Uruguai de ônibus – o jeito mais barato de cruzar o país

Uruguay by bus - the cheapest way to explore the country



Nós queríamos voltar ao Uruguai há bastante tempo. Fomos na capital, Montevidéu, com a extinta Pluna em 2012 e ficamos só por lá. Dessa vez, a ideia era explorar o país de leste a oeste, mas sem pesar no budget. A solução mais óbvia e viável de todas nunca tinha passado pela cabeça: ir de ônibus!

We wanted to return to Uruguay for a long time. We flew in the capital Montevideo in 2012 with the extinct Pluna and we stayed only there. This time, the idea was to explore the country from east to west, but on a tight budget. The most obvious and viable solution of all had never crossed our minds: go by bus!

A maioria dos brasileiros que visita o Uruguai, por comodidade, vão com os seus próprios ou, alugam um quando chegam. Com as tarifas calculadas em dólares para as diárias, o preço do modelo mais básico por uma semana estava atingindo os USD 500, valor que estava além do que queríamos pagar após conversão para reais.

Most Brazilians who visit Uruguay, for convenience, go with their own car or rent one when they arrive. The rates of the basic model for a week, calculated in dollars was reaching USD 500, an amount that was way beyond what we wanted to pay after conversion to Brazilian reais.

O Uruguai é um país proporcionalmente pequeno e, não existem atualmente voos domésticos conectando as cidades mais distantes. Basicamente, todos os uruguaios que não querem realizar estes percursos de carro fazem uso dos ônibus. Numa pesquisa rápida descobrimos que os ônibus no Uruguai têm ar-condicionado, são novos e, quase todos possuem wi-fi aberto. Ou seja, estava decidido!

Uruguay is a proportionally small country and, there are currently no domestic flights connecting the most distant cities. Basically, all Uruguayans who do not want to do these car journeys make use of the buses. A quick search and we’ve found that the buses in Uruguay have air conditioning, are new, and almost all have open wi-fi. In other words, it was decided!
 

>> Chegando ao Chuí brasileiro de ônibus a partir de Porto Alegre
>> Arriving at the Brazilian border Chuí from Porto Alegre by bus

 

Ao mesmo tempo em que decidimos que cruzaríamos o país de ônibus, estávamos tendo dificuldade em encontrar passagens aéreas para Montevidéu a partir de Curitiba. Eram opções caras, mesmo com milhas. Além disso, chegar na capital para ir até as praias, voltar até Colônia do Sacramento e depois retornar para o aeroporto de Carrasco para voltar ao Brasil não era a melhor estratégia. Pensamos em ir a Buenos Aires, mas desistimos quando vimos quão fácil seria cruzar a fronteira também de ônibus, a partir de Porto Alegre. São duas opções a partir da rodoviária de Porto Alegre:

While we decided that we were going to use the bus, we were having trouble finding air tickets to Montevideo from Curitiba. They were expensive options, even with miles. Also, to land in the capital and then go to the beaches, go back to Colonia del Sacramento and then return to Carrasco airport to return to Brazil was not the best strategy. We thought of flying instead to Buenos Aires, but gave up when we saw how easy it would be to cross the border by bus from Porto Alegre. There are two options from the bus station in Porto Alegre:

Ir ao Chuí numa viagem Noturna (8h30 de duração) com a Planalto. Ou, como decidimos fazer - Ir ao Chuí via Pelotas (cerca de 4h até Pelotas mais 4h até o Chuí) com a Expresso Embaixador. Todas as informações sobre trechos, preços e compra on-line estão disponíveis nos sites das rodoviárias de Porto Alegre e de Pelotas.

Go to Chuí on a night bus (8.5 hours long) with Planalto. Or, our choice - go to Chuí with a night layover in Pelotas (about 4 hours per leg) with Expresso Embaixador. All information about departure times, prices and online purchase are available on the websites of the bus stations from Porto Alegre and Pelotas .
   
Não fizemos nenhuma compra antecipada on-line, mas checávamos diariamente se ainda havia assentos disponíveis nos horários e datas em que planejávamos viajar. Compramos todos os trechos diretamente nos guichês, que só aceitavam dinheiro ou cartão de débito.

We have made no advance purchase online, but we’ve checked daily if there were still seats available at the times and dates we planned to travel. We bought all the tickets directly at the local booths, which only accept cash or debit card!



