercado do turismo no Brasil e no mundo.

  • Novo Cardápio KLM – A companhia aérea holandesa lançou no dia 09 de abril, para a imprensa especializada, os novos cardápios que serão oferecidos nas classes economy e business dos seus vôos, partindo do Rio e São Paulo com destino a Amsterdã. O toque de brasilidade fica por conta do Chef Rodrigo Oliveira, do famigerado Mocotó e do novo Esquina Mocotó, que tem como características a simplicidade da cozinha nordestina e a valorização dos ingredientes locais. Escondidinho de carne seca, Nhoque de Mandioca com Queijos do Brasil, Moqueca de Peixe com Arroz e Castanhas, Quindim de Manga, Cocada, Coco e Castanha-do-Pará, são alguns dos pratos que estarão nos menus da KLM, desenvolvidos em parceria com a LSG Skychefs. Essa novidade fica no ares por um ano, sendo renovada a cada 3 meses. www.klm.comvia: B4T Assessoria + Comunicação
Gratinado de Mandioca com Carne-Seca e Requeijão nos ares da KLM - Foto: Divulgação

31.1.14

Notícias do Turismo #3


Semanalmente, você encontra aqui as notícias mais fresquinhas do mercado do turismo no Brasil e no mundo.


  • Já está começando a pensar na temporada de neve no hemisfério sul? O Valle Nevado começa 2014 com descontos para quem sabe se programar! Hóspedes e visitantes garantem até 45% de desconto reservando hotéis e apartamentos no Ski Resort até 15 de fevereiro. As promoções valem para qualquer um dos hotéis da estação: Valle Nevado (exceto suítes), Tres Puntas e Puerta del Sol. Para mais informações e reservas: www.vallenevado.com/pt/ reservas@vallenevado.com ou 0800-892-1047 – via: B4T Comunicação

Valle Nevado com desconto!  - Foto: Divulgação

17.8.12

Noite em Curitiba


Aos viajantes que curtem todos os pontos turísticos durante o dia e ainda têm pique para dar uma esticadinha à noite, esse post vai ser bem útil. Conheci dois points de Curitiba para aqueles que não resistem aos bons drinks, boa música e, quem sabe, uma dançadinha?!

Primeiro, fui ao Sheridan’s Irish Pub. Eleito pela Veja Comer & Beber de Curitiba como a Melhor Música ao Vivo, o autêntico pub irlandês nos brinda não só com música boa, mas com uma vasta carta de cervejas de qualidade. O que chamou muito a minha atenção é que o pub trabalha com preços super convidativos, se comparado aos de São Paulo. Aliás, Curitiba oferece uma cena gastronômica interessantíssima a preços aceitáveis. Nessa noite eu fui de Round Trip Beer (R$ 16,00). A Guiness 560ml sai por R$ 18,90 e para petiscar, French Fries (R$ 15,90). Para os que quiserem entrar mesmo no clima de pub, Fish and Chips saem por R$ 39,90.

Música boa rolando no Sheridan's Irish Pub

15.8.12

Almoço em Morretes


Depois de uma maravilhosa viagem de trem, chegamos a Morretes bem na horinha do almoço e com bastante fome. Da estação ferroviária até o restaurante Casarão são menos de 10 minutos de caminhada.  A temperatura estava amena e o sol fazia até um calorzinho gostoso, o que deixa a caminhada agradável. Chegando ao Casarão, restaurante às margens do rio Nhundiaquara, foi só escolher a mesa que proporcionava a melhor vista e curtir um almoço delicioso.

Fachada simpática do Restaurante Casarão

13.8.12

Trem Curitiba - Morretes


Um passeio que eu quis fazer desde a primeira vez que estive em Curitiba era o passeio de trem pela Serra do Mar até Morretes. Dessa segunda vez a manhã e parte da tarde do sábado foram reservadas para essa deliciosa viagem.


Trem na Rodoferroviária de Curitiba

10.8.12

Parques e Bosques de Curitiba


Cidade do país onde a Mata Atlântica é melhor preservada e com um índice de área verde de 64,5 metros quadrados por habitante, Curitiba leva o título de Capital Ecológica do Brasil. Não dá para visitar a capital paranaense sem passar por um dos seus 39 parques e bosques. 

Pude conhecer alguns desses lugares especiais da cidade e, não é por nada não, mas o curitibano tem uma sorte danada de poder ter esse contato direto com a natureza sem ter que percorrer muitos quilômetros para isso.

