Um passeio que eu quis fazer desde a primeira vez que estive em Curitiba era o passeio de trem pela Serra do Mar até Morretes. Dessa segunda vez a manhã e parte da tarde do sábado foram reservadas para essa deliciosa viagem.

Trem na Rodoferroviária de Curitiba
Às 8:15 em ponto o trem partiu da Rodoferroviária de Curitiba rumo à cidade de Morretes. Deixando a estação lentamente, apitos consecutivos ao passar nos cruzamentos se afastando da área metropolitana da cidade, o comboio segue numa velocidade gostosa. O guia imediatamente começa uma divertida apresentação sobre o passeio e atrativos, mais adiante ele passa a contar a história do passeio propriamente dita.

Dentro do Trem para Morretes
Uma das muitas curvas sinuosas da Serra do Mar
Começamos a ver a paisagem mudar. Vale salientar que é uma viagem de contemplação, inclusive da natureza, protagonista do passeio. A neblina é uma loteria, segundo o guia do vagão, infelizmente não dá para afirmar com 100% de certeza uma época em que você terá uma viagem livre de neblina. No meu caso, a neblina estava presente, mas como venho de um lugar onde esse fenômeno não é algo corriqueiro, acredito que conferiu um charme a mais à minha viagem.

O trajeto rende fotos dignas de cartão postal. Durante as 3 horas de passeio passamos por lugares como a Represa Caiguava, Cachoeira Véu da Noiva, Pico do Marumbi, ruínas de antigas estações belíssimas, Ponte São João, viaduto Carvalho e 13 túneis. Algumas vezes o trem faz uma parada dando passagem aos cargueiros que vêm no mesmo trilho. Tudo o que acontece é interessante.


Represa do Caiguava - lado direito do trem
Estação Véu da Noiva - lado esquerdo do trem
Cachoeira Véu da Noiva - lado esquerdo do trem
Eu, como grande fã de viagens de trem, sabendo que não é tão fácil fazer esse tipo de viagem aqui no Brasil, fico feliz em poder compartilhar um passeio tão gostoso aqui no blog. E, de certa forma, acessível a todos os amantes das viagens sobre trilhos.

Emblemática Ponte São João - lado esquerdo do trem
Curitiba - Morretes

Às 12:30 chegamos à estação da pequena cidade de Morretes cheios de fome, prontos para um almoço delicioso. Mas, claro, que esse é assunto para outro post!

Algumas dicas:
  • Meu bilhete na categoria turística (só de ida + 1 lanche + 1 bebida) custou R$ 74,00 / criança R$ 48.  A volta sai por R$ 57,00 / criança R$ 39,00;
  • Você pode fazer o passeio de ida e volta de trem, mas terá de separar um dia inteiro para isso. Eu fiz só o passeio de ida. A alternativa é voltar a Curitiba de ônibus (R$ 14,26). Ou contratar o passeio com o retorno de van: Ida Morretes de Trem + Almoço Morretes + City Tour + Retorno Curitiba de van R$ 140,00 adulto / R$ 95,00 criança;
  • Para contemplar melhor os pontos peça a sua poltrona do lado esquerdo do trem – é o lado onde está concentrado o maior número de atrativos. UPDATE: Os bilhetes são emitidos de forma sequencial, então, não é possível escolher o lado da poltrona. Nada que prejudique o passeio, eu mesma estava do lado direito e fiz as fotos com tranquilidade. 
MAIS FOTOS NO FLICKR DO RAPHANOMUNDO

>> O raphanomundo viajou a convite do Curitiba Convention & Visitors Bureau.