Hospedagem em Pomerode | Hostel Dina

Aproveitamos que ainda estamos morando no sul do país para, de última hora, nos jogar numa viagem a Blumenau afim de conhecer de perto a Oktoberfest. Sendo uma coisa improvisada, é lógico que todas as opções de hospedagem possíveis estavam esgotadas, quando não, cobravam preços exorbitantes. Ampliamos nossa zona de busca e paramos a procura em Pomerode, cidade limítrofe, a menos de 30km de Blumenau. Os quartos por lá também estavam escassos, mas as poucas vagas não estavam tão caras. Resolvemos arriscar a hospedagem de duas noites num albergue com banheiro compartilhado – configuração não muito habitual para nós. O Hostel Dina tem pouca presença on-line, mas as avaliações são sempre boas, então, confiamos no pessoal que já havia se hospedado e reservamos nossa estada por lá via booking.












Chegamos a Pomerode no finzinho da tarde de quinta, a própria Dina nos recebeu na porta do hostel. De cara, muito simpática e com boa conversa, nos mostrou o nosso quarto (privativo casal) e nos orientou sobre a oktoberfest. O hostel é bem simples, não sei se pelo clima de interior, se pela tranquilidade da vizinhança, até pareceu que estávamos na casa de amigos. Tudo estava bem organizado e limpo, como a ocupação nas duas noites que ficamos por lá não estava 100%, só dividimos o banheiro do primeiro andar com mais uma pessoa, mesmo assim, tudo muito civilizado. O quarto contava com uma cama de casal, beliche, toalhas grandes e ventilador. Não achei o acesso muito bom para quem não está de carro ou depende de transporte público, o hostel em si é muito bem localizado, central, perto do Zoo de Pomerode, mas existe uma parte de estrada de terra e uma ladeira a serem vencidas. Já sabendo disso e lançando mão de muita simpatia os donos dão aquela força trasladando os hóspedes, pegam na rodoviária, deixam... Coisa rara hoje em dia. O café da manhã, incluso na diária, é bem simples. Pães, queijo, presunto, manteiga, café, leite quente e bolos da região, dão energia suficiente para um dia de passeios.

O Hostel Dina ainda conta com wi-fi e um pé de pitanga na frente. Se você gosta de simplicidade, bate-papo e não tem cerimônias, o Hostel Dina está de portas abertas para você! O hostel oferece, ainda, as configurações: quatro triplo e quarto misto com 10 camas.



Comentários