Passaúna | O parque mais bonito de Curitiba que você ainda não visitou

Todos nós temos aqueles dias em que precisamos sair da rotina. Depois de quase um ano após mudar de São Paulo, seria injusto dizer que aqui em Curitiba precisamos fugir da agitação e stress da cidade, já que aqui a proporção desses quesitos é muito menor. Mas tranquilidade às vezes cansa, por incrível que pareça. E a solução pra isso pode, ao invés de agitação, ser um lugar ainda mais tranquilo, mas sem o marasmo. É precisamente por isso que o Parque Passaúna se tornou o nosso lugar preferido por aqui.

Parque Passaúna foi uma descoberta  em Curitiba


A beleza de um cenário de filme

A luz do verão no Parque Passaúna é  belíssima


Acessível preferencialmente de carro, o Parque Passaúna fica no extremo oeste da cidade, com acesso pela Rua Ângelo Marqueto. Não dá pra dizer que é um parque urbano, já que a urbanização já fica pra trás cinco quilômetros antes da sua entrada, mas, este “perto-longe” compensa. Para começar, o parque possui um mirante, com vista para a represa e o município vizinho, Campo Largo. A vista do alto não chega a ser deslumbrante, mas ela realmente ganha outra vida durante o pôr do sol, especialmente no verão, onde o sol se põe por volta das oito e meia da noite. Aliás, este é o momento em que o céu de Curitiba ganha vida e se mostra num show à parte.

Na represa não é permitido banho, mas o clima é de praia. Tem uma faixa bem curta de areia, onde algumas pessoas se instalam para o dia. Ali brincam as crianças e é o ponto de partida para a prática de alguns esportes aquáticos. Barcos a vela e caiaques são os mais comuns, mas as pranchas para a prática de Stand-up Paddle (SUP) reinam por lá, aliás, é possível alugar uma por R$50/hora.


SUP na represa do Parque Passaúna

Diversão para toda a família. Toda mesmo. 

O banho é proibido, mas há quem se aventure

Se o seu negocio é caminhar, correr ou pedalar, um caminho de 3,5km margeia a represa e serve muito bem para estas práticas e em alguns pontos, onde o revestimento é mais lisinho, skate e patins são bem-vindos. Ao longo deste extenso caminho, além de muito verde, várias pontes de madeira tornam o passeio mais charmoso.

             
 
                


Das delicadezas do verão curitibano


Se o objetivo é mesmo relaxar, é possível aportar num dos vários pontos de apoio (que aqui em Curitiba costumam ter churrasqueiras) ou simplesmente levar uma cadeira de praia ou esteira para ficar no gramado.


Um banho de natureza e tranquilidade a 20 minutos de casa

Ah, o verão... 

Fim do dia no Parque Passaúna

Bem menos movimentado que o seu primo Barigüi, o Parque Passaúna é uma descoberta. Mesmo não fazendo parte do mapa turístico da cidade, o parque tem potencial. Certamente é um lugar diferente para uma segunda visita à cidade e, o número um na lista de lugares para ver o pôr do sol em Curitiba.

Parque Passaúna no mapa: Para não parar no caminho errado, procure no maps/gps pelo Mirante do Passaúna, como no mapa abaixo. Esse venue te levará ao local correto. 



>> Curitiba para Iniciantes - leia outros posts aqui <<




Comentários

  1. Encantada!! Pelas suas fotos e texto, me senti admirando esse lugar, parabéns por mais um excelente trabalho Rapha. Bjs

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. O lugar é muito especial mesmo. Obrigada por sempre incentivar o meu trabalho, Aninha.

      Um beijo!

      Excluir

Postar um comentário