>> Câmbio de reais por pesos no Chuy – a melhor cotação do Uruguai
>> Money Exchange in Chuy - the best deal in Uruguay

Pegamos o primeiro ônibus em Pelotas para o Chuí e chegamos lá por volta das 8h00 da manhã no horário uruguaio (durante o horário de verão o Uruguai fica com uma hora a menos em relação ao sul do Brasil). A cidade é bem pequena e não dá pra saber o que é Brasil e o que é Uruguai. Mas a maioria estava falando castelhano.
Na pesquisa prévia, vimos que fazer o câmbio no Brasil seria bem mais caro. Optamos por trocar algum dinheiro no Chuy, acreditando que também seria uma cotação ruim. Aprendemos mais tarde que foi a melhor de todos os lugares que visitamos. A casa de câmbio com melhor cotação no dia foi a Abitab, na Av. Brasil 371.


We took the first bus in Pelotas for Chui and arrived there around 8:00 am, Uruguayan time (during daylight saving time Uruguay is one hour less in relation to the south of Brazil). The town is very small and you can’t tell what is Brazil and what is Uruguay. But most people were speaking Spanish.
In previous research, we found that exchanging money in Brazil would be much more expensive. We chose to change some money in Chuy, believing it would also be a bad quote. We learned later that it was the best deal of all the places we visited. The exchange house with best price on the day was the Abitab, on Ave. Brazil 371.

 

>> Imigrando no Chuy uruguaio em direção às praias de Rocha
>> Immigrating in Uruguayan Chuy toward the beaches of Rocha


 

O terminal do lado brasileiro fica bem perto das tiendas das empresas de ônibus uruguaias, que ficam lado a lado na Calle Leonardo Oliveira. O local de embarque é feito a passos dali, na Plaza General Artigas – não tem erro. Para seguir até as praias do Departamento de Rocha, é possível usar uma dessas três empresas: Rutas del Sol, Cynsa e COT. As lojas no Chuy faziam venda apenas em dinheiro (em pesos uruguaios ou em reais com cotação pior do que a da casa de câmbio). Aqui compramos as passagens até Punta del Este. Todas as rotas no Uruguai têm tarifa tabelada. Portanto, a nossa escolha de empresa teve mais a ver com horário de partida.

The terminal on the Brazilian side is very close to the tiendas of the Uruguayan bus companies, which stand side by side on Calle Leonardo Oliveira. You board the buses steps away, in Plaza General Artigas – can’t get lost. To get to the beaches of the Department of Rocha, you can use one of the three: Rutas del Sol, CYNSA and COT. The shops in Chuy accept cash only (in Uruguayan Pesos or brazilian reais – with a bad currency). Here we bought all tickets up to to Punta del Este. All routes in Uruguay have fixed price, no matter the company. Therefore, our choice had more to do with the most convenient departure time.


Normalmente viajam um motorista e outro funcionário que verifica os bilhetes ou faz a venda no próprio ônibus. É para um deles que você tem que avisar que fará a imigração no lado uruguaio. O brasileiro que imigra com passaporte, recebe um carimbo e fica tudo certo. O que entra com RG, recebe um formulário que deve ser devolvido posteriormente na saída do país. Não mais que 10 minutos depois da partida o ônibus para na alfândega uruguaia e leva menos de 5 minutos para realizar o processo. Estávamos no Uruguai!


You’ll find two employees on the bus, a driver and a controller who checks the tickets or make the sale on board. It is for one of them that you have to warn you will make immigration on the Uruguayan side. The Brazilian who immigrates with passport receives a stamp and everything is right. Ones with ID receives a form that must be returned later when leaving the country. No more than 10 minutes after departure you’ll reach Uruguayan customs and takes less than 5 minutes to carry out the process. We were in Uruguay!


>> De Chuy a Punta del Diablo
>> From Chuy to Punta del Diablo

Escolhemos a COT para realizar o primeiro trecho entre Chuy e Punta del Diablo. Menos de uma hora de viagem e, wi-fi funcionando o tempo todo, ônibus novo, assentos marcados, ar-condicionado ok.

We chose COT for the first leg between Chuy and Punta del Diablo. Less than one hour drive, Wi-fi working all the time, new bus, reserved seats and air conditioning ok.

 

O Terminal de Punta del Diablo é novo mas não tem nada, fica longe da vila, mas a maioria dos ônibus vai até o centrinho. Combine o traslado com o seu hotel ou hostel. Não tem ponto de taxi fixo no terminal e se por sorte conseguir um, fazem preço fechado de 150 pesos.


