Roteiro | Um dia em Blumenau

Como parte do nosso roteiro de escapada de fim de semana, separamos um dia para conhecer Blumenau e região. Como a nossa primeira parada vindo de Joinville foi a rota do Enxaimel em Pomerode, acabamos chegando na cidade apenas após o almoço, mas com tempo suficiente para passear com calma e ver os seus principais atrativos.

Prédio da Prefeitura ao fundo e a Macuca, locomotiva construída na Alemanha



Castelinho da Havan, réplica da Prefeitura de Michelstadt, cidade alemã

Assim como Pomerode, Blumenau faz parte do Vale Europeu, uma das dez regiões turísticas de Santa Catarina. Fundada em 1850 por imigrantes alemães, Blumenau, que está situada no Vale do Itajaí, mantém as características arquitetônicas e culturais dos seus principais colonizadores em meio à natureza da Mata Atlântica. À primeira vista é uma cidade charmosa, tranquila e muito agradável. 

Ponte Aldo Ferreira de Andrade, Rio Itajaí e muito verde

Relógio das Flores de Blumenau

Blumenau também é conhecida por ser a sede da segunda maior festa da cerveja no mundo, a Oktoberfest. Também se destacam as indústrias de malhas – como a Hering –, e os cristais. A cidade tem vários atrativos turísticos, sendo os principais separados por uma tranquila caminhada na avenida Beira-Rio, pelas margens do Rio Itajaí. Começamos visitando o Museu da Cerveja, na Praça Hercílio Luz, depois seguimos até as imediações da Ponte de Ferro Aldo Pereira de Andrade. Avistamos o icônico Castelinho da Havan (antiga Lojas Moellmann), passamos pela Prefeitura e vimos a Macuca, uma locomotiva alemã que foi apelidada com o nome desta ave pela semelhança dos sons. Para fazer o caminho de volta para o hotel pela Rua XV de Novembro, passamos pelo Relógio das Flores e a Catedral de São Paulo Apóstolo. Além do comércio vivo, a Rua XV tem um conjunto arquitetônico impressionante, que por si só, já é um grande atrativo. Ali paramos na confeitaria Rekynte para um Kaffee und Kuchen (café e bolo), costume bem alemão. Estava muito bom!

Museu da cerveja de Blumenau

Interior do Museu da Cerveja. Simples, mas vale a visita

 
Arquitetura da Rua XV de Novembro
Fachada da Confeitaria Rekynt
    
Cuca de banana com farofa


À noite fomos conhecer a tão falada Vila Germânica, como é chamado o parque homônimo, onde acontece, em outubro, a maior festa da cerveja das américas. Fora da época das festas que movimentam o espaço, alguns bares, restaurantes e lojas funcionam a todo vapor, mas nada muito animado. Acredito que deva ser o máximo mesmo conhecer esse pedacinho mais alemão ainda de Blumenau na época da oktoberfest, quando a magia deve tomar conta da Vila Germânica. Motivo fortíssimo para fazer a gente voltar a Blumenau!

Parque Vila Germânica

Vila Germânica sábado à noite

SERVIÇO
  • Museu da Cerveja - Praça Hercílio Luz - De segunda a sexta, das 9h às 19h. Sábados, domingos e feriados, das 8h às 18h - Entrada gratuita
  • Parque Vila Germânica - Rua Alberto Stein, 199 - Bares e Restaurantes, todos os dias, das 11h às 23h. Lojas, segunda a sexta, das 10h às 20h
. Sábados, das 10h às 18h
. Domingos e feriados, das 11h às 17h.
SalvarSalvar

Comentários

  1. Olá! Dá para fazer os principais pontos de Blumenau- Pomerode em 1 dia? Bate e Volta de Floripa.

    Sabe se Balneário Camboriú também dá?

    Obrigada! Estou adorando o seu Blog :)

    ResponderExcluir

Postar um comentário