#SP5anos

Esse texto era pra ter sido publicado no dia 07 de março desse ano, quando fez 5 anos que comprei uma passagem só de ida e cheguei aqui em São Paulo de mala e cuia. Porém, precisei de mais tempo pra escrever algo mais elaborado sobre esse marco. Afinal de contas, 5 anos em São Paulo não são para qualquer um.

Como tudo tem sua hora, esse texto vem para encerrar um ciclo desses anos na terra que já não é mais da garoa. Cheguei aqui em 2009 me sentindo muito adulta e pronta. Mas hoje sei que se eu nasci e cresci no Recife, em São Paulo foi onde amadureci. Desembarquei em Guarulhos cheia de sonhos e expectativas, mas nesses 5 anos também vivi o que nem sonhei. Aliás, eu cheguei pensando que viveria na Sampa de Caetano, mas fico feliz de dizer que conheci mesmo foi uma São Paulo cantada por Criolo e Emicida. De contrastes e diferenças. De aprendizados diários que me fizeram crescer.

vai deixar saudades... foto: instagram @aretakis


Criei esse blog, criei laços, exercitei meu olhar e minha paciência. Constatei que a liberdade aqui é muito mais do que um bairro, é um estado de espírito. Aprendi a gostar dos trovões e ver beleza nos (muitos) raios. Demorei a entender que é no verão que chove, no inverno só faz frio. E bote frio nisso. Comecei a apreciar o céu do outono, para mim a época em que ele fica mais bonito.

Aos poucos fui descobrindo o que me agradava, o que eu poderia deixar de lado, aprendi a lidar com as pessoas, diversas, dos quatro cantos do mundo e, principalmente, as daqui. E por falar em mundo, a sensação de que você precisa apenas ir até o Aeroporto de Guarulhos para se conectar ao resto do globo é maravilhosa. Aqui em São Paulo, sem dúvida, sempre me senti mais perto do mundo.

Poderia resumir a experiência que tive aqui desejando a todo mundo um período em São Paulo e, pra quem já é daqui, um período em qualquer outro lugar do mundo.

Finalmente, ao mesmo tempo em que já me sentia em casa, a vida me relembra que a nossa casa está onde estivermos. O blog agora segue para o sul do país. Nosso Heimat passa a ser a capital do Paraná, cidade tão querida por nós e que será a nossa nova casa.

Deixo aqui a minha gratidão pela acolhida e o meu até logo, São Paulo.

Curitiba, estamos chegando! 


Comentários

  1. Boa sorte, Rapha :) Acompanhei de longe essa tua jornada, mas sempre torcendo pra tudo dar certo. Tenho certeza que Curitiba vai te receber de braços abertos e você ainda vai ter muito o que crescer e amadurecer por lá, afinal, é disso que é feita a vida, né? De mudanças e auto conhecimento em cada passo.

    Boa sorte <3

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Acompanhou mesmo, Terrinha! É isso mesmo, a vida é um aprendizado constante. Muito obrigada pelos votos. E, já sabe, uma vez em terras paranaenses, a cerveja gelada está garantida ;)

      <3

      Excluir
  2. Puxa, Rapha, fiquei feliz em te conhecer pessoalmente. Boa sorte na sua nova jornada. Que Deus lhe proteja!!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Muito obrigada, Zanelli! Foi um prazer te conhecer, espero encontrá-la nos eventos e viagens da vida :)

      Um beijo grande :*

      Excluir
  3. Que bonito texto, boa sorte na nova jornada e esperamos sempre sua visitinha aqui em SP!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada, Rafa! Pode deixar que vira e mexe estarei por aqui ;)

      Excluir
  4. Só vi agora a novidade, Rapha! Então que Curitiba te receba de braços abertos e você avise quando der uns rasantes pela paulicéia desvairada para tomarmos um café :)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Baita novidade, né Mari? :) Pode deixar, acho que morando mais distante os astros darão um jeitinho da gente se encontrar mais vezes...

      :*

      Excluir
  5. Uia, só agora vi esse texto! Você vem para Curitiba! Êêêê!!! Já chegou? Bjs!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Tô chegando, na segunda semana de maio aporto por aí ;)

      Beijão!

      Excluir
  6. Boa sorte na sua nova casa Rapha!! Mais histórias, viagens, bate e voltas e sempre muitas felicidades e alegrias, onde quer que vc esteja!
    Bjus!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Muito obrigada, Guta! <3 Que a gente se esbarre mais vezes por esse mundão!

      Excluir

Postar um comentário