Punta del Diablo’s Terminal is new but has no facilities is far from the village, but most of the buses goes all the way to the village. Plan your transfer in advance with your hotel or hostel, cause there’s no taxi stop at the terminal and, if you are lucky enough to get one, they will charge a fixed price of at least 150 pesos.


>> De Punta del Diablo a La Paloma
>> From Punta del Diablo to La Paloma 


A nossa próxima parada foi La Paloma. Não tinha ônibus direto de Punta del Diablo até La Paloma, então tivemos que ir primeiro até a cidade de Rocha e de lá, pegar outro ônibus até La Paloma. Fomos de Cynsa até Rocha, viagem curta, ar-condicionado e wi-fi ok, ônibus novo, assentos marcados, tudo numa boa.

Our next stop was La Paloma. You can’t get there on one bus ride only so we had to go first to the city of Rocha and from there take another bus to La Paloma. We got a CYNSA bus to Rocha, which was a short trip, air-conditioning and wi-fi ok, new bus, reserved seating, all fine.

Na nossa parada rápida em Rocha, demos a grande sorte de comer empanadas incríveis num lugar super despretensioso, o Almacen Plaza. Provamos empanadas de carne, pollo e peixe, todas deliciosas. Fica ao lado da tienda da Rutas del Sol. Aliás, foi com a Rutas que fizemos o próximo trecho. A pior experiência até então... Ônibus lotado, pessoas nos nossos lugares, wi-fi falhando. Um de nós teve que ir em pé e só não foi pior porque a viagem durou apenas 30 minutos.

In our quick stop in Rocha, we had that traveler’s luck to eat amazing empanadas in a super unpretentious place, the Almacen Plaza. We tasted meat, pollo and fish empanadas, all delicious. It is right next to the tienda of Rutas del Sol. Indeed, it was with Rutas del Sol we did the next leg. The worst experience so far... crowded bus, people in our seats, failing wi-fi. One of us had to go standing and it was not that bad only because the trip lasted 30 minutes.

 

O Terminal de La Paloma é bem central, organizado e tem ponto de taxi na frente. O taxi até o nosso hotel custou 70 pesos.

La Paloma’s Terminal is very central, organized and have taxi rank right in front of it. The taxi to the our hotel costed 70 pesos.



>> De La Paloma a Punta del Este
>> From La Paloma to Punta del Este
  
O terceiro trecho foi até Punta del Este e, mais uma vez, sem ônibus direto. Fomos de COT até San Carlos e depois também com a COT até Punta. O mesmo padrão da primeira viagem, tudo certo!

The third ride of our schedule was to Punta del Este and, again, no direct route. We went with COT to San Carlos and then also with the COT to Punta del Este. COT had the same good standard as the first trip, no complaints!

 

O Terminal de Punta del é mais antigo e só duas empresas nos interessam aqui: COT e Copsa Este (a Copsa opera linhas de transporte público no país e o segmento Este é de ônibus executivos entre a capital e Punta del Este). O diferencial é que em Punta dá pra emitir passagens com cartão de crédito. É bem localizado, mas como as opções de hospedagem na região são várias, o táxi pode sair um pouco mais caro. A viagem até o Atlántico Boutique Hotel, na península, custou 150 pesos.

The Terminal of Punta del Este is older and only two companies concern us here: COT and Copsa Este (Copsa operates public transport lines in the country and also this route with executive coaches between the capital and Punta del Este). The difference is that in Punta the booths can issue tickets with a credit card. It is well located, but as the lodging options in the area are numerous, the taxi can be expensive. The ride to the  Atlántico Boutique Hotel, on the Peninsula, costed 150 pesos.

 


>> De Punta del Este a Colônia
>> From Punta del Este to Colonia del Sacramento

Encerrada a nossa temporada de praias, queríamos seguir direto até Colônia, só que mais uma vez, não dava pra ir direto. A única solução seria fazer uma parada na rodoviária em Montevidéu, que se chama Tres Cruces, também abriga um shopping center e fica na região central da cidade. Compramos o trecho até Montevideo com a Copsa Este assim que chegamos, dois dias antes.

After wrapped up our beach season, we wanted to go on a straight ride to Colonia, only to find one more time, there was no direct route. The only solution would be to make a stop at the bus station in Montevideo, called Tres Cruces, which is also a shopping mall in the central area of the city. We bought the ticket to Montevideo with Copsa Este as we arrived in Punta. 


O trecho com a Copsa Este não valeu, ônibus seminovo e wi-fi sem funcionar, chato. Mas fora isso, seguimos tranquilos até Tres Cruces. Na capital, infraestrutura completa. Todas as empresas têm lojas ali e aceitam cartão de crédito. Compramos nosso trecho na hora até Colônia com a Turil. Tivemos tempo para almoçar num restaurante italiano da praça de alimentação com direito a Parrilla, o Trattoria.

