Pomerode | Rota do Enxaimel

Preciso começar o texto já dizendo que temos que voltar a Pomerode para curtir muito mais dessa atmosfera germânica que toma conta da cidade. Mas enquanto não voltamos, compartilho um pouco da nossa parada por lá a caminho de Blumenau. 

Optamos por percorrer de carro mesmo os 16km que compreendem a Rota do Enxaimel. Estilo de construção de origem incerta, porém atribuída aos alemães, o enxaimel (ou fachwerk, em alemão) é o resultado de madeiras encaixadas umas nas outras tendo os seus espaços preenchidos por tijolos ou pedras. Outro traço forte desse estilo arquitetônico europeu é a grande inclinação dos seus telhados.





Pomerode mantém o maior acervo de construções em enxaimel fora da Alemanha. Por volta de 240 edificações estão espalhadas por todo o município, ao longo da Rota do Enxaimel são encontradas 50. Essas casas, junto com na área rural de Pomerode, desde 2011, são reconhecidas pelo Iphan como Paisagem Cultural Brasileira.

O trajeto é bucólico e cheio de verde, vemos marrecos e patos atravessando a rua, plantações imensas de repolho, flores e, por um momento, não acreditamos que estamos no Brasil. Quantas outras surpresas lindas devem estar escondidas pelo nosso país? Vinda do nordeste, acostumada com uma paisagem (igualmente bela) mas totalmente diferente, fico feliz em ver toda essa diversidade com meus próprios olhos e compartilhar tudo isso por aqui.


                     


Voltando ao passeio, a estrada é boa, em parte é em paralelepípedo e o restante, em barro. Penso que seria uma ótima pedida também fazer esse percurso de bicicleta, uma vez que a região é bastante tranquila e convida para uma contemplação um pouco mais calma, no ritmo impresso pela cidade. A sinalização da rota não é farta, mas não dá pra se perder,  a paisagem no entanto é tão bonita que esquecemos desse detalhe.  Nós ficamos absolutamente deslumbrados com essa presença forte da Alemanha dentro do Brasil.





Complementando essa nossa ótima experiência na cidade mais alemã do país, almoçamos no tradicional Siedlertal, que oferece um farto buffet para alemão nenhum botar defeito. São servidos Marreco Recheado, Eisbein (joelho de porco) tradicional ou assado, Kassler (bisteca de porco defumada), Pato, Salsichas, Chucrute, Saladas e outros pratos mais comuns. Dá água na boca só de lembrar. A carta de cervejas, obviamente, é bem vasta, mas eu fui de chopp Borck. As sobremesas, também inclusas no buffet, são simples, mas muito gostosas. Vão do tradicional (e meu mais novo queridinho) sagu, até uma torta de queijo e canela, cujo nome eu não sei, mas que DELICIOSA. Sem dúvida, uma excelente opção para almoçar em Pomerode.




Muito satisfeitos com tudo o que deu pra ver nessas horas em Pomerode, seguimos para Blumenau com um gostinho de quero mais e a certeza de que voltaremos. 

Bis Bald Pomerode!

SERVIÇO

Restaurante Siedlertal - Rua Hermann Weege, 500 | De terça a domingo, das 11h às 16:30 | Buffet típico alemão aos fins de semana e feriados (R$ 42,00 por pessoa) | Também oferece pratos à la carte. 

Comentários