5 motivos para você fazer um Cruzeiro

Depois de fazer alguns cruzeiros pela costa brasileira acho que já dá para eleger 5 momentos bacanas para quem viaja de navio. Quem já fez um cruzeiro vai se identificar em algum ponto e quem não fez, tenho certeza que vai querer fazer ainda nessa temporada! Antigamente fazer um cruzeiro era sinônimo de luxo e riqueza, hoje em dia esse tipo de viagem está bem mais difundido e acessível, os portos estão cada vez mais lotados (e graças a deus se modernizando).

Alguns viajantes (aqueles que se dizem viajantes e não turistas – preguiça) gostam de bater no peito e dizer que não fazem cruzeiro, que não ficam presos em um lugar por muito tempo sem ter o que fazer... Eles não sabem o que dizem... Hoje em dia as viagens também se adaptaram aos mais diferentes perfis de passageiros. Desde Cruzeiros temáticos de dança, de fitness, de metal, para jovens, para casais, de música eletrônica, até as viagens mais intimistas para os lugares mais longínquos, onde o número de passageiros não passa de 50. Enfim, para todos os gostos.

Dos navios mais tradicionais o meu TOP 5:



Infraestrutura – Não importa quantos cruzeiros você já fez, o tamanho do navio sempre será surpreendente. São enormes, grandes, hotéis flutuantes, com 10, 15 andares ou mais... Quanto maior, mais estável e, em tese, menos enjôo. Eu, por exemplo, nunca enjoei a bordo, mesmo balançando a vera. Piscinas, jacuzzis, bares, restaurantes, teatros, quartos, elevadores, boates... Tudo projetado para surpreender e divertir. É de cair o queixo;

Comidas e Bebidas – O sistema de 6 refeições a bordo é levado mais do que a sério. A todo momento, em alguma parte da embarcação, tem alguém servindo e alguém comendo. Seja em refeições nos horários certinhos, seja na hora do lanche ou de um petisco à beira da piscina. Já vi churrasco, hot dog, paella, pizza e mais um sem fim de comidas servidas nos quatro cantos do navio.  Há quem diga que o all inclusive de bebida + um navio chacoalhando, não resulta em algo bom. O fato é que, all inclusive ou não, as bebidas são sempre bem-vindas na nossa tão sonhada viagem. Geralmente, ao iniciar o cruzeiro, “pacotes” são oferecidos, ou seja, por um preço melhor você compra de forma antecipada água, bebidas não alcoólicas, cervejas, vinhos, drinks. Sai um pouco mais em conta do que comprar avulso;

            

Paradas – A ideia do hotel flutuante é sensacional, imagina o que é dormir em São Paulo e acordar em Búzios? Ou jantar na Flórida e  tomar café da manhã nas Bahamas? Ou ainda passar o dia em alto mar a caminho de Salvador... Pois é, numa viagem de navio a gente tem muito o que explorar a bordo, mas fora do navio, a cada dia, temos um mundo novo para curtir. Tudo bem, às vezes é corrido, mas não é o caso de voltar expert sobre aquela parada. É só para “esticar as canelas” e trazer mais novidades na bagagem. Gostou do lugar? Volte depois, com calma;


Atividades – Esse tópico é para aqueles que acham que não vão ter nada para fazer em 7 dias em alto mar. Simulador de Fórmula 1, Parede de Escalada, Pista de Corrida, Minigolfe, Tirolesa, Patinação, Games, Academia, Biblioteca, Quadra, Peças de Teatro, Musicais, Stand Up Comedy... e eu poderia continuar listando mais uma infinidade de atividades e atrações que acontecem a bordo de um navio de cruzeiros, mas aí eu vou estragar a surpresa. Os viajantes precisam de férias para descansar das férias. É muita coisa;



Paisagens a bordo – Para fechar esse TOP 5, uma escolha muito particular. A vista que nós temos estando a bordo de um navio é deslumbrante. Ver o Rio de dentro do mar é sensacional, adicione a isso, um pôr do sol escandaloso e você vai ter uma imagem para guardar pra sempre na memória. No mais, observar tudo a sua volta sob uma nova ótica é um exercício incrível, um presente mesmo;


Eu sou fã das viagens de navio. E você, tá esperando o que para zarpar?


Comentários