Oktoberfest Blumenau: Incontáveis brindes!

Vocês, leitores do raphanomundo, já conhecem bem nossa afinidade com a cultura alemã. Desde a nossa mudança para Curitiba, ficou mais fácil conhecer as raízes da imigração, muito fortes no sul do Brasil, como pudemos ver nas nossas visitas a Pomerode, Joinville e Blumenau. Faltava, então, conhecer a comemoração máxima da tradição, cultura e (muita) cerveja – a Oktoberfest de Blumenau.

A 32ª edição começou na quarta-feira (07) e nós fomos conferir o primeiro fim de semana desta festa que se prolongará até o dia 25 de outubro.



A FESTA NA VILA GERMÂNICA

Aberta durante o ano inteiro, a Vila Germânica é a casa da Oktoberfest de Blumenau e também um ponto turístico da cidade nos 11 meses que antecedem a festa. Acessível aos blumenauenses e turistas, além das construções em estilo alemão, conta com lojas, bares e restaurantes.

Já no mês de outubro, a Vila Germânica expande o seu tamanho pelos grandiosos, ornamentados e climatizados pavilhões que recebem a festa em 4 setores distintos e interligados. Para nós, iniciantes na Oktoberfest, a organização e tamanho impressionaram. A infraestrutura é muito bem montada e sinalizada e os preços praticados são justos! Cada setor – são numerados de 1 a 3 mais o Biergarten –, além de palco e programação própria, possui todos os serviços essenciais: caixas para compra de tickets que valem por bebidas e comidas – você paga pelo produto que quer consumir (não pelo valor) e pode comprar com antecedência para usar até o último dia, balcões servindo bebidas e outros servindo comida, banheiros e várias mesas e bancos no melhor estilo Biergarten, para que as pessoas possam descansar um pouco ou reunir grupos de amigos e famílias. Todo o cardápio com as cervejas e pratos servidos na festa está disponível no site oficial da Oktoberfest Blumenau.



             


A programação nos palcos segue uma agenda variada e contém muita música, dança, apresentações de grupos folclóricos, o famoso concurso do chope em metro, entre outras atividades. O estilo da música é exclusivamente o tradicional da festa original alemã e a sua versão feita no Brasil, que segue a tradição e anima tanto quanto. É muito legal ver a plateia reagir aos hits repetidos diversas vezes durante os dias de festa. As atrações, que se revezam entre bandas nacionais e internacionais, são cheias de energia e, como diriam bons pernambucanos em época de carnaval, irreverência. Aliás, a comparação com o carnaval é difícil de não ser feita, o clima de festa é igualmente contagiante e os metais das bandas fazem parecer que ouviremos um bom frevo em plena Oktober.  






Vale aqui compartilhar a impressão de que, entre os setores também há uma segregação do público, o que achamos ótimo. No Biergarten e no Setor 3 foi onde encontramos mais famílias com crianças e os mais veteranos. Nos setores 1 e 2, o clima é mais enérgico e a multidão acompanha as apresentações com mais vigor. O setor 1 observamos que é onde fica a concentração de solteiros, portanto, se o seu objetivo na festa é encontrar um Fritz ou Frida pra festejar junto, é lá que provavelmente você vai encontrar. De qualquer forma, independente do setor, nos dois dias que visitamos a festa o clima era, apesar de muita cerveja, de absoluta paz e tranquilidade, mesmo durante a madrugada.

Pontos altos desses dias de festa foram: o respeito à tradição, com muitas pessoas usando trajes típicos, o clima de festa familiar, o concurso de chope em metro – uma competição para ver quem bebe 600ml de chope sem álcool mais rápido, nas categorias ‘naipe feminino’ e ‘naipe masculino’, a organização do evento como um todo e os preços dos produtos comercializados dentro da Vila Germânica. Valeu muito a pena ter ido conhecer a Oktoberfest Blumenau e fica aqui o incentivo pra quem está na dúvida de ir ainda este ano!





