Caruaru: Casa Museu Mestre Vitalino

Para  quem  não conhece, Vitalino Pereira dos Santos, famoso por retratar a vida  e  o  folclore  nordestino  através do seu trabalho com o barro, é um artesão  pernambucano  nascido  em  Caruaru.  Suas  obras foram expostas no Brasil e no mundo – hoje ainda é possível encontrar seu trabalho no Louvre. O  estilo do Mestre Vitalino, a arte figurativa, vem passando de geração em geração perpetuando esse trabalho tão importante para o povo pernambucano.

O trio de forrozeiros: zabumba, sanfona e triângulo


Na  nossa  ida ao  Alto  do  Moura  nós  visitamos  a Casa Museu Mestre Vitalino.  Inaugurado  em 1971,  na  própria casa onde o artista morava, o espaço  abriga  algumas de suas obras e objetos pessoais, com o objetivo de retratar  a  força criativa do Mestre, intensa o suficiente para superar as barreiras da vida no agreste.


A humilde casa de taipa, comum no interior do Nordeste, abriga a Casa Museu Mestre Vitalino
A flor do cacto dando vida a um agreste de seca

A valor da entrada é simbólico (R$1) e a administração é feita pela própria família  de Vitalino,  que  estará  lá  para  esclarecer  qualquer dúvida ou curiosidade.

Na  nossa  geração,  muitas crianças tiveram contato com a arte de Vitalino ainda  na  escola.  A  excursão para Caruaru era tradicional e acredito que ainda hoje é!

Sanfoneiro de barro
A vida no interior do nordeste retratada com riqueza de cores e detalhes
Figura sempre respeitada no interior, o doutor é personagem frequente dos trabalhos do Mestre Vitalino

Se você for à capital do agreste, não deixe de conhecer a história do Mestre Vitalino e aproveite adquirir alguma peça! 

Casa Museu Mestre Vitalino
Alto do Moura - Caruaru
Entrada R$ 1,00
Horários: segunda a sábado, das 8h às 12h e das 14h às 17h, e aos domingo, das 9h às 17h

Comentários