Festival de Sopas do Radisson Curitiba

Na última semana o inverno se instalou de uma vez por todas aqui em Curitiba. E uma das maravilhas dessa estação do ano, além do friozinho, para mim, são as comidas que chegam com ele. São massas, risotos, fondues, raclettes, sopas e mais um sem fim de delícias que aquecem a alma e o estômago.

Eu, como toda boa pernambucana, sou bem chegada numa sopa. Imaginem a minha reação ao saber que aqui em Curitiba, com a chegada da época mais fria do ano, surgem os buffets de sopa?

Por isso, o convite do Curitiba Convention Visitors Bureau  para conhecer o Festival de Sopas do Restaurante Origens, no Radisson Hotel Curitiba, caiu como uma luva! O buffet, que é oferecido às terças e quintas a partir das 19 horas e custa 42 reais por pessoa, é bem farto. São 5 sabores de sopas, no caso, na quinta-feira o menu era composto por caldo verde, caldo de peixe, sopa de legumes, creme de alho poró com frango e a sopa eslava. Além disso, uma mesa com alguns queijos e frios, pães e uma sopa de chocolate e frutas de sobremesa. Para acompanhar, vinho e sucos.






A sopa eslava, uma das muitas descobertas aqui em Curitiba, remete à sopa da casa da vovó. É uma delícia, reconforta e tem gostinho de infância, mesmo sem nunca tê-la provado... O caldo de peixe estava irretocável, vale dizer. A taça de Cabernet Sauvignon acompanhando o ritual deixou tudo ainda mais agradável. Os funcionários do restaurante são um capítulo à parte, de uma gentileza sem igual. O ambiente do Origens é agradável, moderno na medida certa e sem a sisudez dos grandes hotéis voltados para o público businessNa trilha da noite Michael Bublé cantava Nina Simone... Feeling good. E não é ele que acertou?




>> O raphanomundo conheceu o Festival de Sopas do Radisson a convite do Curitiba Convention Visitors Bureau





Comentários