Grécia: 10 coisas para fazer em Santorini

2.8.17

A Grécia sempre foi um destino cheio de simbolismo para mim, sou bisneta de grego, que formou uma nova família ao chegar ao Brasil vindo de Creta. Nunca tive muita informação sobre o desenrolar dessa história, quando nasci ele já não estava mais entre nós, mas vivi a minha vida inteira respondendo perguntas sobre o meu sobrenome, Aretakis, incomum por onde quer que eu passe. Visitar a Grécia era uma vontade que desde sempre tive, no entanto, não havia tido a oportunidade. Ou eu realmente tinha de visitar o país de origem da minha família só agora, aos 33 anos. Vai saber... A viagem foi absolutamente especial, foram 6 dias completamente offline, que passaram como um piscar de olhos e, quando dei por mim, já estava no aeroporto de Mykonos embarcado de volta para a realidade.



Não vou conseguir compartilhar tudo por aqui, pois não seguimos roteiro, sequer nos preparamos direito para pegar a estrada, foi tudo muito repentino. Mas faço questão de dividir com vocês algumas dicas, para quem, assim como eu, sonha com esse paraíso na terra que é a Grécia. Vou começar por Santorini, lugar que, acredito, está no imaginário de muita gente quando o assunto são as Ilhas Gregas. Penhascos suntuosos, casinhas brancas, buganvílias num tom de rosa forte e um mar azul profundo. Não sei se foi por causa do meu pouco pré-preparo, mas senti que para desvendar essa ilha só estando lá mesmo. Depois de conhecer partes de Santorini de ponta a ponta posso listar algumas coisas que vocês podem fazer quando for a hora de vocês:

Fira, capital de Santorini, debruçada para a caldeira do vulcão
1 - Passear por Fira | É possível que a sua primeira parada em Santorini seja na sua capital, Fira. E o grande barato por lá é subir e descer escadarias, encontrar o melhor ponto – para você –  e garantir a melhor foto, debruçado para a caldeira, com o vulcão ao fundo, os navios atracados lá embaixo e um sem fim de terraços brancos. É nessa hora que você vai confirmar que Santorini era tudo aquilo que você tinha em mente;

Vale o investimento: Em Santorini, reserve um hotel com vista para o mar e banheira privativa no quarto 
2 - Ficar em um hotel bacana | São muitas as opções de hospedagem na ilha, achar um hotel por lá não é tarefa fácil, mas acredite em mim, dedique um tempo à pesquisa. E abra a carteira. Os hotéis em Santorini não são baratos. Mas eles são determinantes para uma viagem dos sonhos. Sugiro que escolha uma hospedagem que ofereça piscina ou banheira com vista para o mar, você não vai se arrepender do momento em que o pôr do sol virar um show particular;

Almoço com vista para o vulcão - Vista do restaurante Argos em Fira 
3 - Fazer uma (ou várias) refeição com vista | Na Grécia vista é coisa constante, mas em  Santorini, em especial, ela é a protagonista da viagem. A quantidade de restaurante  nesse pequeno pedaço de terra é algo impressionante e os preços acompanham o status do lugar. O prato unanimidade da região é a Lagosta com Linguine e nós escolhemos o restaurante Argos para provar da iguaria como manda o figurino: com vinho branco gelado e uma vista arrebatadora. E é por isso que eu digo para você fazer pelo menos uma refeição com vista para a caldeira. Vai valer a pena;

Oía e suas cúpulas azuis, mais um cartão-postal de Santorini
4 - Explorar Oía | Oía (fala-se Ía) é outra cidade que você vai visitar quando estiver em Santorini. Por lá você encontrará as famosas igrejas de cúpulas azuis e paredes brancas e, por causa da sua localização (o vilarejo está na pontinha, ao norte da ilha), é a partir dela que se vê o mais famoso pôr do sol grego. Confesso que durante a nossa visita, o tempo fechou justamente nessa hora, então não vimos nada além de uma vilarejo simpático, cheio de cafés, lojas, muitos turistas e a inseparável vista de cair o queixo;

