Inicialmente achei que hospedagem em Tromsø, cidade ao norte da Noruega, seria cara como na Islândia ou difícil de achar, como em qualquer destino concorrido. Não sei se tivemos sorte, mas o fato é que achamos um hotel legal com um preço interessante e bem localizado em Tromsø. 



Como as nossas noites seriam curtas, porque numa delas faríamos o tour para observar a Aurora Boreal – e voltaríamos para o hotel por volta das 2 da manhã – e no dia seguinte teríamos que acordar cedo para o tour do Whale Watching. Já na última noite, deixaríamos o quarto cedo, pois nosso voo partiria às 8 da manhã de Tromsø com destino a Oslo. Ou seja, usaríamos muito pouco o quarto e, na verdade, a gente precisava mesmo era de uma hospedagem bem localizada para nos deslocarmos com facilidade pela cidade. 

O Smart Hotel, que faz parte de uma rede de hotéis de baixo custo com 5 filiais espalhadas pela Noruega, se mostrou uma boa surpresa. A Storgata, principal rua da cidade, está a 200 metros de lá, o que permitiu nos locomover com tranquilidade para os nossos compromissos, já que nenhuma caminhada durava mais do que 5 minutos. Os quartos desse hotel têm, por padrão, um tamanho reduzido, mas é o espaço essencial para o pouco tempo que ficamos dentro dele. É área para quem realmente vai aproveitar o destino e precisa somente de uma cama confortável e um banheiro limpo. O quarto ainda tinha TV, que confesso, nem ligamos, uma mesinha de trabalho e free wi-fi, claro. Ainda por cima, eles conseguem ter uma decoração simpática (ah, os escandinavos…).






A diária, que custou 990 NOK para o casal, não incluía o café da manhã, que pagamos por fora (120 NOK por pessoa) e conseguimos tomar rapidamente em apenas um dia. O buffet do Smart Hotel é bem variado e conta com pratos quentes e frios, além de iogurtes, pães, frutas, frios, cereais e itens locais. Pena que fizemos uma refeição meio corrida e moderada porque teríamos um passeio de barco pela frente, mas ficamos bastante satisfeitos com o que vimos e provamos.






Os destaques do hotel, sem dúvida, vão para o cafezinho e chás disponíveis de cortesia na recepção. Em lugares frios, essa gentileza ganha muitos pontos extras. Outro ponto forte é que a partir das 16 horas até umas 23 horas o Smart Hotel Tromsø serve uma sopa com pão (75 NOK) e, além de quebrar um galho para quem perdeu a hora do almoço, também esquenta o corpo pro frio que faz lá fora. Por essas e outras que o Smart Hotel se mostrou uma boa opção de hospedagem em Tromsø.