Maskpackers - Turismo na Pandemia | Cabo Frio (Rio de Janeiro)

Observando colegas que moram no Brasil e no mundo fazendo rápidas viagens, turistando em suas próprias cidades, aproveitando rápidas férias ou feriados para recarregarem as baterias a fim de aplacar os efeitos negativos do isolamento causado pelo surto da Covid-19, resolvi criar uma coluna onde entrevisto uma série de viajantes (e pessoas que de alguma forma estão envolvidas com o turismo) e chamá-la de maskpackers – uma brincadeira em inglês com as palavras mask e backpackers, “mochileiros de máscara”.  

Enquanto uma vacina não é desenvolvida, tentamos viver uma vida alternando entre o medo de se contaminar com o coronavírus e a dificuldade de se isolar. Como a máscara hoje se tornou um símbolo de quem adere às medidas de segurança, algumas pessoas passaram a viajar de um novo jeito e compartilham aqui com vocês quais são as impressões, cuidados e recomendações de quem viaja durante a pandemia. 

Moradora do Rio de Janeiro, a Produtora de TV Renata Amaral (36), aproveitou um fim de semana de outubro para dar uma escapada junto com a filha de 2 anos e o marido até Cabo Frio, região dos lagos. A ideia era desfrutar de uma hospedagem “pé na areia”, sem estresse, na Praia do Foguete, a mais deserta da região, mas Renata foi surpreendida com alguns funcionários sem máscaras e poucos protocolos de segurança sendo seguidos por parte da pousada. Agora ela compartilha sua experiência e conta suas dicas para quem quer viajar prevenido durante a pandemia e o que ela fará de diferente numa próxima oportunidade. 

Cabo Frio, na região dos lagos, tem um mar paradisíaco - Foto: Pixabay

Pra onde foi e quanto tempo ficou? 
Praia do Foguete, Cabo Frio - RJ, viagem de 2 dias. 

Como viajou? 
Viajamos de carro. 

Onde se hospedou? O que te levou a escolher esse tipo de hospedagem? A pandemia pesou na sua escolha? 
Ficamos em uma pousada, pois eu queria "pés na areia”. Pesou demais. Levei vários sprays de álcool 70, lencinhos desinfetantes, etc. Eu estava tensa. 

Cabo Frio - RJ -
Foto: Renata Amaral/
Arquivo pessoal
Você observou cuidados especiais por causa da pandemia durante sua hospedagem? Poucos: dispenseres de álcool gel pelo ambiente, funcionários (quase todos) de máscara, café da manhã sem buffet, pedidos individuais e servidos onde você achasse melhor (quarto ou restaurante) e só. 


Contratou tours, passeios ou explorou o destino por conta própria? 
Ficamos por nossa conta. 


Visitou atrações fechadas ou deu preferência aos pontos turísticos ao ar livre? 
Somente pontos turísticos ao ar livre. 


Frequentou restaurantes? Observou mudanças por causa da quarentena? Quais? 
Fomos sim. Sempre optando pelos serviços à la carte e com ambiente externo. As mudanças são sempre álcool em gel disponível. Funcionários de máscara e alguns poucos também com faceshield. 


Precisou contratar um seguro viagem para a ocasião? 
Não. 

Fim de semana pé na areia em Cabo Frio - Foto: Renata Amaral/Arquivo pessoal


Se sentiu segura durante toda a viagem? 
Não me senti, infelizmente. Tive problemas na estadia na pousada, que eu prontamente fiz reclamações formais no tocante à limpeza e uso de máscara pelos funcionários. Por conta dessa reclamação, nos deram um upgrade bem legal de quarto, mas mesmo assim eu não retornaria para lá. Escolheria uma pousada ou hotel de uma grande rede, que acredito estar funcionando melhor com os protocolos. 

Com base na sua experiência, qual dica você dá para quem está pensando em viajar durante a pandemia? 
Pesquisar bem, ligar para os locais e perguntar TUDO, tentar pegar indicações com amigos, etc. E acho que as grandes redes de hotéis estão levando mais a sério e mais preparadas para a pandemia.


Adendo: Aproveito para deixar claro que esse projeto não é um incentivo às viagens. A pandemia não acabou. Esse trabalho tem um cunho jornalístico com o intuito de relatar experiências de pessoas que ao mesmo tempo em que estão tentando se adaptar à nova realidade, acreditam na seriedade do assunto. 

Para notícias oficiais e atualizadas sobre a Covid-19 no Rio de Janeiro: https://www.saude.rj.gov.br

Para notícias oficiais e atualizadas sobre o turismo no Rio de Janeiro: http://www.turisrio.rj.gov.br

Rapha Aretakis

Viajante e sonhadora em tempo integral. Edito, escrevo e fotografo para o Raphanomundo desde 2010. Nascida no Recife, criada para o mundo, vivendo em Stuttgart, Alemanha.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Instagram @raphanomundo