21.10.14

Casa Mathilde – Doces Portugueses no coração de São Paulo

Minha timeline do instagram (segue aí @aretakis) já tinha sido invadida algumas vezes pelos dourados e hipnotizantes Pasteis de Belém (ou de nata) da Casa Mathilde. Tanto o pessoal do Caminhando Pelo Centro quanto vários amigos já fizeram a maldade o favor de compartilhar esse achado e eu fiquei só na vontade. De volta a São Paulo em agosto, após testemunhar a vista embasbacante de cima do Edifício Martinelli, ao deixar o prédio me deparei com uma fachada nada familiar para mim. Foi uma surpresa descobrir que ali, aos pés de um ponto turístico paulistano, estava o oásis português! A Casa Mathilde Doçaria Tradicional Portuguesa – inaugurada em junho de 2013 ainda tem pinta de coisa nova no charmoso Largo Antonio Prado, no centro de São Paulo. Os doces são sensacionais e fazem história desde 1850, quando em Sintra, entrava em funcionamento a Casa de Queijadas Mathilde.




             



Além de balcões com maravilhas que dificultam (e muito) a nossa decisão, numa parte aparente da cozinha é possível testemunhar o descanso pós-forno de levas e levas de pastéis de nata. Iguaria obrigatória na sua passagem pela casa, diga-se. De resto, leve alguns bons minutos para escolher o que provar (além de se maravilhar com os nomes dos doces S2), escolha uma mesinha, peça um café e desfrute do gosto português com uma pitada de Brasil.

Pena descobrir a Casa Mathilde só depois de deixar São Paulo, mas fico feliz em ter mais um lugar de parada certa na capital paulista.

SERVIÇO
Casa Mathilde
Praça Antonio Prado, 76 - São Paulo
De segunda a sexta das 09:00 às 19:30 | sábados das 09:30 às 16:30



20.10.14

Chapada dos Guimarães - Pousada Casa da Quineira

O nosso pouso durante a visita à deslumbrante Chapada dos Guimarães foi a Pousada Casa da Quineira. Inaugurada em junho deste ano, a casa, que conta com 11 quartos, recebe este nome, pois está à margem do Parque da Quineira, no município de Chapada dos Guimarães.

Antes mesmo de termos uma primeira impressão, fomos recebidos com uma bebida geladinha, absolutamente necessária para amenizar o calor mato grossense. A pousada tem salões com decoração rústica, com um misto equilibrado de referências regionais e europeias. Tudo muito informal e confortável. No pátio externo, a piscina divide espaço com redes, banquinhos de jardim, espreguiçadeiras e mesas de madeira, além de uma lareira, apropriada para quando as noites esfriam na Chapada. Sentados ali, pudemos desfrutar do silêncio e, para a nossa sorte e deslumbramento, também o som de um lindo casal de araras vermelhas que, com toda a naturalidade, cortaram o céu azul bebê do cerrado, bem diante dos nossos olhos – difícil descrever a sensação de estar tão perto da natureza!



Os quartos da pousada são confortáveis e tem um estilo business de decoração, como veríamos em hotéis de uma metrópole como São Paulo ou Rio. Possui ar condicionado split, ventilador de teto, cama de casal tamanho queen e TV LCD com canais abertos. Ainda encontramos um frigobar estilo vintage abastecido com água e uma cafeteira Nespresso, ótimo para aquele último cafezinho da noite. Aliás, em Chapada dos Guimarães, a noite é o único momento em que queremos ir para o quarto. O banheiro guarda um charme particular, teto com viga de madeira exposta, azulejos estilo português e amenities Natura. Há uma ducha com excelente pressão e um varalzinho retrátil bastante útil.




Nas áreas comuns, há poltronas e sofás para aqueles que buscam o silêncio para um cochilo ou para ler um bom livro, assim como para aqueles que querem jogar conversa fora ou ver algum programa no telão, que possui canais a cabo. Outras duas TVs ficam à disposição para os que querem assistir a um dos 1000 títulos de filmes disponíveis na pousada. Descanso total. No fim do dia, a piscina, que convida tanto aqueles que tiram o dia pra curtir a pousada, quanto para os exaustos desbravadores da Chapada, está à disposição para um banho relaxante pós trilhas.


                             





E por falar em trilha, nada melhor do que um café da manhã caprichado para ter energia para um dia de passeios. O restaurante da Casa da Quineria serve um desjejum completo, com frutas frescas (a melancia foi uma das mais doces já provadas), iogurte, queijos artesanais – o queijo cabacinha é muito saboroso –, cereais, sucos variados, geleias, bolos, pão de queijo e chipa, além de opções quentes – feitas num lindo fogão a lenha – como ovos, salsicha e tapiocas doces e salgadas servidas à mesa. Um café da manhã que agrada ao paladar e aos olhos.
A veia gastronômica da pousada não para por aí. Aos sábados é servida uma feijoada completa (e aprovadíssima), com direito a caldinho, batida de limão e linguiças artesanais assadas e servidas à parte. É pra comer com gosto! Na noite de sábado que ficamos por lá, a programação gastronômica noturna contou ainda com queijos e vinhos e música ao vivo. Durante todo o dia, o bar do restaurante serve bebidas, drinks e petiscos. Nós fomos de bolinho de feijoada e cerveja – ambos no ponto. A caipirinha de abacaxi também é um destaque, vale para refrescar. 


