Mais um restaurante que é parada obrigatória quando volto a Recife é o Parraxáxá. Foram anos frequentando esse ambiente gostoso, com cara de interior e provando todas as delícias. Lá a gente é atendido por cangaceiros e tudo remete ao clima do sertão. As cascas de ovo em cima da cerca são para afastar o mau-olhado. Precaução nunca é demais, né? E acho que está dando certo, pois o restaurante funciona a todo vapor há 14 anos!





O Parra (para os íntimos) é daqueles lugares que não dá pra ir com pressa, até porque seu buffet vai gerar muita dúvida na hora de comer, portanto, respire fundo, pegue um prato e vá provando um pouquinho de cada coisa: carne de sol, chambaril, buchadinha, pirão da buchada, baião de dois, escondidinho, bode guisado, sarapatel, paçoca, pirão de queijo, arroz, tortas salgadas... é prato que não se acaba mais. 






Depois de comer tanta coisa gostosa, vai dar aquela moleza, mas não tem problema não, porque a mesa de doces é um desmantelo só. Tem bolo, rocambole, doces, compotas, pudim, tortas, cocadas, pamonha de forno, bolo com pudim (matador) e queijos com goiabada.







Isso tudo é só na hora do almoço e no jantar. Na ceia tem mais um monte de coisa boa: Sopas, munguzá, macaxeira, charque, queijo coalho, pão assado na chapa e a divina tapioca ensopada, para começo da conversa. Acho que não preciso falar mais, né? Até eu, que fui semana passada, já estou com água na boca. Vá ao Parraxáxá e prove você mesmo um pouco de cada delícia da tão rica cozinha pernambucana. 

(comida por quilo / na filial Boa Viagem tem algumas opções à la carte)

Boa Viagem: Av. Fernando Simões Barbosa, 1200.  
Casa Forte: Av. 17 de agosto, 807. Endereço novo --> Rua Igarassú, 40.
Diariamente a partir das 11:30 às 22:00 - ceia a partir das 18h - o restaurante de Casa Forte abre aos sábados e domingos às 7:00 para café da manhã.