Esse texto era pra ter sido publicado no dia 07 de março desse ano, quando fez 5 anos que comprei uma passagem só de ida e cheguei aqui em São Paulo de mala e cuia. Porém, precisei de mais tempo pra escrever algo mais elaborado sobre esse marco. Afinal de contas, 5 anos em São Paulo não são para qualquer um.

Como tudo tem sua hora, esse texto vem para encerrar um ciclo desses anos na terra que já não é mais da garoa. Cheguei aqui em 2009 me sentindo muito adulta e pronta. Mas hoje sei que se eu nasci e cresci no Recife, em São Paulo foi onde amadureci. Desembarquei em Guarulhos cheia de sonhos e expectativas, mas nesses 5 anos também vivi o que nem sonhei. Aliás, eu cheguei pensando que viveria na Sampa de Caetano, mas fico feliz de dizer que conheci mesmo foi uma São Paulo cantada por Criolo e Emicida. De contrastes e diferenças. De aprendizados diários que me fizeram crescer.

vai deixar saudades... foto: instagram @aretakis


Criei esse blog, criei laços, exercitei meu olhar e minha paciência. Constatei que a liberdade aqui é muito mais do que um bairro, é um estado de espírito. Aprendi a gostar dos trovões e ver beleza nos (muitos) raios. Demorei a entender que é no verão que chove, no inverno só faz frio. E bote frio nisso. Comecei a apreciar o céu do outono, para mim a época em que ele fica mais bonito.

Aos poucos fui descobrindo o que me agradava, o que eu poderia deixar de lado, aprendi a lidar com as pessoas, diversas, dos quatro cantos do mundo e, principalmente, as daqui. E por falar em mundo, a sensação de que você precisa apenas ir até o Aeroporto de Guarulhos para se conectar ao resto do globo é maravilhosa. Aqui em São Paulo, sem dúvida, sempre me senti mais perto do mundo.

Poderia resumir a experiência que tive aqui desejando a todo mundo um período em São Paulo e, pra quem já é daqui, um período em qualquer outro lugar do mundo.

Finalmente, ao mesmo tempo em que já me sentia em casa, a vida me relembra que a nossa casa está onde estivermos. O blog agora segue para o sul do país. Nosso Heimat passa a ser a capital do Paraná, cidade tão querida por nós e que será a nossa nova casa.

Deixo aqui a minha gratidão pela acolhida e o meu até logo, São Paulo.

Curitiba, estamos chegando!