Voando Lufthansa para Frankfurt e usando o AIRail

13.5.13


Com tanta informação legal sobre a Alemanha aqui no blog, não podia demorar mais muito tempo pra falarmos sobre como é voar com a Lufthansa, maior companhia aérea alemã e uma das maiores do mundo. O marido voou recentemente na rota São Paulo – Frankfurt – São Paulo e conta por aqui como foi.
...

Para muitos entusiastas da aviação, a etapa do vôo numa viagem sempre é quase tão esperada quanto a viagem em si. Nesta rota em particular (GRU-FRA-GRU), é uma oportunidade de voar no clássico Boeing 747-400. Além disso, voar com a companhia aérea do mesmo país do seu destino final faz com que a viagem – pelo menos culturalmente – comece antes mesmo de você chegar.

O check-in para os voos da Lufthansa no aeroporto de Guarulhos fica no terminal 2, asa D e costuma ser bem tranqüilo. Eles operam dois voos diários, um para Munique, que decola mais cedo e o vôo para Frankfurt. O embarque normalmente é bem pontual e a movimentação começa cerca de uma hora antes do horário previsto para a decolagem.

Na entrada do avião, comissários falando alemão, inglês, espanhol e português orientam os passageiros sobre a localização dos assentos. Uma dica interessante para saber a configuração de assentos da aeronave antes de reservar é verificar o SeatGuru.

Bem-vindo



Voando na classe econômica é difícil dizer que se viaja confortavelmente, mas a distância entre as poltronas é satisfatória e para ajudar, a configuração com monitor coletivo vem sendo substituída por monitores individuais de entretenimento. Eu voei em aviões com entretenimento individual na ida e sem na volta.

A tripulação da Lufthansa é sempre cortês e tentam ajudar ao máximo, se esforçando para entender e ser entendida. Ao contrário do que possa parecer, chegam a ser divertidos. Quem poderia dizer que seria possível realizar uma briga de travesseiros dentro de um vôo, comandada pelos próprios comissários? Pois esta experiência única aconteceu com a Lufthansa nesta mesma rota dois anos atrás.

Para encarar as 11 horas de vôo até a Alemanha, o serviço é dividido em três partes. Snacks e bebidas pouco antes do jantar, o Jantar em si e o café da manhã duas horas antes do pouso. Durante todo o vôo os comissários distribuem água e suco pelos corredores. Com o vôo partindo do Brasil, não há muita surpresa, no vôo partindo da Alemanha sempre se pode esperar algo diferente, seja um pão ou iogurte, sempre deliciosos. Nos dois sentidos o que não falta é o típico suco de maça!

Snack para abrir o apetite
Jantar da rota GRU - FRA
Café da manhã da rota GRU - FRA
Jantar da rota FRA - GRU
Café da manhã da rota FRA - GRU

O entretenimento individual surpreendeu pela facilidade de utilização e pela variedade e atualidade dos filmes e programas. A lista era imensa, para todos os gostos. Eu encarei um episódio de The Big Bang Theory e alguns minutos do Hobbit antes de dormir, que por coincidência foi um dos programas do monitor coletivo no vôo da volta.

Entretenimento individual e on demand a bordo

Como habitual em vôos internacionais, no bolsão da poltrona, junto com a revista de bordo, há um catálogo com produtos Duty Free que podem ser adquiridos no avião.

Se o seu destino final não é Frankfurt, antes do pouso é possível ver um vídeo de orientação sobre o desembarque e como proceder para fazer a conexão. São exibidos os horários e portões dos próximos vôos, para que você já saiba exatamente onde deve ir. Também há bastante gente no desembarque para informar sobre como proceder.

Sinalização da esteira em Frankfurt para quem vai fazer o AIRail: Avião + trem
ICE para Stuttgart

No meu caso usei pela primeira vez o serviço AIRail, quando o seu bilhete aéreo é combinado com um trecho de trem. A partir de Frankfurt, você pode seguir até Colônia ou Stuttgart num vagão exclusivo Lufthansa, com assento reservado e no retorno, deve fazer o seu check-in na própria estação de trem. Achei tudo bem prático. No check-in no Brasil você já recebe o ticket que usará no trem. Quando desembarca em Frankfurt deve retirar a sua mala apenas na esteira da Lufthansa, a caminho da plataforma. No retorno, você faz o check-in na estação de trem, dentro do espaço AIRail da Lufthansa e vai com sua mala até Frankfurt para despachá-la, de novo no espaço AIRail. Bem simples.

O lindo 747-400 no aeroporto de Frankfurt

E assim, mais uma vez, viajei sem nenhum problema com a Lufthansa (e com a Deutsche Bahn) e confirmo a qualidade do serviço que eles prestam. Totalmente recomendado.

Leia também

2 comentários

  1. que blog legal! parabens!!! fomos para a alemanha em julho de 2013 e não vemos a hora de voltar!
    tatiana

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. A Alemanha é incrível, né Tatiana? Não vejo a hora de voltar também :)

      Excluir

google plus

twitter