Roteiro | Um fim de semana em Berlim

No meio das nossas viagens também nos programamos para passar um final de semana em Berlim. Acho até que ficaria feio passar três meses na Alemanha e não conhecer sua capital. E foi em um lindo sábado de sol que embarcamos novamente em um trem rápido e em 5h desembarcamos na maior cidade da Alemanha.

A Berlin Hauptbahnhof (Estação Central) é a maior estação de trem que já vi na vida (e basta um pouco de pesquisa pra saber que ela é a maior estação de trem da Europa). Toda de vidro, super moderna e cheia de lojas, parece um shopping de tão pomposa, impressiona quem chega de trem à cidade.

Nos hospedamos em um dos hotéis da rede One e recomendamos - conhecemos essa rede alemã quando fomos a Hamburgo e gostamos muito. Os hotéis são novos, com design caprichado e o que torna barato (marcando com antecedência a diária para o casal sai por 69€ - café da manhã 9.50€ por pessoa) é o fato de não ter muitos serviços e facilidades. Lá você encontra um quarto limpo e cheiroso, um banheiro, estilo ibis, mas com um pouco mais de personalidade, um bom café da manhã e wi-fi. O suficiente para uma boa noite de sono! Só em Berlim existe umas 7 filiais sempre muito bem localizadas. Nós ficamos no Motel One Berlin Ku'Damm que fica pertíssimo da Kaiser-Wilhelm-Gedächtnis-Kirche Berlin. Essa igreja teve sua torre bombardeada em 1943 e não foi reconstruída para que as consequências da guerra sempre sejam lembradas.



Kaiser-Wilhelm-Gedächtnis-Kirche Berlin


Reichstag - prédio que abriga o parlamento alemão


Brandenburger Tor - Portão de Brandemburgo


Brandenburger Tor - Portão de Brandemburgo

Berliner Fernsehturm - Antena de TV de Berlim (368 metros)


Französische Straße - Estação na rua da filial alemã das Galeries Lafayette


Deutsche Demokratische Republik - República Democrática Alemã


Parte preservada do Muro de Berlim - "To Astrid: maybe someday we will be together"


O que restou do Berliner Mauer



O Trabi - carro símbolo da Alemanha Oriental


Grafite no U-Bahn da Postdamer Platz


East Side Gallery - 106 trabalhos originais pintados sobre fragmentos em 1,3 km de extensão do Muro de Berlim


East Side Gallery - 106 trabalhos originais pintados sobre fragmentos em 1,3 km de extensão do Muro de Berlim


Oberbaumbrücke sobre o Rio Spree


Visitamos os principais pontos da cidade - sem tempo para entrar em museus: Brandenburger Tor | Reichstag | Check Point Charlie | Berlin Hi-Flyer | East-Side Gallery | Oberbaumbrücke | Kaiser-Wilhelm-Gedächtnis-Kirche Berlin | Kürfurstendamm |

A nossa estada foi curtinha e os dias passaram voando. Se analisar friamente tudo o que Berlim tem pra ver, é preciso no mínimo, uns três dias inteiros só para a parte turisticona da cidade. Mas se apertar o passo, e o tempo cooperar, como foi nosso caso, dá pra se ter uma ideia legal em um fim de semana.

Mas já aviso: você vai querer voltar!


 

Comentários

  1. Eu não vou dizer que morro de inveja de você porque inveja é uma coisa muito feia. Mas é algo bem parecido com isso. :p

    ResponderExcluir
  2. Que MASSA! As fotos sao LINDAS! Adorei o post! Beijos.

    ResponderExcluir
  3. Amiga, que bom que tu gostou!! A gente faz o que pode, néam? hahahah
    :*

    ResponderExcluir
  4. amei as fotos! adorei seu site! eu moro beem ao sul da Alemanha, e volto para o Brasil em agosto, mãããs antes disso ficarei uma semana Berin!!! Vou seguir seus passos, posso?

    abraços

    ResponderExcluir
  5. olá Meirielle! que bom que você gostou do blog. Fique à vontade para seguir meus passos :)

    volte sempre!
    :*

    ResponderExcluir

Postar um comentário