Londres | Wombat’s London – The City Hostel

Aproveitando a visita do meu irmão aqui na Alemanha em sua primeira viagem internacional, resolvemos fazer uma surpresa e esticar a viagem até Londres – uma ótima oportunidade de retornar à cidade e de mostrá-lo um pouco do caldeirão multicultural europeu, que aqui em Stuttgart vive o início da sua formação. 

Como o objetivo dessa viagem curta viagem (4 dias e 3 noites) era bater perna, rever amigos de infância e pouco aproveitar o hotel, resolvemos arriscar um hostel. É, eu sei, nós não somos muito chegados nesse estilo de hospedagem, mas valeu a pena arriscar. Éramos três pessoas e reservamos um quarto para 4 (£29 por cama, por noite) no “novo” Wombat’s. Essa rede de hostels teve seu pontapé inicial em Viena, abriu filiais em Berlin, Munique, Budapeste e, completando um ano em dezembro, chegou a Londres. Ou seja, a curiosidade de conhecer um hostel design novo, se sobrepôs as chances de dar muito errado. 


Localização e Check-in 

Bem localizado, com estações de metrô (Tower Hill, Aldgate e Aldgate East) a 10 minutos de caminhada e ônibus (Bus 100) a 5 minutos, logo estávamos na descolada recepção do Wombat’s London. O check-in foi rápido, pelo avançado da hora nossas camas já estavam disponíveis e já havia uma cama ocupada no quarto. Após rápidas instruções, recebemos os catões que serviam para abrir a porta do quarto e do locker, também na entrada nos foi oferecido um voucher que valia uma bebida de cortesia no bar, bem legal. 













O quarto com 4 camas – 2 beliches – tinha um espaço satisfatório, em cada cama uma luminária pequena, uma tomada e uma entrada usb (amor, né?)! O quarto ainda contava com banheiro – vaso separado da pia, que ficava junto do chuveiro. As toalhas (já inclusas no valor da cama) tinham que ser retiradas diariamente na recepção. Senti falta de uma decoração com personalidade nos quartos, apesar de cumprirem com a premissa (uma cama para dormir), eles não pareciam fazer parte do hostel e das suas lindas áreas comuns. 

Café da Manhã e Bar 

Todo o subsolo do prédio onde está o Wombat’s Londres é para a convivência dos hóspedes. Com uma decoração na pegada industrial, totalmente alinhada com o atual hype, é ali que pela manhã é servido o farto desjejum (cobrado à parte, £4.50 por pessoa) suco, café, leite, cereais, pães, queijo, presunto, salada de frutas, mel e nutella à vontade. À noite, na mesma área, o bar ferve. Os drinks e shots (um pouco sexistas) são vendidos a preços justos. Ainda há uma cozinha à disposição daqueles que preferem preparar a própria comida. No lounge da recepção tem computadores para uso livre dos hóspedes e uma máquina de bebidas. 








Resumindo, nossa experiência no Wombat’s London foi muito boa. Ainda não bateu a inesquecível hospedagem do Superbude Hamburgo, mas já foi muito melhor do que o Hostel de La Viuda, em Punta del Diablo. 

Rapha Aretakis 2 X 2 Hostels – Quando será o desempate?! Medo! 


Comentários

  1. Bom saber de sua experiencia em hostel! Estou pensando em quando for fazer uma viagem pela Europa com a trupe (4 aqui), experimentar algo neste formato. Ainda não sei quando farei e nem os países, mas que estamos amadurecendo a ideia, isso já!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Aninha, que bom ter você comentando por aqui de novo!
      Nós não somos muito fãs de hostel, não. Mas acabo descobrindo uns legais e as (poucas) experiências têm sido boas.
      Sim, para vocês que vão viajar com a trupe e com o propósito de explorar bem as cidades, é uma opção mais viável ficar em hostel. Dou a dica que procurar lugares que ofereçam a possibilidade de quartos com 4 camas e aí vocês 4 dividem o quarto. Fiz assim quando viajei com painho, mainha e Jazon, em Hamburgo ficamos num hostel bem massa só nós 4 no mesmo quarto. O link tá aqui: http://www.raphanomundo.com/2012/11/hostel-em-hamburgo.html
      Vai ser uma viagem e tanto. Tenho certeza!

      Excluir

Postar um comentário