Onde tomar café da manhã no Rio de Janeiro

O Rio de Janeiro é daqueles destinos que te convidam para um café da manhã  na rua, né? A não ser que o seu hotel ofereça um café da manhã bacana incluso na diária, cogite a possibilidade de fazer um bom desjejum em uma padaria ou parque.


Aqui no blog a gente já mostrou como é uma delícia começar o dia no Parque Lage, rodeado de muito verde, aos pés do Cristo Redentor. Também já falamos da possibilidade de tomar café da manhã no Forte de Copacabana, com uma vista deslumbrante da princesinha do mar. Até mesmo a tradicionalíssima Confeitaria Colombo, no centro, entra na lista. Essas três opções são bastante conhecidas e concorridas, é preciso chegar cedo e, aos fins de semana, é arriscado a enfrentar uma fila.

 


Nessa minha última ida à Cidade Maravilhosa – que eu contabilizei ser a nona –, pude conhecer mais uma opção de onde fazer a primeira refeição do dia. Com 7 lojas espalhadas pela cidade, a Cafeína tem 15 anos de tradição no Rio, oferecendo opções das mais diversas em termos de confeitaria. Para o café da manhã, encontramos algumas opções bacanas no cardápio. Os preços praticados não são baratos, mas no Rio o que é, né? Vá por mim, fica mais em conta pedir um “combo”. Escolhi o Café da Manhã do Atleta (R$32,00) e comi feito uma rainha – fit, mas ainda assim uma rainha. O menu acompanha um suco de laranja, um sanduíche de peito de peru e queijo cottage no pão de oito grãos (de-li-ci-o-so) e uma tigela de açaí com granola, tudo em porção farta. Ainda existe a opção de menu simples (R$ 24,00) – bebida fria, bebida quente, pão, peito de peru, queijo branco, geleia e manteiga. Na comemoração de 15 anos da Cafeína tem um brunch promocional, por 50 reais, que serve duas pessoas.



A Cafeína ainda serve bolos e tortas maravilhosos, mas aí você terá que voltar um outro momento para apreciar todas as guloseimas da padaria. Numa manhã de quarta-feira, a filial de Ipanema, na Farme de Amoedo, estava uma tranquilidade só. Findo o desjejum, foi só seguir em direção ao mar e caminhar no calçadão.




Comentários

  1. Oi Rapha, a pouco tempo conheci o seu trabalho e estou adorando.
    Gostei muito da sua política de trabalho e os seus textos são deliciosos de ler!
    Atualmente resolvi começar a escrever sobre as minhas experiências também! É uma delícia, não é mesmo?
    Sucesso em seu projeto!! E da próxima vez que for ao Rio, vou tratar de provar alguma delícia da Cafeína!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Gabriela! Que bom que você curtiu o Raphanomundo, fico feliz com o seu retorno! Te desejo sorte e boas-vindas ao mundo dos blogs. Quando for ao Rio não esquece de ir à Cafeína, é uma delícia!

      Um beijo :*

      Excluir

Postar um comentário