Uma das nossas paradas no Sudeste Asiático foi Siem Reap, no Camboja. A cidade, que é porta de entrada para as ruínas de Angkor, é um grande destino turístico do país, senão o maior. Daí já pode-se imaginar a quantidade absurda de acomodações que a cidade oferece, de todos os níveis, para todos os gostos e bolsos. No geral, hospedagem no Sudeste Aisático é algo muito barato e, a medida que você vai abrindo mão de alguns “luxos”, ela pode ficar ainda mais barata. Aproveitamos essa vantagem, então, para dormir em lugares agradáveis. Numa primeira pesquisa fiquei em dúvida entre essas duas opções de hospedagem em Siem Reap: o hotel The Amazing Residence e o Popular Hotel & Spa, ambos bem localizados, perto do centro histórico da cidade, oferecendo café da manhã, piscina e uma perna do transfer entre o aeroporto e a propriedade no valor da diária. 



Mas antes de fechar as hospedagens da nossa viagem pelo Sudeste Asiático, por indicação de um colega que já havia feito essa viagem há alguns anos, descobrimos a rede tailandesa de hostels, Lub d. Muito bem recomendada na região, ganhadora de vários prêmios, vimos que a rede segue os mesmos padrões que temos encontrado aqui pela Europa e gostamos de nos hospedar. Eles ofereciam as mesmas condições dos hotéis que eu havia pesquisado, quarto duplo privativo, o transfer de chegada entre o aeroporto de Siem Reap e o hostel, além de café da manhã e boa infraestrutura a um preço equiparável às demais hospedagens, 36 euros a noite, o casal, com café incluso. Reservamos!

Após o desembarque no aeroporto da cidade já havia alguém nos esperando para nos levar até o centro, onde fica o Lub d Siem Reap, a 500 metros de todo o burburinho do Old Market e da Pub Street. O traslado foi feito em um remorque, uma espécie de tuk tuk, só que mais espaçoso. A primeira impressão do hostel sempre é meio conturbada, principalmente se ele tem piscina e aquele ar de “balada”, o oposto do que gente procurava na nossa viagem, mas ao ficarmos mais ambientados entendemos mais a dinâmica e começamos a gostar. 


O check-in foi feito de forma rápida por uma funcionária que não falava muito bem inglês, mas que desenrolou tudo o que precisávamos. No momento da entrada também recebemos os tickets que dão direito ao café da manhã, que na rede Lub d, inteligentemente, é servido o dia todo, das 6 da manhã até às 22 horas. Super ponto!

Nosso quarto ficava no quarto andar do prédio, virado para os fundos, ou seja, todo o burburinho ficava da porta pra fora, dentro zero barulho. Todo o andar era reservado para quartos privados, os demais andares do prédio eram destinados aos dormitórios, que são divididos em misto e exclusivo para mulheres , bem como os banheiros, onde ficam as providenciais máquinas de lavar/secar roupas e as tábuas de passar. 





Todo o hostel tem informação de design e a decoração é bem bacaninha, além de Siem Reap nos hospedamos em outros dois da rede, mas o quarto da unidade do Camboja foi o mais legal de todos. De tamanho satisfatório, o quarto duplo privado conta com cama de casal com quatro travesseiros, frigobar, água, chá e café de cortesia, banheiro limpo e organizado, secador de cabelo, toalhas, shampoo e sabonete.





O Lub d Siem Reap, a exemplo de outros da rede, tem uma agência de turismo nas suas dependências, daí os viajantes que chegam sem planos fixos podem marcar passeios para explorar a região. Como estávamos com os dias contados, reservamos previamente através do site para não corrermos o risco de não haver vagas. Um dos passeios clássicos em Siem Reap, o nascer do sol nas ruínas de Angkor Wat, começa cedíssimo e por isso não temos tempo de tomar café da manhã no hostel, mas com a política de café da manhã o dia todo do Lub d, conseguimos fazer a refeição no fim do passeio, por volta das 13 horas. 


Aliás, a cozinha do Lub d Siem Reap merece um capítulo a parte, os pratos são gostosos, bem elaborados e apresentados com cuidado, além de terem valores bem acessíveis. Comemos algumas vezes por lá e provamos de tudo um pouco, desde as opções locais até os pratos feitos para agradarem o paladar ocidental, bem como nos jogamos na água de coco. Gostamos de tudo! 



Nos hospedamos em outras duas unidades da rede depois dessa estadia em Siem Reap, mas nenhum conseguiu superar ou se equiparar ao que eles oferecem na cidade do norte do Camboja, sem dúvida uma das melhores hospedagens desse ano no Raphanomundo. No geral, a rede de hostels tailandesa Lub d é uma opção a se considerar durante uma viagem pelo Sudeste Asiático, no Camboja, é a melhor opção. 

Veja os outros hostels da rede Lub d: Bangkok | Phuket | Koh Samui | Manila





Reserve passeios e transfers pelo mundo com conforto e segurança

Alugue o carro da sua viagem online

Reserve sua hospedagem no Booking.com

Compare os melhores preços e contrate seu Seguro Viagem