Vila d’este | Dias de romance em Búzios

Uma data especial merece uma comemoração especial. Foi pensando assim que escolhi a Vila d’este, em Búzios, para comemorar com o marido nosso aniversário de 8 anos juntos. Passamos dois dias encantados com cada detalhe descoberto ou apresentado durante nossa estadia.

Eu arrisco dizer que a Vila d’este te pega pelos sentidos, a começar pelo olfato. Cada ambiente tem um perfume próprio, da recepção ao quarto, passando pelos lençóis e toalhas. O aroma cítrico delicioso que sentimos cada vez que abrimos a porta do quarto vai ficar muito tempo na memória. A visão, eu diria, é o segundo sentido mais agraciado nessa hospedagem. No alto do Morro Humaitá, com a praia da Armação aos seus pés, a Vila d’este tem uma privilegiada (e incansável) vista para o mar. O pôr do sol, um dos maiores espetáculos da natureza, acontece diariamente ali, diante dos nossos olhos. Mágico! O canto dos pássaros ao amanhecer e o barulho constante das ondas do mar são responsáveis por  nos colocar automaticamente em modo slow, ou em férias, se preferirem. O paladar é quase uma simbiose de todos os sentidos já citados, uma vez que seu restaurante serve maravilhas com vista para o mar.

Para mim, uma das vistas mais bonitas da Vila d'este: o mar dourado durante o pôr do sol visto da piscina
>> Conforto

A Vila d’este trabalha com apenas 19 quartos divididos em 4 categorias: Suíte Master Frente Mar, Superior Frente Mar, Superior Jardim e Standard. A construção acompanha o relevo do morro, o que dá ares de vilarejo para a propriedade, com as habitações e as áreas comuns integradas de forma harmônica. Charmoso, para dizer o mínimo. Esta arquitetura, que ora nos remete a famosos balneários europeus, também confere muita privacidade aos hóspedes.

Suítes Frente Mar também tem vista para a piscina
Pequenas suculentas 
Superior Jardim com cara de chalé na praia
                     

O charme de vilarejo europeu do hotel em Búzios
Nosso quarto, o 12, que está na segunda categoria, tem uma vista encantadora. O primeiro impulso é de querer não deixar o quarto para nada, sentar na varanda e apreciar a imensidão que se descortina a nossa frente. Sua decoração é simples, rústica e leve, mas ideal. A cama tem um tamanho excelente, confortável, daquelas que parecem te abraçar no final do dia, sabe? As roupas de cama e banho são Trousseau, e as amenities, L’occitane, par perfeito. Frigobar abastecido, tv de LCD com canais a cabo, ar condicionado, secador de cabelo, cofre, telefone e free wi-fi são outros itens disponíveis para todos os hóspedes.  Na mesa de cabeceira, bombons de chocolate são o prenúncio de uma noite doce.

Das delicadezas: Papoulas estão por toda parte

                        

>> Gastronomia

O dia começa com um café da manhã que alimenta o corpo e alma. Música no volume correto e comidinhas deliciosas são servidas das 8h às 11h no restaurante. Tudo muito delicado, com apresentação cuidadosa e com vista para a enseada. Frutas, sucos, geleias,  iogurtes, cereais, frios, pães, tortas – doces e salgadas –, bolos, ovos, bacon crocante, café e leite – servidos à mesa –,  fazem qualquer dia ficar melhor.

O Restaurante Egeo e a vista para a enseada de Búzios
A variedade de frutas encanta os hóspedes, sobretudo os estrangeiros
Medialunas fresquinhas e docinhas
Detalhes fazem a diferença, deixam até um bolo simples muito mais apetitoso
O corte das frutas denuncia o cuidado no preparo da refeição
Começar o dia com essa vista é previsão de um dia excelente
"Caprese quente", que invenção dos deuses
Pudim mais do que apetitoso
O Sunset Bar & Restaurante Egeo, bistrô com gastronomia Mediterrânea e inspiração buziana – como eles se definem – serve das 13h às 15h bebidas e sanduíches deliciosos (destaque para o Azeda: baguete crocante recheada com salmão defumado, mozzarella de búfala e salada, excelente).  A partir das 15h até às 23h a cozinha funciona a todo vapor servindo pratos à la carte. Vale dizer que o restaurante é aberto ao público e, certamente, vale a visita.

