Em agosto eu fui a São Paulo para participar da 42a ABAV – Expo Internacional do Turismo. Como a feira acontece no Anhembi, para mim era essencial estar perto de um metrô, assim eu atravessaria a cidade rapidamente. Dessa vez eu não precisava de um hotel com uma super infraestrutura uma vez que ficaria o dia todo na rua, portanto, meu objetivo era uma boa noite de sono numa localização estratégica.  O Ibis Budget Paraíso – fazendo parte da bandeira mais econômica da rede hoteleira Accor –, cumpriu muito bem a proposta. O hotel é colado à estação Paraíso do metrô – linhas azul e verde –, pertinho da Avenida Paulista, bem organizado, todo remodelado e tem um décor moderninho.

ibis budget Paraíso - Recepção
conveniência do ibis budget Paraíso

Junto à recepção fica uma loja de conveniência com produtos congelados, bebidas, biscoitos e algumas guloseimas. Os quartos são bem simples, com disposição para 1, 2 ou 3 pessoas, contam com uma tv pequena e alguns canais abertos e a cabo, cama de casal – tamanho regular –, ar condicionado, banheiro separadinho naquele estilo do extinto Formule 1  (box de um lado, lavabo do outro e o vaso num terceiro ambiente). O wi-fi é cortesia e está disponível por todo o hotel. Tudo muito simples e resumido, só para passar a noite mesmo. Eu ainda tive sorte e peguei um andar alto com uma vista bacana da cidade, um atrativo a mais do quarto.





Vista do quarto - ibis budget Paraíso

O café da manhã é pago à parte (R$12,00 – por pessoa), servido lá embaixo junto à recepção, numa área com pinta de sala de convivência de hostel. Gostei muito. O desjejum é simples, tem alguns pães (o pão de parmesão é bem gostosinho), queijo e presunto, dois tipos de bolo, dois tipos de suco, uma fruta cortada e maçã, café, leite e achocolatado. Justo e satisfatório.



Café da manhã simples - ibis budget Paraíso

O único porém é o fato da bandeira Budget não pontuar no Le Club – o programa de fidelidade da Accor Hotels –, não falo nem em pontos, mas pelo menos na contagem das noites dormidas, afinal é um hotel da rede. Uma pena.