   



                      


Bem no meio da calmaria e do calor do cerrado, a Casa da Quineira é daqueles lugares que te deixam dividido, você tanto pode sair e explorar a região de Chapada dos Guimarães, quanto ficar e curtir o sossego. A solução? Aproveitar os dois!







>> O raphanomundo viajou a convite da Pousada Casa da Quineira. O #ChapadaBlog foi um evento realizado pela Casa da Quineira em parceria com o blog Ziga da Zuca e a Guia Manu Laurindo.  Também participaram do #ChapadaBlog: Ensaios de Viagem | Esse Mundo é Nosso | Nerds Viajantes | Viajando por aí 

17.10.14

Notícias do Turismo #22



Periodicamente, você encontra aqui as notícias mais fresquinhas do turismo no Brasil e no mundo.

  • Cinco micro destinos da Riviera Nayarit – Punta Mita: Localizada entre o oceano Pacífico e a Baía Banderas, Punta Mita caracteriza-se por possuir os mais luxuosos resorts da região. A união das águas cristalinas do mar e os recifes de corais tornam a paisagem ainda mais bonita. Um ambiente ideal para relaxar e desfrutar da beleza e comodidade. Nuevo Vallarta: Com cinco quilômetros de praias douradas e areia fina, Nuevo Vallarta apresenta resorts e hotéis categorizados como Cinco Diamantes, chancela concedida pela American Automobile Association (AAA).O empreendimentos da região são conhecidos por disporem das mais luxuosas acomodações, em um ambiente agradável e repleto de hospitalidade. Rincón de Guayabitos: Um paraíso pouco explorado pela maior parte dos turistas estrangeiros, a baía é reconhecida na Riviera Nayarit por abrigar uma praia que mais lembra uma piscina natural gigante, considerada a maior de todo o México. Sayulita: O esporte aquático simboliza o povoado de Sayulita. Com ondas de médio porte, a praia abre espaço para os turistas praticarem stand up paddle (SUP), surfe, body board, canoagem e mergulho. San Pancho: San Francisco – também conhecida como San Pancho – está localizada entre as montanhas de Sierra Madre e o mar. Quem visita o local pode relaxar à beira-mar ou aproveitar a calmaria do povoado, que conta com apenas 2 mil habitantes. Mais informações: www.rivieranayarit.com

Rincón de Guayabitos na Riviera Nayarit - México - Foto: Divulgação

15.10.14

Chapada dos Guimarães - O cerrado se vê nos detalhes

A convite da pousada Casa da Quineira nos juntamos a outros 5 blogs de viagens no #ChapadaBlog, uma ação bacana para que nós, viajantes, conhecêssemos em um fim de semana alguns encantos da Chapada dos Guimarães. A viagem foi uma sucessão de descobertas, uma vez que para mim tudo era novidade, desde o estado do Mato Grosso em si até o calor que faz por lá. Já na estrada, partindo de Cuiabá, avistar em um primeiro contato o paredão da chapada foi emocionante, um pequeno teaser do que viria adiante.


Manu Laurindo - Guia da Chapada
A programação começou na manhã do sábado e seguiu intensa até os últimos minutos. Nossa guia, Manu Laurindo, comunicativa e muito extrovertida, foi peça fundamental nesse fim de semana. Com um fôlego contagiante, foi ela a responsável por nos apresentar cadenciadamente a Chapada, o Cerrado e suas particularidades. O roteiro foi bem montado, começando a reter nossa atenção timidamente no Mirante do Centro Geodésico, que marca o ponto equidistante 1.600km entre os oceanos Pacífico e Atlântico. Avista-se o encontro da planície com a Chapada. Ali, na pontinha do mirante, os mais corajosos se sentam e garantem para a posteridade o registro desse feito. 


Mirante do Morro dos Ventos foi a segunda parada do dia. Contando com uma estrutura um pouco mais reforçada, com duas plataformas projetadas para o penhasco, avistamos a pequena Cachoeira do Amor e temos mais uma bela vista de toda a região. Essa época do ano, por causa das queimadas, a visibilidade reduz bastante, mas nada que comprometa a experiência. Já na Ponta do Campestre, a terceira atrativo do roteiro, chegamos de carro no ponto certo para a trilha de descida até o mirante. De lá, segundo relatos, em dias de céu limpo avistamos Cuiabá.


