Para fazer o cruzeiro pela Ha Long Bay nós optamos por ficar duas noites em Hanói, com a noite a bordo do navio entre as duas. Chegamos à capital vietnamita à noite, para no dia seguinte pegar o transfer com destino à baía. Vi algumas opções de hospedagem em Hanói, mas a que mais me chamou atenção foi uma espécie de casa, bem no meio do Old Quarter, o que eles consideram o centro histórico da cidade. Descobrimos que essa região estava coberta pelo o transfer gratuito do cruzeiro então não pensamos duas vezes em reservar as duas noites no Maison d’Orient Hotel





O Maison d’Orient Hotel é uma casa numa rua sem saída mas fácil de achar seguindo as referências do google maps. Como chegamos e já estava escuro não deu para observar muito a decoração, mas deu pra sentir a simpatia do pessoal de cara. Reservamos um quarto pequeno, o menor de todos segundo eles. No momento do check-in nos foi oferecido um quarto maior, com janelas, mas como mal ficaríamos no quarto insistimos na nossa escolha. Os quartos na Mansão do Oriente têm nomes, o nosso foi o Cinnamon Classic, cuja noite, para o casal, com café da manhã incluso, custou inacreditáveis 26 euros. Por oferecer uma proposta de um pequeno hotel boutique, cada suíte tem uma configuração e, portanto, uma decoração diferente. 


O quarto Cinnamon Classic era de fato pequeno, mas tinha seu charme. O tamanho não foi impedimento para manter uma cama Queen Size, por exemplo. Além disso, o quarto tinha ar condicionado, frigobar, tv com canais a cabo, uma charmosa mesa de trabalho e banheiro privado. A decoração já difere um pouco do que está no Booking, mas é algo que salta aos olhos somente dos mais atentos. No banheiro, encontramos secador de cabelo, toalhas em bom estado, amenities simples e um vidro estrategicamente posicionado que liga o cômodos, dando impressão de amplitude, mas ainda mantendo a privacidade necessária que um banheiro demanda. 





Ao acordar e seguir para o salão no primeiro andar, onde é servido o café da manhã, uma surpresa, o pequeno hotel é cercado de muito verde e, apesar de estar no coração de Hanói, é muito tranquilo. A refeição, servida metade em estilo buffet e metade à la carte, é deliciosa. Tem frutas, pães, bolo, geleias, manteiga, mel, iogurte, chá e café para nos servimos à vontade. Sobre a mesa, um menu com o que pode ser pedido e feito na hora, além de ovos e omeletes, a maravilhosa sopa de carne ao estilo de Hanói. O Phở, que lá é apreciado principalmente no café da manhã, apareceu em vários momentos da nossa viagem pelo Sudeste Asiático e eu, como adoro uma sopa, não perdi nenhum deles. 






O Maison d’Orient Hotel conquista pela simplicidade, pelo charme, pela localização e pelo café da manhã, voltando a Hanói não pensaria escolher outro lugar pra ficar, mas dessa vez aceitaria a recomendação e escolheria um quarto maior, com janela com vista para o cotidiano poético vietnamita.


Reserve passeios e transfers pelo mundo com conforto e segurança

Alugue o carro da sua viagem online

Reserve sua hospedagem no Booking.com

Compare os melhores preços e contrate seu Seguro Viagem