The leg with Copsa was not worth it, not so clean buses and the wi-fi didn’t work, boring. But other than that, no trouble until Tres Cruces.
In the capital, complete infrastructure. All companies have stores there and accept credit cards. We bought our ticket to the next available departure to Colonia with Turil. We had time for lunch in an Italian-parrilla restaurant in the food court called Trattoria.

 

Com a Turil, a única queixa foi o sinal instável do wi-fi. Fora isso, tudo certo. O terminal em Colônia é pequeno, mas bem organizado. Tem lanchonete e dá para fazer câmbio. Os guichês das empresas não aceitam cartão, no entanto. Fica em frente ao terminal do Buquebus e possui locadora de automóveis também. Para o nosso hotel, o Real Colonia, o taxi custou 120 pesos.

With Turil, the only complaint was the unstable wi-fi signal. Other than that, no complaints. The terminal in Colonia del Sacramento is small but well organized. It has a cafeteria and you can exchange money and rent a car there. The booths of the companies do not accept credit card, however. It is right opposite the Buquebus terminal. To our hotel, the Real Colonia, the taxi costed 120 pesos.



>> De Colônia do Sacramento a Carmelo
>> From Colonia del Sacramento to Carmelo



Deixamos para comprar o trecho até Carmelo aqui e fizemos bem, pois assim pegamos um horário mais conveniente com a empresa BERRUTTI, que não tinha surgido nas nossas pesquisas prévias. Este foi o serviço mais simples, sem wi-fi. Mas compensou quando uma turma inteira de colégio subiu no ônibus. Foram desembarcando pouco a pouco nas propriedades rurais e nós fomos testemunhas da rotina da região por uma hora. Nosso hotel – Carmelo Resort & Spa - a Hyatt Hotel –  ficava entre Carmelo e Nueva Palmira, então avisamos ao motorista, que parou na estrada em frente ao hotel. Na volta, ficamos na frente da entrada do hotel e acenamos para o nosso ônibus, que parou numa boa.

We’ve decided to purchase the ticket to Carmelo in Colonia, which was a good call because we got a more convenient departure time with BERRUTTI, which had not arisen in our previous research. This was the simplest service, with no wi-fi. But payed off when an entire school class hopped in. We were witnesses to the routine of the area for an hour, as the kids were hopping off to their countryside homes.  Our hotel - Carmelo Resort & Spa, a Hyatt Hotel - was located just a few miles after Carmelo in direction to Nueva Palmira. We asked the driver and he stopped the bus right by hotel’s entrance. On the way back, we stayed by the road in the hotel's front entrance and waved to our bus, which stopped promptly.




>> De Carmelo a Montevidéu
>> From Carmelo to Montevideo

O último trecho para voltar de Carmelo a Tres Cruces, em Montevidéu, nós compramos facilmente online, enquanto ainda estávamos em Colônia. Fizemos isso para poder usar o cartão de crédito ao invés de fazer câmbio. Compramos no site da empresa Agencia Central e resgatamos no guichê da empresa, em Colônia mesmo. O trecho foi feito direto até Montevidéu, com tudo funcionando ok. A viagem mais longa de todas, mas igualmente tranquila. O nosso hotel Days Inn ficava do lado do Tres Cruces, o que foi uma ótima pedida para esse roteiro de ônibus.


The final long leg was to get back from Carmelo to Tres Cruces in Montevideo. In order to get an online experience, we purchased that one on the internet while we were still in Colonia. The online option was available with the company’s website of Agencia Central and then, we’ve easily retrieved the printed tickets on their booth in Colonia. The ride was made directly to Montevideo and everything went great. The longest leg of all, but also a smooth one. Our hotel, Days Inn was right behind Tres Cruces, a very convenient location.



Para não dizer que encerramos nosso roteiro de ônibus por aqui, ainda usamos a Copsa mais uma vez para ir com conforto até o Aeroporto de Carrasco. Nesse dia, o wi-fi funcionou normalmente.

The last bus ride was the one from Tres Cruces to Carrasco Airport. We chose to go with Copsa again, because of the departure time. On that day, the wi-fi worked normally.