DESFILES NO CENTRO DE BLUMENAU

Como parte da programação, os tradicionais desfiles da Oktoberfest acontecem na mais turística e central rua de Blumenau, a rua XV de novembro toda quarta-feira às 19h30 e sábado às 16h nas três semanas de duração da festa. Durante o cortejo são quase 100 as atrações do desfile, entre carros, bandas, fanfarras, grupos folclóricos e até a realeza da Oktoberfest, com rainha e suas princesas. Assim como nos pavilhões, a multidão se acomoda pacificamente ao longo da rua XV para aguardar o desfile começar. Grades são instaladas ao longo de toda a rua e, minutos antes do desfile, são lacradas para impedir a passagem de pedestres de um lado a outro da rua. Para ter a experiência completa da Oktoberfest, compensa chegar cedo e garantir o seu lugar na grade. Chegamos 30 minutos antes e foi suficiente. Como vimos o desfile no sábado, pudemos curtir tudo com a luz do dia. Com muita música, cerveja, graça e sorrisos, os grupos passam, distribuem bombons, linguiças, compartilham chope das suas próprias canecas, brindam, dançam muito e fazem todos festejar junto. É contagiante!








                             





            





PLANEJANDO A VIAGEM 

Por ser uma festa tradicional e regular, os hotéis e agências ofertam pacotes com até um ano de antecedência. Para garantir os melhores preços e o conforto de ficar hospedado em Blumenau durante a festa, planejar com antecedência pode ser muito vantajoso. Ao mesmo tempo, também há opções alternativas para os que decidem festejar de última hora.

Dá pra chegar a Blumenau de ônibus, carro ou de avião por um dos aeroportos mais próximos, que são o de Navegantes (60 km), Joinville (140 km), Florianópolis (160 km) e até mesmo Curitiba (200 km). Se você for se hospedar na cidade, não é necessário alugar um carro, mas se você não conseguiu uma opção para dormir em Blumenau, é certo que o carro fará diferença. As estradas no entorno da cidade são boas, mas há pouca ou nenhuma opção de transporte para fora de Blumenau durante a madrugada. Nós conseguimos um hostel em Pomerode, que fica a apenas 30km de Blumenau e só havia alternativa de transporte na sexta e no sábado com van, organizada informalmente a um preço de R$40, ida e volta.

Se a sua opção é ir de carro até a festa, uma dica certeira para deixá-lo em segurança é estacionar no supermercado Angeloni que fica a apenas 500 metros da Vila Germânica, cobra R$10 pela pernoite do veículo e ainda possui banheiro e praça de alimentação (aberto até às 22h).

Os ingressos para acesso à Vila Germânica podem ser adquiridos online (com taxa de conveniência), mas também podem ser adquiridos para o dia ou com antecedência nas bilheterias oficiais, que ficam a poucos metros da entrada. Para os fins de semana a recomendação é garantir o ingresso antecipadamente. No primeiro sábado deste ano os ingressos esgotaram antes das 20h, deixando muita gente de fora! Se a sua vibe é economizar no ingresso para consumir em chopes, é possível entrar gratuitamente antes da abertura oficial do evento, que é às 18h durante a semana e às 12h nos fins de semana e feriado. Haja disposição! 

Ein Prosit!


SERVIÇO

A Oktoberfest Blumenau ocorre entre os dias 7 e 25 de outubro de 2015 

Valores: Dia 7, 19 e 25: Entrada gratuita  | Domingos, terças, quartas e quintas-feiras: R$ 10,00 | Sextas-feiras, sábados, feriado e véspera de feriado: R$ 30,00 | Horários de cobrança de ingresso: Segunda a sexta-feira: a partir das 18h | Sábados, feriado e véspera de feriado: a partir das 13h | Domingo: a partir das 15h

Horários: Os setores abrem diariamente, a partir das 18h | Aos sábados, domingos, feriado e véspera de feriado, os setores abrem às 11h 





Comentários