Desde ontem, o marido e eu acompanhamos o que inicialmente seria um incidente com um dos navios da Costa Cruzeiros - o Costa Concordia - e que hoje se mostrou uma grande tragédia.

Quem conhece o blog sabe que no início de 2011 eu fiz um cruzeiro com os meus pais pela costa brasileira no navio Costa Serena e relatei por aqui. O que alguns de vocês não sabem ainda é que no fim de 2011 eu repeti o mesmo passeio, durante o natal e agora com a família toda, no navio Costa Pacífica.

Na próxima segunda-feira eu tinha me programado para iniciar uma série de posts intitulada "Dez motivos que me fizeram repetir um cruzeiro", para não só relatar estes dias maravilhosos e expor as lindas fotos que tiramos, mas também para esclarecer dúvidas, elogiar e atrair pessoas para este tipo de passeio que, na nossa opinião, é totalmente diferente de tudo o que estamos acostumados.

Só quem já fez um cruzeiro pode ter uma leve idéia de como seria passar por uma situação de emergência e de evacuação e por isto mesmo é que estamos completamente chocados e nos perguntando como algo desse tipo, que parece ser impossível, aconteceu.

Podemos dizer que na nossa experiência com a Costa a segurança foi tratada com rigor, a tripulação nos transmitia confiança e os navios tinham uma infraestrutura impecável.

Por respeito às vítimas e aos passageiros e tripulantes que passaram por este trauma, os posts do nosso passeio ficarão para depois.