Espumante: unanimidade para brindar a vida e o pôr do sol

Para fechar o dia na piscina: Caipirinha e cerveja no Sunset  Bar & Restaurante Egeo

Clima intimista do Restaurante Egeo

O Egeo não levaria sunset no nome à toa, ele dá uma mãozinha para deixar o momento do pôr do sol ainda mais especial servindo drinks e outras bebidas no capricho. Espumantes, caipirinhas, vinhos, cervejas e sucos podem ser apreciados nas duas piscinas da propriedade, sendo o primeiro uma unanimidade entre os hóspedes.


>> Dolce far niente
  
O hotel conta com duas piscinas com vista, ambas em níveis diferentes. A primeira, no nível do bar, tem um deck com espreguiçadeiras e a temperatura da água é ambiente. A segunda, uma charmosa borda infinita com hidromassagem, é climatizada (ótima para aqueles dias em que o sol não dá as caras) e tem ligação direta com a sauna. Sensacional.

Dolce far niente proporcionado pela Vila d'este
Lareira na Sala de Estar

                        

Piscina climatizada com vista para a praia da Armação
Parte da Orla Bardot vista da Vila d'este à noite

De volta ao nível do deck da primeira piscina está o gazebo, onde são feitas as massagens, tudo de forma muito reservada. A sala de conviência, ou de estar, tem cara de casa de praia, a decoração segue a linha dos quartos, rústica e praiana. A lareira traz aconchego nas noites mais frias e coroa o ambiente.

Por se intitular um refúgio romântico em Búzios, os casais verão que a infraestrutura do Vila D’este parece pensada com um só objetivo: relaxar. E, para fortalecer sua vocação para o romance, menores de 14 anos e animais não podem ser hospedados.

A Vila d’este tem ligação direta com a Orla Bardot – esse acesso está a poucos passos da icônica estátua da atriz Brigitte Bardot –, onde um leque de opções de lazer se abre para você compor a sua estada em Búzios. As praias dos Ossos, da Azeda (e azedinha) e João Fernandes estão a curtas caminhadas de distância.

>> Conclusão

Antes de conhecer a Vila d’este achávamos que “handmade hospitality” – ou, numa tradução livre, hospitalidade feita à mão –, se referia apenas à exclusividade. Porém, nossa estada nos ajudou a ampliar o conceito. Assim como as diversas peças de artesanato/arte que decoram todo o hotel, aqui a hospedagem é cuidada e trabalhada de perto, com atenção aos detalhes. Seja nas flores deixadas sobre a cama na sua chegada, na cordialidade irreparável dos funcionários e no delicioso aroma que muda a cada ambiente. É como ter a sensação e a certeza de que tudo está sendo feito especialmente pra você.


>> A estadia do Raphanomundo foi uma cortesia da Vila d’este.
SalvarSalvar

Comentários

  1. Rafa, que lugar lindo! Quero muito ir. Achei fantástico. =)

    ResponderExcluir
  2. Respostas
    1. É incrível, Nandi! E, por mais que eu fale, só indo lá para ter uma ideia de como é legal. Virei fã! ;)

      Excluir
  3. Postagem top Raphinha!! Já mandei e-mail para a Vila d'este pra comemorar 2 aninhos de casada lá! Esse post me inspirou viu?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eita, coisa boa, Aninha! Tenho certeza que vocês vão ADORAR! <3
      Quando você for me avisa!!

      Excluir

Postar um comentário