Nesta segunda começa uma nova série aqui no raphanomundo: Montevidéu! Desde que chegamos aqui em São Paulo esperávamos uma oportunidade para conhecer a capital uruguaia. No ano passado, conseguimos um preço bom na passagem para o feriado de 1º de maio. Não nos restou outra opção a não ser aproveitar essa chance e compartilhar um novo destino aqui no blog.


Em Guarulhos
Voamos pela primeira vez com a companhia aérea Uruguaia Pluna, que opera uma frota de 13 jatos regionais CRJ-900 de 90 lugares da canadense Bombardier, com pinturas criativas e coloridas. No interior do jato, menos espaço para circular e para as bagagens de mão, mas assentos de couro confortáveis e satisfatórios para o curto trecho de pouco mais de 2h até o Aeroporto de Carrasco.

O serviço de bordo é todo pago, incluindo água. Os valores não são muito diferentes do que se paga nas áreas de embarque dos aeroportos, portanto, fica a seu critério experimentar algum lanchinho a bordo. O serviço na cabine também inclui o Free Shop. Há um catálogo com os itens e os preços. Os valores são cobrados em dólares, mas o pagamento pode ser feito também em outras moedas, como reais e pesos uruguaios ou argentinos, além de cartões de crédito.

Água a bordo R$ 6,00

Menu de lanches e bebidas

Interior do avião

As comissárias (apenas duas) foram bem simpáticas nos dois voos, tudo muito tranquilo e pontual. A Pluna opera voos diretos para Montevidéu partindo de diversas cidades brasileiras. A Gol e a TAM também voam para Montevidéu. Para os que gostam de aviação, é interessante ter a Pluna como opção para voar em um novo modelo de aeronave.



Raphanomundo voando Pluna

No desembarque, notamos que o aeroporto de Carrasco tem uma infraestrutura incrível. Tudo novo, limpo e organizado. Passamos rapidamente por uma imigração sem perguntas e já saímos dentro do Duty Free. Após resgatar e passar nossas malinhas pelo Raio-X, vimos que no amplo saguão há casa de câmbio, guichê de taxi especial (pré pago) e caixas eletrônicos.

Para se deslocar até o centro da cidade, as opções são ônibus especial, ônibus urbano, van (shuttle) e taxi especial. Como chegamos de madrugada, acabamos usando o taxi especial até o bairro de Carrasco. As tarifas estão disponíveis aqui.

Tínhamos planejado curtir a viagem de forma mais relaxada e não pesquisamos muitos detalhes sobre a chegada à cidade. Por isso, ficamos muito satisfeitos com tudo que encontramos por lá. E olha que era só o começo...