Vale a pena ver de pertinho | Essa água maravilhosa é característica de Amoudi Bay
5 - Descer até Amoudi Bay | E já que você está em Oía, não deixe de descer até a Amoudi Bay, são cerca de 300 degraus até a simpática baía. Há quem desça a pé e volte escadaria acima no lombo dos burros, mas aqui a gente não incentiva essa prática. Chegamos lá de carro e exploramos a região a pé. Para mim essa é a porção mais sensacional de toda a ilha, obviamente, é a que tem a água mais bonita da região. De onde se vê a caldeira no nível do mar,  ela não é uma área de praia, mas os mais afoitos se arriscam numa trilha e chegam até um local para mergulho em suas águas paradisíacas. Os menos aventureiros podem escolher uma mesa em um dos quatro restaurantes com vista para o mar e brindar a vida;

Cenas da Grécia: Varal de polvos ao sol
6 - Comer polvo seco ao sol | É na Amoudi Bay que você vai se deparar com os icônicos varais de polvo e vai descobrir que eles não estão ali à toa ou para decoração. Os polvos estão secando ao sol para virar uma iguaria deliciosa. E foi na Fish Tavern, na mesa mais próxima do mar, que provamos o melhor polvo da viagem (e olha que não foram poucos);

50 tons de azul: aproveite a visita a Oía para garantir uma cerâmica como souvenir da viagem
7 - Comprar cerâmica típica da região | A visita a Santorini é uma excelente oportunidade para garantir um souvenir bonito e criativo. Não é novidade para ninguém que nós preferimos comprar algo para nossa casa quando estamos fora e foi em Oía onde vimos uma das cerâmicas mais bonitas da viagem, garantimos duas xícaras com um design exclusivo e as cores da Grécia a preço bem justo;

Comida de taverna grega é assim: simples e farta
8 - Comer em uma taverna e ganhar sobremesa | Santorini tem alguns vilarejos que não estão numa posição privilegiada (leia-se não têm aquela vista), mas em compensação guardam algumas joias. É o caso de Akrotíri, que entra na rota dos turistas que vão visitar seu Sítio Arqueológico ou o Farol de Santorini, quem se atreve a explorar a região, pode se deparar com tavernas como a The Good Heart, que servem comida típica grega, sem muito luxo a preço justo. E, ao pedir a conta em uma taverna, não se assuste se chegar um prato com frutas ou doces e bebidas à sua mesa. A gentileza grega é  por conta da casa;

Red Beach ao sul de Santorini é um dos pontos onde as pessoas aproveitam para dar um mergulho pós trilha
- Tomar banho de mar | Além de te deixar hipnotizado com tanta beleza, o mar de Santorini vai te convidar para um mergulho. E isso poderá ser feito se você embarcar em um dos inúmeros passeios de barco oferecidos pela ilha, que contam com paradas estratégicas para um banho refrescante. Na parte sul de Santorini estão algumas praias icônicas que merecem ser visitadas e que também permitem um bom banho de mar, como é o caso da Red Beach – é preciso vencer uma pequena trilha para chegar até lá – e Perissa, mais extensa, com boa infraestrutura, toda de pedrinhas vulcânicas pretas e águas limpas. A satisfação já está garantida, basta você escolher seu tom de azul ou verde preferido;


Pôr do sol no mar visto do terraço da nossa suíte em Santorini
10 - Parar para assistir ao pôr do sol | A gente pode até dizer alguns endereços para você ir assistir ao pôr do sol quando estiver em Santorini, seja a bordo de um veleiro, seja no terraço de um café, na jaccuzzi do seu quarto ou no meio da estrada, o importante aqui é parar para assistir ao espetáculo. O que temos visto viajando o mundo é que muita gente quer garantir a selfie a qualquer custo e esquece do privilégio que é poder testemunhar a despedida do astro-rei. Portanto, esteja onde estiver: Pare para ver o pôr do sol.


Leia também

0 comentários

google plus

twitter