Um dia na Praia do Forte


Nos despedimos do ótimo passeio de sábado com a programação de domingo já traçada. Eu conhecia a Praia do Forte de longa data – acho que passei as férias de 97 ou 98 por lá. Imaginem a minha surpresa ao me deparar com a organização (e evolução) do centrinho? Naquelas férias as ruas eram de terra, tudo muito simples... Hoje a vila está muito charmosa e limpa. Após percorrer algumas ruas nossa primeira parada foi na Capela de São Francisco de Assis, um dos principais pontos da Praia do Forte. Construída em 1900, a igrejinha com o mar ao fundo  compõem um belo cartão-postal.  

Capela de São Francisco de Assis
As cores vibrantes da Praia do Forte

O azul do mar quase se confunde com o do céu

Um pouco mais à frente nós avistamos o Centro de Visitantes do projeto TAMAR, mas como eu já havia visitado uma vez, preferi voltar em outra ocasião, com mais tempo. No entanto, se você está lá pela primeira vez, mantenha-o  em seu roteiro, principalmente se estiver acompanhado por crianças.

A parada no Bar do Souza para uma cerveja geladíssima com o famoso bolinho de peixe foi um dos momentos mais aguardados. Não lembro muito de como era o bolinho lá pelos anos 90, mas lembro bem o que dissemos quando provamos: melhor bolinho de peixe da vida. Ok, eles continuam assim. Deliciosos.
Após mais uma circulada pela vila, chegou a hora do almoço.  A dica dos meus cicerones foi provar a moqueca do Sabor da Vila - Restaurante do Zezinho. O restaurante tem um ambiente bem gostoso, um terraço com bastante verde – o que ajuda a aplacar o calor. Começamos com uma cestinha de pastéis de camarão, que obviamente não foi fotografada por motivos de: #fome. Logo em seguida partimos para a Moqueca à moda da casa (peixe, camarão e lula) acompanhada de pirão, arroz e farofa. O prato estava maravilhoso, serve muito bem 3 pessoas e arrisco dizer que foi um dos pirões mais gostosos que provei.


Bolinho de Peixe do Souza

Moqueca à Moda da Casa do Restaurante do Zezinho,

Saímos satisfeitos de lá, mas em busca de uma sobremesa. É impossível andar pela vila da Praia do Forte sem esbarrar numa vendedora de cocada. Bingo! Enquanto degustava uma típica cocada baiana, me despedi das ruelas da Praia do Forte.

Partimos para ver o pôr-do-sol de um lugar privilegiado, o Castelo Garcia D’Ávila. Não conhecia esse ponto turístico de lá e fiquei mais do que encantada com a história viva que pude conhecer. O passeio (R$ 10,00 por pessoa) é feito em 3 partes: exposição de itens encontrados nas ruínas / vídeo de 12 minutos contando a história da propriedade / visitação das ruínas do castelo, que é considerado a primeira grande edificação portuguesa no Brasil. Sua construção teve início em 1551, dois anos após a chegada de Garcia D’Ávila ao país. Do alto da elevação onde foi construído se tem uma vista privilegiada (e estratégica) de boa parte do litoral.

Castelo Garcia D'Ávila - história pura

Interior da capela do castelo

Vista estratégica e privilegiada 

Ali o dia foi acabando, o pôr-do-sol parecia uma contagem regressiva das minhas horas em solo baiano. No peito, aquela sensação boa que fica após um fim de semana especial cercada de gente querida e muita energia positiva...

Mais um pôr-do-sol para a coleção

Bahia, sempre uma certeza de bons momentos. 
Até breve!





Comentários

  1. Rapha,
    Já tinha falado antes e repito, vc é danada nas palavras, poética, vivaz, atenta aos detalhes.
    Foi um prazer enorme tê-la ao nosso lado, beijos!
    Ana e Márcio.
    Ah! Na próxima, maridão junto em?!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Não tenho palavras para agradecer esse fim de semana :)
      O marido tem que ir mesmo, a Bahia é um encanto. E a cia de vocês, maravilhosa!!

      <3

      Excluir
  2. Oi, Rapha. Tudo bem? :)

    Seu post foi selecionado para a #Viajosfera, do Viaje na Viagem.
    Dá uma olhada em http://www.viajenaviagem.com

    Até mais,
    Natalie - Boia

    ResponderExcluir
  3. Que saudades de Praia do Forte! Beleza da praia! Tem bons restaurantes também...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Muy buenos restaurantes, Carmela. Me encanta esta playa...

      Excluir

Postar um comentário