Zürich - uma conexão de tirar o fôlego

Antes do nosso vôo de volta para São Paulo ainda tínhamos uma conexão de boas 10 horas de duração em Zürich, mas nada de reclamar, né? O negócio foi previamente ver o que fazer (post a seguir) e como se locomover na cidade. Descobrimos que bastava comprar um ticket diário válido para as zonas 10 e 21 (que compreendem o aeroporto e o centro). Chegando lá foi só desembarcar, procurar as máquinas de autoatendimento do sistema de transporte público que ficam dentro do aeroporto, comprar os tickets (cerca de 13 CHF por pessoa +- R$ 26) e ir para o ponto a espera do tram que nos levaria ao centro de Zürich. Meia hora depois, nos pegamos embasbacados com a beleza da cidade e impressionados com a cor da água do Zürichsee. E aí, amigos, foi amor à primeira vista. Que cidade linda! Que água incrível! O Sol e os 27 graus que faziam também ajudaram a deixar o cenário ainda mais perfeito. 












A câmera fotográfica não parou de funcionar um segundo e decidimos passear com calma, aproveitando tudo o que aquela vista poderia nos oferecer. De qualquer forma voltaríamos para casa com um super gostinho de quero mais, mas essas poucas horas em Zürich funcionaram como um excelente teaser para colocar a Suíça no topo da nossa wishlist. No próximo post eu falo com mais detalhes sobre como aproveitamos as nossas horas em solo suíço. Esse foi só um aperitivo! 

Comentários

  1. Zurich é mesmo incrível, fui no inverno, mas pelo visto tenho que voltar no verão! Belas fotos!

    http://www.oguiadeportugal.com/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Acho que Zurich é incrível em qualquer época do ano... :)

      Excluir

Postar um comentário