Trending

Precisamos falar sobre os travesseiros da Alemanha

Depois de uma noite extremamente mal dormida em um quarto de hotel nos arredores de Stuttgart, acordei com vontade de falar sobre minha relação de amor-e-ódio com os travesseiros aqui da Alemanha. Desde a minha primeira vez no país, em 2010, que eu estranho os travesseiros quadradões que os alemães usam para dormir (não vou nem mencionar jeito super esquisito que eles são arrumados sobre as camas dos hotéis). Pra quem não faz ideia do que estou falando, ou não é muito familiarizado com essa arma de tortura alemã, os travesseiros aqui são quadrados imensos de 80x80 centímetros, molengas e ineficazes.

Arrumação dos travesseiros na Alemanha: quadrado dobrado ao meio

Se o hotel que visito só tem esse tipo de travesseiro é batata 😅, a noite vai ser mal dormida. Sorte minha que as hospedagens mais modernas usam travesseiros mais "tradicionais". Mas ao me mudar definitivamente pra cá, em 2016, numa das minhas primeiras compras na IKEA de Ludwigsburg, fui obrigada a adquirir não só um, como dois desses inimigos do (meu) sono. A verdade é que eu ainda não estava familiarizada com as opções de travesseiros aqui e pensei que só havia um tipo de travesseiro à venda no país, me enganei. São dois. Tem também a versão 40x80cm, retangular. Ele é 50% menos pior que sua versão integral, ou seja, dorme-se mais ou menos mal com esse. Tenta visualizar aqui comigo a batalha que é dormir num desses quadrados que chamam de travesseiro... Melhor, vou desenhar!

No caso, cabeça apoiada, relevem o erro! 


De novo, esquece o erro e foca no que importa, o travesseiro alemão 


Deu pra ter uma ideia da luta que eu travo com os travesseiros aqui? 😂😂😂 Procurando em fóruns um motivo que justifique tamanha ineficácia, não encontrei algo que me convencesse, há alemães apaixonados, que defendem a todo custo a maciez e o tamanho dos travesseiros, que eles supostamente devem TAMBÉM apoiar os ombros, que você pode dobrá-lo (?) se quiser um menor, enfim, eu também estaria acostumada e quiçá entrando em motins online caso tivesse dormido a vida toda em um monstrengo desses. Mas como meu costume é outro, reclamo. E, pelo visto, outros estrangeiros também estão comigo nessa! 

Traduzindo: Oi Alemanha, por que  os travesseiros de vocês são uma merda?

Uma coisa que me ocorreu foi trazer um travesseiro do Brasil na mala, tentar usar um saco à vácuo para o transporte desse souvenir: a qualidade de sono. Ainda não o fiz e se o fizer, tenho que lembrar de adicionar também fronhas, claro, porque se não encontro os travesseiros, não haveria de encontrar as fronhas, não é mesmo? "Ah, nossa, mas tudo aí pra dormir é ruim, Rapha?" Não. Os colchões alemães, são ótimos, referência no mundo todo, e é por causa do conforto deles que tolero o travesseiro ridículo. 

Já que o assunto é travesseiro, uma curiosidade: vocês sabiam que os travesseiros da NASA, famosos no Brasil, não têm nada a ver com a agência espacial americana? Os astronautas não usam esse travesseiro, nem sei se eles usam algum travesseiro… imagina o DESCONFORTO que deve ser dormir na Estação Espacial Internacional! Enfim, o NASA do travesseiro brasileiro é sigla para Nobre e Autêntico Suporte Anatômico hahahahaha… os travesseiros aqui da Alemanha nem essa sigla podem usar. Na verdade eles são autênticos, mas nada nobres, nem dão suporte e muito menos são anatômicos. São apenas A, de AMADA, que travesseiro é esse?



Reserve passeios e transfers pelo mundo com conforto e segurança

Alugue o carro da sua viagem online

Reserve sua hospedagem com cancelamento grátis

Contrate seu Seguro Viagem com cobertura para a Covid-19 e divida em até 12x sem juros
Rapha Aretakis

Viajante e sonhadora em tempo integral. Edito, escrevo e fotografo para o Raphanomundo desde 2010. Nascida no Recife, criada para o mundo, vivendo na Alemanha.

4 Comentários

  1. LIVIA C FREIRE16/02/2022 11:12

    Poxa Rapha, que luta! Um travesseiro ruim pode arruinar tudo mesmo. Eu viajo com o meu pra todo canto. Imagino como tu sofreu, mas deu uma bela de uma resenha. Beeeijoo

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Tu acredita que eu pensei em trazer o meu dessa vez? Mas desisti porque não queria criar o hábito de dormir só com um travesseiro... VACILEI! Mas é isso, fica a história engraçada pra contar :D Beijoooo!

      Excluir
  2. Lucrécia Menezes16/02/2022 11:44

    Excelente informação e com a ilustração, ficou perfeita! Será um item indispensável quando for a Alemanha, tenho muita dificuldade de adaptação a travesseiros diferentes e esse então, impossível. Espero que consiga recuperar seu sono! Beijos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Em alguns hotéis você encontra os travesseiros com os quais estamos acostumadas, Lucrécia, mas como seguro morreu de velho, é bom trazer um que você goste. Eu não tinha tanta dificuldade não, mas com a pandemia, esse tempo todo em casa me deixou mal acostumada. hahahahah Um beijão e seja sempre bem-vinda por aqui!

      Excluir
Postagem Anterior Próxima Postagem