Resumo da viagem: Quase 1.000km percorridos | Summary map - nearly 1000 km covered

>> Calculando os gastos
>> Calculating expenses

Resumo: cruzamos o país de leste a oeste, percorremos cerca de 1000 km e pagamos, por duas pessoas, o equivalente a R$500. Somando ônibus e taxi, gastamos cerca de 5 mil pesos (R$630 na cotação da época). Além da praticidade, foi muito vantajoso usar o ônibus dentro do Uruguai. Seguro, pontual, estradas ótimas e o conforto do ar-condicionado e wi-fi em quase todas as viagens. O raphanomundo recomenda sem erro!

Summary: we crossed the country from east to west, traveled about 1000 km and paid for two people, the equivalent to 4000 pesos. Summing the expenses of bus and taxi, we spend about 5,000 pesos (less than USD 200 for sure). Besides the convenience, it was very advantageous to use the bus in Uruguay. Safe, punctual, great roads and the comfort of air-conditioning and wi-fi in almost all rides. Raphanomundo recommends it big time!


>> Tabela de preços (por pessoa - dezembro/2015) | Price list (per person - December / 2015):


Chuy – Punta del Diablo: 88,00 pesos
Punta del Diablo – Rocha: 177,00 pesos
Rocha – La Paloma: 71,00 pesos
La Paloma – San Carlos: 195,00 pesos
San Carlos – Punta del Este: 63,00 pesos
Punta del Este – Montevideo: 266,00 pesos
Montevideo – Colonia del Sacramento: 330,00 pesos
Colonia del Sacramento – Carmelo: 141,00 pesos
Carmelo – Montevideo: 424,00 pesos
Montevideo – Aeropuerto de Carrasco: 171,00 pesos


>> Links das empresas | Links of companies’ websites:

COT [http://www.cot.com.uy/] – Vende online | Online purchase available
Copsa [http://www.copsa.com.uy/] – Vende online | Online purchase available
Turil [http://www.turil.com.uy] – Vende online | Online purchase available
Agencia Central [http://www.agenciacentral.com.uy/] – Vende online | Online purchase available



Comentários

  1. Belas dicas. Adoro o blog. Um beijo.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. obrigada, Mônica! seja sempre muito bem-vinda. Um beijo.

      Excluir
  2. Olá! Estou planejando fazer o Uruguai de bus também, adorei suas dicas! Moro em Porto Alegre, e queria seguir, além do Uruguai, até Buenos Aires.
    Quanto tempo durou a sua viagem? Se tiver o tempo que ficou em cada cidade, seria ótimo, pois não tenho a menor noção hehe :D
    Abraços!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Alessandra! Que bom que você está curtindo o conteúdo do blog. Essa viagem foi excelente, bem boa para se fazer no verão! Nosso rolê pelo Uruguai durou 12 dias, distribuídos da seguintes forma: 1 noite Pelotas | 2 noites Punta del Diablo | 1 noite em La Paloma | 2 noites em Punta del Este | 2 noites em Colonia del Sacramento | 2 noites em Carmelo | 2 noites em Montevidéu (porque já conhecíamos a cidade, mas dá para ficar mais caso você já não tenha ido). Se for adicionar Buenos Aires, tenta ir a partir de Colonia, usando buquebus. Nós não fizemos isso, mas caberia no roteiro sem problemas.

      Se precisar de mais ajuda é só falar!

      Um abraço!

      Excluir
  3. boa tarde! qual o valor aproximado da passagem de onibus de chui a punta del este?

    ResponderExcluir
  4. qual o valor aproximado da passagem de onibus do chui a punta del este?

    ResponderExcluir
  5. Olá!

    É possivel ir de Chuy até Porto Alegre de onibus? Sabe informar a empresa e o valor da passagem?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá! Numa pesquisa rápida não encontrei passagem Chuy - Porto Alegre, somente Chuí (vizinha à Chuy) - Pelotas, por cerca de 70 reais, e de Pelotas para Porto Alegre, por cerca de 90 reais, com a empresa Embaixador.

      Excluir
  6. Ótimas dicas. Amei todo o texto. Moro em Rio Grande, próximo a Pelotas e estou pensando em ir no Uruguai no fim do ano com o meu namorado. Você tem facebook ou e-mail para tirar algumas dúvidas caso você possa ajudar? :)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Miguel! Fico feliz que você tenha curtido as dicas e o texto. Tenho certeza que vocês vão curtir muito a viagem, caso façam. Terei o maior prazer em ajudar e tirar suas dúvidas. Se possível, compartilha essas questões aqui mesmo nos comentários, pois elas podem ser as dúvidas também de outros leitores. Fico no aguardo! ;)

      Excluir

Postar um comentário