Um fim de semana no Mavsa Resort

Fim de semana passado fomos mais uma vez ao interior do estado afim de conhecer mais um destino bom para uma escapada de fim de semana.

A cidade da vez foi Cesario Lange a, mais ou menos, duas horas de viagem aqui de São Paulo. Na cidade, o nosso objetivo era conhecer o Mavsa Resort Convention & Spa, hotel que em em 2008, 2009, 2010, 2011 e 2012 recebeu os prêmios “Qualidade Brasil” e “Chico Mendes” pela integração sustentável ao meio ambiente.
O acesso até o hotel é super fácil, ele está praticamente dentro da cidade. No check-in tudo rápido e muito cordial. Em poucos minutos já estávamos com os cartões do quarto e as pulseiras que identificam o hóspede no sistema all inclusive. Da recepção nós fomos encaminhados para um carrinho elétrico (aqueles de golf) que nos deixou praticamente no nosso quarto.

A área da academia é uma coisa linda



QUARTOS

A nossa suíte, 342, que fica no primeiro andar do bloco Première, tem 50m2, duas camas queen size, tv de LCD com canais a cabo, pia dupla, amenities personalizadas Mavsa, ducha maravilhosa – separada do banheiro –, frigobar (as bebidas dele também estão no all inclusive, com direito a uma reposição diária), mesa de trabalho, duas poltronas e uma varanda ampla com vista para a área de lazer que, só ao acordar, no sábado pela manhã, descobrimos ser uma vista maravilhosa para piscinas e lagos. Sem contar com as andorinhas que fazem uma farra boa por ali. Ar puro e natureza, quero mais o quê?

Vista do quarto no sábado pela manhã

Camas queen size da suíte 342
Pia dupla e banheiro separado da ducha

ESTRUTURA/LAZER

A estrutura do hotel é incrível. Os lagos, onde são praticados os esportes náuticos – caiaque, paddle, banana boat*, pedalinho e pesca esportiva –, dão um charme muito especial ao resort. Além de ter alguns bangalôs com piscinas privativas às margens do lago, encontramos um quarto que é uma casa na árvore. Tem como não amar?

Banana boat no lago do Mavsa
Caiaque e pedalinho
Quarto/casa da árvore - quero pra mim
No meio disso tudo está o Ybycaazooara, um mini zoológico onde crianças e adultos têm contato com alguns animais, uma gracinha. A propriedade é grande, boa para ser explorada numa caminhada monitorada ou fazendo uma trilha. 

Contato com a natureza no Ybycaazooara
Duas lhamas estão entre os bichos do mini zoo
As crianças piram nos viveiros dos pássaros
O percurso de arvorismo tem 8 plataformas e uma tirolesa de 350 metros que atravessa o lago. As piscinas são um negócio à parte. Tem a aquecida, fechada, que faz um sucesso quando a tarde cai. A do toboágua é super concorrida ao longo do dia, é onde tem agito, música, hidroshow – uma hidroginástica, só que um tiquinho mais divertida – e fica coladinha ao bar Kaluanã. A piscina da prainha, rasinha, é um chamariz para os pequenos. Ainda tem a piscininha  infantil e a da academia. As crianças, a partir dos 3 anos**, ficam divididas por faixa etária e cada grupo tem seus respectivos monitores. Ainda para os pequenos, a water ball é uma festa. 

Piscina da prainha e o bloco Première ao fundo
Para quem quer pé na areia dá pra ficar na beira do lago

Além de todas essas coisas, brincadeiras recreativas, minigolf*, arco e flecha, passeio de jipe, academia, quadras poliesportivas e salão de jogos complementam o leque de diversões oferecidas pelo Mavsa. Para a gente não se perder nem perder a hora, todas as noites, na abertura da cama, a programação do dia seguinte é deixada no quarto. Super útil. Ah, e praticamente toda a área do resort é coberta por free wi-fi.


ALL INCLUSIVE

Como disse no começo do texto, o Mavsa agora trabalha com o sistema All Inclusive, aquele onde tudo está incluído no preço da diária, inclusive bebidas e alimentação. Portanto, cafés, sucos, refrigerantes, água, cervejas nacionais, drinks, vinhos sul americanos e uísques, são servidos à vontade das 7:00 às 23:00. As refeições são abundantes e, até às 23:30, em algum lugar do resort, tem uma gostosura esperando por você.

Caipirinhas no capricho na beira da piscina
As principais refeições são servidas no Lac D’Or, maior restaurante do hotel. No café da manhã, além de todos os itens de praxe, eles tem uma quantidade quase que infinita de pães maravilhosos e deliciosos salgados. Ainda tem omelete e tapioca (isso mesmo, TA-PI-O-CA) feitas na hora, ao gosto do freguês.
No sábado o almoço foi temático, feijoada (como vocês podem ver, essa blogueira que vos escreve é uma grande apreciadora da iguaria) com chorinho. Boa, não foi a melhor que já comi, mas estava gostosa. Para abrir o apetite, caldinho de marisco, esse sim, delicioso.
No jantar do sábado, também temático, noite italiana. Um festival de massas e pizzas pra italiano nenhum botar defeito. Aliás, a pizza do Mavsa é deliciosa. Feita na hora, na nossa frente, no forno à lenha, tem a massa fininha e crocante. Nota 10! Vinhos Concha y Toro completaram a noite.

Pães diversos e sonhos para começar bem o dia
Salada de frutas com carambola
Salgados deliciosos no café da manhã

Antes de dormir dei uma olhada na programação e vi que o almoço do domingo seria churrasco com direito a costela no fogo de chão. Expectativa nas alturas, por volta das 11h do domingo fui dar uma olhada na churrasqueira. E não é que as costelas estavam quase prontas? Foi só esperar a hora do almoço e ir conferir de perto esse churrascão. E olha, baita churrasco delicioso! Com direito a tudo: linguiça, coração, frango, bife de picanha, farofa, vinagrete, saladas... e uma alcatra no alho que o marido sonha até agora com ela. Segundo ele: “melhor carne que já comi na vida.”. Pelos comentários que perduram até hoje, acredito na opinião dele.

Costelas no fogo de chão
Já na hora do almoço as costelas sendo servidas

Para as crianças, buffet infantil. Estação de massas e de sushis também estavam à disposição dos hóspedes. Por fim, a mesa de doces, a perdição de todos. Cada dia opções variadas, mas os clássicos eram apresentados firmes e fortes: pudim de leite, quindim, torta mavsa, cocadas e brigadeiro, que para mim, foi a grande estrela.

Mesa de doces divina

É muita coisa para um fim de semana só e a gente termina dividido entre aproveitar e relaxar. Mas garanto que dá para fazer de tudo um pouco e ainda voltar renovado para casa. Nos sentimos muito bem no Mavsa e voltaremos sempre que possível.

* Banana boat e Minigolf pagos à parte
** Para menores de 3 anos o resort oferece serviço de baby sitter, que tem que ser previamente agendado e pago à parte.




>> A estadia do raphanomundo foi uma cortesia do Mavsa Resort.

Comentários

  1. Não conhecia, Rapha! Amei! Parece bacana para ir com crianças também! Dica anotada!

    Beijos,
    Eliane

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É muito bom para ir com os pequenos mesmo, Eli.

      Beijo! :)

      Excluir

Postar um comentário