Trending

Bariloche sem neve: Opções de hospedagem na Patagônia Argentina

Atualizado em 08/12/20220

Nessa viagem a Bariloche eu tive a oportunidade de conhecer três ótimos hotéis e agora, para ajudá-los no planejamento da viagem, falo um pouquinho de cada um deles e mostro algumas fotos.

Salão do icônico hotel Llao Llao em Bariloche


Hotel NH Bariloche Edelweiss

Fiquei hospedada no Edelweiss por duas noites. Esse hotel tradicional, que está no centro da cidade, me surpreendeu positivamente pelo conforto – sem muita pompa, tem pinta de hotel executivo, sabe? –  dos seus quartos amplos. Com decoração simples e alguns mimos (o chocolate mamuschka de boa noite eleva sua posição no ranking), o Edelweiss oferece serviço de spa, piscina coberta, sauna, salão de beleza, business center, bar e restaurante.

A internet wifi no celular funciona bem, mas no notebook a conexão deixou a desejar. O staff é bastante atencioso e o café da manhã, como parece ser praxe na Argentina, é simples, porém satisfatório. É uma boa pedida para quem não quer abrir mão do conforto, mas prefere ficar hospedado perto das facilidades do centro de Bariloche.

Minha suíte no hotel Edelweiss no centro de Bariloche

Simples e moderna com cara de hotel executivo

Recepção do Hotel Edelweissem Bariloche

 



LLAO LLAO - HOTEL & RESORT - GOLF - SPA

Inaugurado em 1938 o Llao Llao, hoje um prédio tombado e grande orgulho dos argentinos, é um hotel deslumbrante. Com corredores infinitos e 14 tipos de quartos, é preciso alguns dias de dedicação para conhecer todo o espaço. Alguns dados interessantes: campo de golfe com 18 buracos, marina, solário, praia, parque de 15 hectares, 2 piscinas (coberta e externa), health club, sauna, business center, free wifi por todo o hotel, sala de jogos (adultos e crianças), 139 quartos, 12 suítes, 1 cabana, 11 suítes studio com vista para os lagos Moreno e Nahuel Huapi e suíte presidencial.

Em 2007 foi inaugurada a "ala Moreno", prédio com vista para o Lago Moreno e o Cerro Tronador, que oferece 43 quartos de luxo. Durante a temporada de ski o Llao Llao monta uma boa estrutura para seus hóspedes aos pés do Cerro Catedral.

Além de dar um passeio no hotel tive a oportunidade de jantar no Café Patagônia, mas isso é assunto para outro post! O Llao Llao fica bem distante do centro de Bariloche (25km) e é recomendado para quem quer relaxar e esquecer do tempo com muito conforto, pode-se dizer que esse hotel é o destino em si mesmo, já vale a viagem sozinho. 


Suíte do prédio tombado do hotel Llao Llao em Bariloche

👉 Encontre hoteis em Bariloche

Suíte da "ala Moreno", mais moderna, do hotel Llao Llao

Vista de uma das suítes do Llao Llao




É até difícil de começar a falar sobre um dos hotéis mais bonitos, senão o mais bonito, que já entrei até hoje. A beleza do El Casco está no conjunto da obra, na vista impressionante que temos em qualquer uma das suas 33 suítes, na música que toca suave no quarto, na cama fofinha milimetricamente arrumada para um sono perfeito, no banheiro impecável ou na ducha maravilhosa que faz qualquer dia começar de forma radiante. Sim, o excesso de elogios é necessário.

Não é preciso dizer que o pessoal é atenciosíssimo, que o café da manhã é simples mas bem requintadinho, que qualquer coisa com aquela vista é boa, né? Quero muito voltar lá com o marido, quero muito que todas as pessoas que eu gosto conheçam esse hotel e tenham a mesma sensação boa de paz e felicidade que eu tive ao abrir a porta do meu quarto. 

Ele não é Art Hotel à toa, cada suíte recebe o nome de um artista e dentro desse quarto estão os trabalhos desse artista em questão. O hotel inteiro está repleto de obras de arte, todas à venda, caso o hóspede se anime e queira levar mais que um souvenir pra casa. A cozinha do El Casco em Bariloche tem excelência (mas também é assunto para um próximo post). O hotel ainda oferece fitness center, piscinas, sauna, serviço de baby sitter, spa e free wifi em todos os ambientes. O El Casco é altamente recomendado para casais em lua de mel ou que estão comemorando outras datas especiais. 

Suíte 105 do El Casco

Amanhecer no El Casco

Piscinas coberta e externa do El Casco


>> O raphanomundo viajou a convite da Aerolineas Argentinas, EMPROTUR e Província de Río Negro.



Reserve passeios e transfers pelo mundo com conforto e segurança

Reserve sua hospedagem com cancelamento grátis

Contrate seu Seguro Viagem com cobertura para a Covid-19 e divida em até 12x sem juros
Rapha Aretakis

Viajante e sonhadora em tempo integral. Edito, escrevo e fotografo para o Raphanomundo desde 2010. Nascida no Recife, criada para o mundo, vivendo na Alemanha.

4 Comentários

  1. Fiquei hospedada no Edelweiss também!
    Achei um mimo os chocolates Mamuschka! =)
    Gostei bastante do hotel: qualidade, atendimento e localização.
    Llao Llao e El Casco são um sonho!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que coincidência, Lillian! Realmente o Mamuschka ganhou um lugarzinho especial no meu coração :D
      O El Casco é incrível. Vista linda de chorar. Vale a pena o investimento.

      Excluir
  2. Fiquei no Edelwess em Bariloche, fui super bem recebida, atendimento VIP !
    O café da manhã é completo, os quartos confortáveis e a localização central.
    Voltando a Bariloche, me hospedarei lá de novo. "Em time que está ganhando não se mexe" , n é verdade ?!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Exatamente! Para quem quer curtir o centro, numa boa localização e cheio de conforto, o Edelweiss é o lugar! :)

      Excluir
Postagem Anterior Próxima Postagem