O ponto alto, altíssimo, da minha viagem foi ver a neve pela primeira vez na vida. Viajei ciente de que não seria dessa vez que veria uma paisagem nevada, mas ao desembarcar em Miami, na espera pelo voo de conexão, vimos a previsão do tempo para o dia seguinte em NY e ela não era nada animadora, pelo menos para os outros, mas para mim foi a melhor notícia do dia. Nós ficamos meio sem querer acreditar, pois não é normal nevar nessa época do ano por lá, contudo a previsão insistia que teria uma baita snowfall no sábado, dia 29/10. 
Ao chegar no apartamento de Jui, ela também nos avisou que teria uma nevasca no sábado. Meio cética, mas com aquela pontinha de esperança lá no fundo, acordei no sábado e fui logo para a janela - nada de neve!

Enquanto tomávamos café da manhã, por volta das 11 horas, o marido olha para a janela e diz: Você precisa ver isso, está nevando! Pulei imediatamente da mesa e corri para ver os primeiros flocos caírem. Coisa linda, emocionante mesmo. Fiquei maravilhada, tirei fotos, o marido filmou, abrimos a janela e coloquei a mão do lado de fora a fim de sentir a neve com as mãos. Uma delícia. Quis logo acabar o café da manhã para sair e vê-la de perto. E assim o fizemos. Quando saímos, a intensidade já tinha aumentado um pouco e a neve já fazia uma fina camada sobre os carros e calçadas. Chegar até o metrô foi uma aventura e tanto. Lá na frente fizemos outro filme, pois a paisagem estava muito bonita.

vista da janela do apartamento


a neve fica mais forte

uma fina camada sobre os carros

à noite, na volta pra casa, a neve acumulada nos carros


vídeo da vista do apartamento de da entrada do metrô

E assim foi todo o dia 29/10/2011, branco, gelado, emocionante e recompensador. Mais conhecido também como o dia em que vi a neve pela primeira vez. Brincando com o título da música de Sinatra que usei no vídeo (Love's been good to me), posso dizer que: "Life's been good to me"!