8.10.14

Natal de Curitiba 2014 - Programação

Capital do Natal, Curitiba já tem programação definida recheada de eventos gratuitos. Corais, concertos, feiras e  missas trazem de volta o espírito de fraternidade do Natal. E Curitiba, que já é referência quando esta época do ano se aproxima, promove eventos gratuitos e em sua maioria com cunho solidário. A programação já possui diversas atrações confirmadas, portanto, quem está programando as férias de final de ano, já tem o destino certo: a capital paranaense. 

Coral Palácio Avenida - Foto: Divulgação


Programação 2014:

6.10.14

Facilidades em Paris

Duas dicas úteis para a sua próxima viagem a Paris!

Não deixe de adquirir o Paris Visite, cartão para ser utilizado nos transportes públicos da cidade (válido para ônibus, metrôs e funicular de Montmartre) e, de quebra,  dá desconto em algumas atrações culturais, pontos turísticos e passeios.  Nós utilizamos essa facilidade todas as vezes que fomos a Paris e não nos arrependemos.

Com o Paris Visite dá para usar o transporte público da capital francesa quantas vezes quiser

Notícias do Turismo #21


Periodicamente, você encontra aqui as notícias mais fresquinhas do turismo no Brasil e no mundo.

  • Uniworld apresenta cruzeiro fluvial na Índia – A empresa acaba de anunciar mais um roteiro em seu portfólio, o “India’s  Golden Triangle & Sacred Ganges”. O embarque acontecerá em Nova Delhi e seguirá até Calcutá. A  primeira viagem está programada para janeiro de 2016. O itinerário, de 12 noites, inclui sete noites a bordo do Ganges Voyager II, considerado o navio mais luxoso a navegar o Rio Ganges.  Já nas cinco noites em terra, na região do “Golden Triangle”, os passageiros se hospedarão na luxuosa rede Oberoi Hotels and Resorts Collection, incluindo o The Oberoi, em  Nova Delhi;  o The Oberoi Amarvilas, em Agra, e o The Oberoi Rajvilas, em Jaipur. Com capacidade máxima de 56 pessoas, o navio possui uma suíte especial, a Maharaja Suite, com 400 m², duas Viceroy Suites, com 360 m², duas Heritages Suites, com 280 m², e 20 Standard Suites, com  261 m². Mais informações: www.uniworld.com

Viceroy Suite a bordo do Ganges Voyager II - Foto: Divulgação

2.10.14

Acarajé da Inês

Estava devendo uma visita à Dona Inês desde a época em que morava em São Paulo. Ana Elisa, pessoa por trás da revista digital Viagens e Rotas – e amiga –, sempre me disse: Quer comer o melhor acarajé de São Paulo? Vá ao Acarajé da Inês. Acreditava, mas nunca ia. Com passagens marcadas para voltar à capital paulista a fim de participar da ABAV, mandei mensagem para ela: é agora ou nunca! E lá fomos nós, na hora do almoço da quinta-feira, numa São Paulo quente pra dedéu, para uma agitada Zona Norte.

Nesse dia o restaurante era praticamente nosso, salvo um ou dois clientes. Durante os fins de semana,  ouvi dizer, há fila de espera – senão não seria São Paulo, né? O ambiente é uma graça, colorido, gostoso, despretensioso, bem cara de bar de praia, podendo facilmente trocar as buzinas pelo barulho do mar. O cheiro do dendê é inconfundível e a boca já começa a aguar.


1.10.14

Quando não dá praia

Destino de praia quando está chovendo ou nublado pode ser triste, né? Por isso, a fim de não perder a viagem, comecei a exercitar o meu olhar mesmo nesses dias de céu encoberto. Hoje, compartilho aqui com vocês a beleza e melancolia de Búzios, litoral norte do Rio de Janeiro.



42a ABAV – Expo Internacional do Turismo

Cobertura Especial

Semana passada fui a São Paulo marcar presença na 42a ABAV – Expo Internacional do Turismo. De 24 a 28 de setembro mais de 400 destinos no Brasil e no mundo aportaram no Pavilhão de Exposições do Anhembi.  Consolidada como a maior vitrine do turismo no Brasil, a edição desse ano movimentou cerca de 68 mil pessoas. Além de profissionais do setor e imprensa, a Feira das Américas nos seus dois últimos dias foi aberta ao público consumidor final, que pode – além de ficar por dentro das últimas novidades do setor do turismo –, conhecer de perto o Feirão ABAV, uma extensão da feira dedicada à comercialização de roteiros, serviços e pacotes turísticos, nacionais e internacionais. Esses produtos/serviços puderam ser adquiridos com descontos e preços promocionais.

Na Vila do Saber, local destinado à troca de conhecimento, palestrantes discorreram sobre os mais variados temas, foram abordados assuntos desde o Conteúdo dos Blogs de Viagem até treinamentos sobre como atender o turista independente, passando pelo Turismo Espacial e as Olimpíadas de 2016.

O Raphanomundo marcou presença na 42a ABAV -Expo Internacional do Turismo - Foto: Divulgação

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...