5 passeios gratuitos em Curitiba

Ainda na pegada dos meus TOP 5, essa listinha foi bem bacana de fazer porque, coincidência ou não, os meus cinco lugares preferidos em Curitiba são gratuitos. Apresento abaixo, na ordem da minha preferencia,  5 atrações gratuitas na capital paranaense:

Memorial Ucraniano –  Nas terras do Parque Tingui, essas construções em madeira chamaram minha atenção desde a primeira visita à cidade. O Memorial Ucraniano foi erguido em 1995 em homenagem ao centenário da chegada dos imigrantes daquele país ao estado. Sua principal construção é a réplica da igreja de São Miguel, na Serra do Tigre, sul do Paraná. O seu interior abriga o Museu do Ícone e da Pêssanka (ovos de todos os tipos pintados à mão com símbolos cheios de significados).  O lugar é uma calmaria só e lindo demais, por vezes dá até para esquecer que estamos no Brasil. Sem dúvida, meu ponto turístico preferido na cidade.

A visita ao Memorial Ucraniano nos transporta para outro lugar no mundo



Bosque Alemão – Empatadíssimo com o primeiro lugar vem o Bosque Alemão, que já foi propriedade de uma só família, mas hoje serve para usufruto de todos. Repleto de símbolos que remetem à cultura germânica, o bosque é um ótimo lugar para ir com os pequenos. Além do Oratório de Bach (que abriga uma sala de concertos), a Torre dos Filósofos e o Mirante, há uma trilha onde em seu percurso é contada a história de João e Maria, dos irmãos Grimm, e a Casa da Bruxa, onde, nos fins de semana, são apresentados ao público infantil os mais diversos contos. Fechando a trilha, nos deparamos com o Portal Alemão que reproduz a fachada da Casa Mila, residência construída na cidade em 1870. Para adoçar a visita, lá em cima, bem ao lado do Oratório de Bach, está a Confeitaria Erika, tipicamente alemã. Fique à vontade para sentar em uma das mesinhas e provar suas tortas sem medo. São divinas.

Mais um lugar preferido em Curitiba, o Bosque Alemão


Feira do Largo da Ordem – Tradição dos domingos desde 1973, suas bancas cobrem as ruas do Centro Histórico de Curitiba, reunindo semanalmente milhares de pessoas. Multicultural e efervescente, nela encontramos desde artesanatos até comidas típicas dos quatro cantos do mundo, além de intervenções artísticas de vários níveis e antiguidades. O passeio é gratuito, mas se você quiser provar umas delícias ou garantir uns souvenires vai ter que por a mão no bolso.

A Feira do Largo da Ordem é obrigatória no roteiro de todo turista que visita Curitiba


Jardim Botânico –  Passear pelo maior cartão postal de Curitiba é um passeio completamente gratuito. Seja numa manhã gostosa ou num fim de tarde, a visita ao Jardim Botânico é sempre muito bem vinda. É um oásis em meio à cidade, onde podemos ouvir os pássaros, desbravar cada cantinho do Jardim das Sensações, percorrer seus jardins geométricos, sentar à beira do lago e até mesmo entrar na icônica estufa, inspirada em um castelo de cristal londrino. Nos fins de semana de calor, dá para tomar uma água de coco ou um caldo de cana nos seus arredores.

Cartão Postal curitibano o Jardim Botânico é sempre uma ótima opção de passeio


Unilivre | Bosque Zaninelli – Utilizado para exploração de granito nos idos de 1947, hoje o Bosque Zanelli é área de preservação. Lá está a Universidade Livre do Meio Ambiente – espaço para troca de conhecimento sobre ecologia e meio ambiente –, uma construção em madeira que se mistura de forma harmoniosa com  a atmosfera do lugar.  A passarela, também em madeira, sobre o espelho d’água dentro da mata é uma coisa linda. Ela desemboca no lago da pedreira, cheio de aves e peixes. Para ver tudo de cima é só ir até o mirante numa subida tranquila. Mais um ponto de muita paz na capital paranaense.

Unilivre - Essa passarela nos leva a um cantinho muito gostoso de Curitiba 



Animado para explorar Curitiba? Aqui tem muitos outros lugares legais na cidade!

Comentários