Unilivre

A Universidade Livre do Meio Ambiente se tornou um dos meus favoritos. É um local de produção e compartilhamento de conhecimento  sobre o meio ambiente e a sustentabilidade urbana. O seu prédio, todo feito em madeira, se integra de forma perfeita ao cenário. Não dá pra dizer que estamos dentro de uma metrópole. É uma mata densa, nativa, com diversas espécies de aves. No lago de 8 metros de profundidade, onde funcionava uma pedreira, encontramos carpas coloridas. Uma sensação de paz e bem estar sem fim. 

Entrada da Unilivre

7.8.12

Onde comer em Curitiba


Curitiba é um lugar maravilhoso para quem busca um turismo comilônico/gastronômico. Cá pra nós, acredito que essa é a modalidade de viagem preferida do blog.  :)

Acho impressionante a fartura de restaurantes, cafés, bares e lanchonetes da cidade. Alguns podem até falar que São Paulo tem uma cena muito maior e, com certeza tem, mas na capital paranaense por ser menor (e não entendam esse menor como pejorativo, e sim, aconchegante) temos tudo muito mais próximo. Ponto para Curitiba! Muitos desses lugares são temáticos, novos e vários outros de grande tradição na cidade. Nessa segunda vez quis evitar voltar aos mesmos lugares de antes, afinal de contas, o objetivo aqui é ter sempre dicas novas e fresquinhas para vocês.

Vamos à comilança, ops, às dicas:

Começo com o Arragui Bistrô Bar, do chef porto-riquenho Raul Carrasquillo e sua cozinha que conta com referências francesa, peruana, mexicana, japonesa e brasileira. Como carro-chefe, entre outros pratos, o espetacular Taco Japonês (6 unidades R$29,00). Para o prato principal eu escolhi um farto Talharim alla vodka com Salmão (R$24,90). A massa veio no ponto e o salmão estava tão macio e suculento que não dava vontade de parar de comer. No entanto, como eu falei anteriormente, o prato é farto e até me arrisco a dizer que um casal sem muita fome divide numa boa.  Para fechar essa refeição real, um aperitivo de 3 sobremesas deliciosas: Bolo Três Leches, Cheesecake de Doce de Leite e Molten de Chocolate servido com sorvete de creme. Todas divinas!


Tacos Japoneses: Massa de guioza no formato de taco recheada com salmão, shoyu, alface e vinagrete da casa

3.8.12

Batel Soho


Um dos passeios que mais me surpreendeu nessa segunda visita a Curitiba foi a ida ao Batel Soho. Eu desconhecia completamente que existia esse movimento tão efervescente acontecendo na cidade desde 2007. Inspirado nos Soho’s de Londres, Nova York e Buenos Aires, empresários da região da Praça da Espanha se juntaram e criaram mais do que um circuito de compras,  um estilo de vida.
Congregando moda, gastronomia, design e lazer no entorno de uma praça, a região conhecida como Batel Soho já é point dos curitibanos.

Tive um fim de tarde super agradável no Tienda Café contemplando o vai e vem de pessoas que curtem o lugar. São as mais diversas tribos, todas juntas e misturadas. Encontro de motoqueiros, apreciadores de carros antigos, amigos que curtem tomar um chopp no fim da tarde, famílias passeando com seus filhos e cachorros ou casais que estendem suas toalhas e vão escutar o som ao vivo que rola nos fins de semana à tarde. Esse movimento que não para é o Batel Soho.

Praça da Espanha - ponto central do Batel Soho

1.8.12

Mercado Municipal de Curitiba


Da primeira vez que fui a Curitiba, com o tempo corrido para conhecer os principais cartões postais da cidade, não sobrou tempo algum para fazer um dos passeios que mais gosto, conhecer mercados.

Dessa segunda vez eu tratei logo de sugerir ao pessoal do Curitiba Convention &Visitors Bureau, que me convidou para passar mais um fim de semana na capital paranaense, que o mercado estivesse no roteiro. E não é que ele estava?

O prédio do Mercado Municipal de Curitiba que é repleto de história, hoje passa por uma reforma para se tornar, de fato, um verdadeiro ponto turístico. Atualmente o espaço já é referência em gastronomia e um ponto de encontro dos curitibanos.

Curta Cur!tiba
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...