Passeio de buggy pelo litoral de Alagoas


Eu não fazia ideia de quanto tempo eu não subia num buggy. Essa viagem para Alagoas me deu a oportunidade de fazer isso duas vezes, e de relembrar como é bom passear com os cabelos ao vento tomando aquele sol.

Em frente ao Salinas do Maragogi



  • Litoral Norte

Meu primeiro passeio foi para o litoral norte do estado, não tão embasbacante quanto o litoral sul, mas com um sentido todo especial para mim, pois foi por ali, entre a última praia de Pernambuco – São José da Coroa Grande – e a primeira de Alagoas – Peroba –, que passei inúmeros verões quando pequena. O tom azul bebê da água nos dias de hoje, para mim, é algo impressionante. Naquela época, menina ingênua que eu era, pensava que toda água do mar era aquele jeito. Passei o tempo inteiro pensando como eu era boba, mas como fui feliz tendo uma infância cercada de gente boa e de lugares lindos.

Começo do passeio na praia do Burgalhau
Pausa para um mergulho na Ponta do Xaréu
No meio do caminho...
Rio Persinunga - divisa de Alagoas e Pernambuco
Última (e providencial) parada - cerveja gelada de frente para o mar

O buggy passa por diversas praias, todas lindas, umas mais desertas que as outras, mas igualmente banhadas por um mar calminho e limpo. As paradas para banho no meu passeio foram na praia do Xaréu e nas Piscinas Naturais de Peroba. Minha última parada para banho se transformou numa pausa para cerveja. O sol do meio dia pedia por isso e mais nada! No bar Sabor do Mar eu apreciei uma cervejinha super gelada acompanhada de caranguejos escolhidos e feitos na hora. Não havia como ficar melhor.

  • Litoral Sul

Já o passeio para o litoral sul, tem um mar que fica mais bonito a cada quilômetro percorrido. Enquanto o primeiro passeio tem o total atrativo da natureza, esse segundo nós fizemos coisas bem interessantes. Primeiro, no lugarejo de São Bento, paramos na casa da Irmã Marlene para ver como são feitos os famosos bolinhos de goma. Ela, super gentil, abre suas portas de frente para o mar e faz uma demonstração do seu trabalho. Por fim, nos oferece em um pratinho uma porção dos seus bolinhos que se desmancham na boca. A segunda parada é no Mirante Tabor, de lá temos uma visão impressionante do mar que banha Japaratinga. Essa cidadezinha abriga praias quase intocadas – algumas das mais bonitas do brasil –,  e pousadas charmosíssimas pé na areia. A vontade que dá é de ficar lá pra sempre tamanha beleza e tranquilidade. Ainda paramos para ver avestruz, passamos por falésias e tomamos uma água de coco maravilhosa.

O rio Maragogi encontra o mar
A ferramenta da Irmã Marlene para fazer os seus bolinhos de goma
Uma pausa inusitada no meio do caminho
Vista do Monte Tabor 
Falésias em Japaratinga
O mar surreal que te acompanha por todo o caminho

Assim como no primeiro passeio, também é possível parar para tomar banho de mar. Difícil é escolher onde...

#ficadica: Muitos buggys ficam em frente ao Salinas do Maragogi e fecham seus passeios diretamente com os hóspedes. É fundamental a escolha de um profissional credenciado. O passeio custou R$ 300,00 para até 4 pessoas. Caso queiram o contato do meu, mandem e-mail que eu respondo: rapha@raphanomundo.com.

MAIS FOTOS NO FLICKR DO RAPHANOMUNDO

>> O raphanomundo viajou a convite do Grupo Salinas.



Comentários

  1. Ficou demais Rapha! Parabéns : ) Bjs, Estef.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sua cia foi fundamental para os dias serem tão legais! Saudades!

      Excluir
  2. Massa Rapha !!
    Sucesso p vc !! beijos ! Patrícia Bradley

    ResponderExcluir
  3. Gente, tô encantada com a cor desse mar! Preciso urgente conhecer a região! :)
    Adorei!
    Bjos,
    Lillian.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É impressionante, Lillian. Paradisíaco. Recomendo a todos! :)

      Excluir
  4. Muito legal Rapha, sempre compramos bolinhos de goma em Marlene, ela é muito conhecida na cidade e muito procurada por turistas. Além desse bolinho o Tua mãe, é esse mesmo o nome, é maravilhoso, ele parece uma mini rosquinha e tem bastante coco, adoro! São Bento é nossa segunda casa, passamos o mês de janeiro todo lá e a maioria dos finais de semana do verão. Moro em Recife, viajamos 140km pra curtir aquele paraíso.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que bom que você conhece a Marlene, Cynara! Obrigada pela dica do outro bolinho de goma, adorei o nome :)
      Conheci São Bento quando era pequena, e é um lugarejo maravilhoso, um paraíso. É uma viagem para desopilar mesmo, vale a pena percorrer tantos quilômetros. :) Obrigada pela visita!

      Excluir
  5. Rapha, seu blog é uma ótima ferramenta para os viajantes! Parabéns! Você escreve muito bem e faz a gente viajar pelo texto e pelas fotos bem tiradas. Ah, que bom que você gostou de Alagoas e em especial Maragogi, como alagoano fico feliz com seu relato. Volte sempre! Alagoas ainda tem muito a oferecer para seu blog: Maceió, o belo litoral sul (tão bonito quanto o litoral norte), a foz e o canyon do rio São Francisco, as cidades históricas de Penedo e Piranhas...etc...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Emerson, MUITO obrigada pelas palavras. Tento sempre fazer um trabalho sério e pautado pelo respeito. Pessoas como você só nos dão a certeza de que estamos no caminho certo. Conheço bem sua terra, já morei em Maceió quando era pequena. Realmente, ela tem maravilhas! Torço para que em breve os outros encantos sejam compartilhados da mesma forma inspiradora que as demais.
      Seja sempre muito bem-vindo ao Rapha no Mundo!

      Excluir

Postar um comentário