Mostrando postagens com marcador uruguai. Mostrar todas as postagens
Mostrando postagens com marcador uruguai. Mostrar todas as postagens

5.6.12

Montevidéu: Onde comer?


Aqui vão algumas dicas de onde comer em Montevidéu. Todos os lugares que visitamos praticavam um preço amigo e ofereciam uma comida boa. 

Almoço / Jantar / Lanches:

Nem só de carne vive Montevidéu, mas vou te dizer que não é fácil se livrar dela. Além dos belos cortes do Mercado del Puerto que, se eu pudesse comeria todos os dias - não dá para visitar a capital uruguaia e não provar o Chivito (curiosamente perdi minhas fotos desse poderoso sanduíche). Comemos a iguaria calórica duas vezes. O primeiro na De la Ciudad (Av. Brasil, 2552 - aceita cartão de crédito) E o segundo e delicioso foi na Pizzeria Trouville, onde fomos atendidos por um garçom super simpático. (Av. 21 de Setiembre, 3104 - aceita cartão de crédito).

Foto por Matt Rubens

4.6.12

Montevidéu: Feira Tristán Narvaja


Nosso passeio em Montevidéu nos levou direto para onde uma boa parte dos moradores da cidade estão em pleno domingo: Calle Tristán Narvaja. É lá que acontece, sempre aos domingos, a tradicional feira de antiguidades que leva o mesmo nome da rua.

Ao longo destes 700 metros de rua fechada só para pedestres, é possível encontrar de tudo. Frutas, verduras, temperos, quilos de mate (e suas cuias), livros, cds, LPs, bugigangas eletrônicas, animais de muitas espécies, queijos, doces, couro... Enfim, um belo retrato da cultura do Uruguai.

Feira de antiguidades Tristán Narvaja

29.5.12

Montevidéu: Museu do Carnaval e Ciudad Vieja


Localizado ao lado do Mercado del Puerto, está Museu do Carnaval. Com um acervo e espaço simples, o museu revela o quão importante é o carnaval para a cidade, onde a festa dura 40 dias. Me arrisco em dizer que Montevidéu importou uns pernambucanos para criar o carnaval mais longo do mundo.

Os registros fotográficos mostram a animação dos desfiles, enquanto máscaras e fantasias definem o quão eclética é a festa.

Fantasias no Museo del Carnaval

24.5.12

Montevidéu: Visita Guiada ao Teatro Solís


Caminhando pelas ruas da Ciudad Vieja de Montevidéu, acabamos avistando o imponente Teatro Solís. Esse teatro está localizado bem no centro da cidade, onde a cidade velha encontra o comércio. A construção do século XIX foi e é palco de grandes espetáculos cênicos e musicais e é um dos pontos indispensáveis numa visita à cidade.

Fachada - foto do celular

22.5.12

Montevidéu: Mercado del Puerto


Na manhã seguinte à nossa chegada saímos por uma Montevidéu fria e chuvosa. Mesmo assim a cidade estava convidativa.

Ficamos hospedados (via Airbnb) num apartamento no bairro de Pocitos, a poucos passos da praia. Pegamos o ônibus 116 com direção a cidade velha e fomos assimilando o quão diferente Montevidéu consegue ser. Vale mencionar que andar de ônibus numa cidade estranha não é tarefa para principiantes ou tímidos, mas certamente é a melhor forma de conhecê-la. Lá a passagem custa 190 pesos (menos de R$2) e é possível se prevenir consultando as linhas e os itinerários aqui e no site da companhia de transportes coletivos - CUTCSA.

A linha 116 nos levou de Pocitos direto para a parte velha da cidade. Contrariando a cronologia, decidimos iniciar o nosso relato sobre a capital uruguaia  aqui no blog maltratando a nossa memória com o delicioso aroma de parrilla que emanava do histórico Mercado del Puerto, que provocou nosso apetite naquele sábado preguiçoso.

Se você não tolera carne vermelha ou os adeptos dela, este não é o lugar pra você. Nossas recomendações para aproveitar o que o Mercado del Puerto tem de melhor:

21.5.12

Montevidéu: Voando Pluna e Chegada


Nesta segunda começa uma nova série aqui no raphanomundo: Montevidéu! Desde que chegamos aqui em São Paulo esperávamos uma oportunidade para conhecer a capital uruguaia. No ano passado, com aquela ajuda providencial do Melhores Destinos, conseguimos um preço bom na passagem para o feriado de 1º de maio. Não nos restou outra opção a não ser aproveitar essa chance e compartilhar um novo destino aqui no blog.

Voamos pela primeira vez com a companhia aérea Uruguaia Pluna, que opera uma frota de 13 jatos regionais CRJ-900 de 90 lugares da canadense Bombardier, com pinturas criativas e coloridas. No interior do jato, menos espaço para circular e para as bagagens de mão, mas assentos de couro confortáveis e satisfatórios para o curto trecho de pouco mais de 2h até o Aeroporto de Carrasco.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...