As minhas aulas de alemão começaram ontem, não sem antes rolar toda uma confusão. Chegamos no prédio do curso bem antes do horário da aula para dar tempo de finalizar minha matrícula e do meu marido fazer o teste de nível dele.

Encontramos com a funcionária que falava um inglês bem tosco e se danou a falar em alemão com a gente. Meu marido desenrola já, mas eu só ouvia "blá blá blá whiskas sachet", ou seja, não entendia nada. No meio da confusão a mulher disse que eu também precisava fazer um teste (?) para provar que sabia zero de alemão.

Depois de muito tentar explicar, nós conseguimos preencher umas fichas de inscrição e meu marido fez o teste de nível, enquanto eu esperava a minha aula começar. Às 18:00 eu fui para a minha sala. A professora é bem legal, mas não fala inglês só alemão e um pouco de francês. Graças a deus eu estudo francês, senão tava morta. De qualquer forma, a professora só fala em alemão e é angustiante não saber nada.  Mas, nessa barca furada eu não estava sozinha.

Vi chegando, um a um, meus colegas de sala: 3 romenos, 2 indianos, 1 russo, 1 nepalês, 1 húngara e 1 turca. De fato, entrar naquela sala é como dar a volta ao mundo! É muito interessante observar as essas pessoas, só isso já vale a ida à escola. Durante as 3 primeiras horas de aula, na base da intuição e repetição, fomos dando nossos primeiros passos no desconhecido mundo da língua alemã.

Ainda tenho mais 29 aulas de 3h cada, vamos ver no que vai dar! Será que eu consigo?

Tschüs!

imagem: aqui