Mostrando postagens com marcador são paulo. Mostrar todas as postagens
Mostrando postagens com marcador são paulo. Mostrar todas as postagens

15.4.14

Notícias do Turismo #8


Semanalmente, você encontra aqui as notícias mais fresquinhas do mercado do turismo no Brasil e no mundo.

  • Novo Cardápio KLM – A companhia aérea holandesa lançou no dia 09 de abril, para a imprensa especializada, os novos cardápios que serão oferecidos nas classes economy e business dos seus vôos, partindo do Rio e São Paulo com destino a Amsterdã. O toque de brasilidade fica por conta do Chef Rodrigo Oliveira, do famigerado Mocotó e do novo Esquina Mocotó, que tem como características a simplicidade da cozinha nordestina e a valorização dos ingredientes locais. Escondidinho de carne seca, Nhoque de Mandioca com Queijos do Brasil, Moqueca de Peixe com Arroz e Castanhas, Quindim de Manga, Cocada, Coco e Castanha-do-Pará, são alguns dos pratos que estarão nos menus da KLM, desenvolvidos em parceria com a LSG Skychefs. Essa novidade fica no ares por um ano, sendo renovada a cada 3 meses. www.klm.comvia: B4T Assessoria + Comunicação
Gratinado de Mandioca com Carne-Seca e Requeijão nos ares da KLM - Foto: Divulgação
  • Suíte Especial para Amazonas e Cavaleiros – A Hospedaria Canto de Fátima oferece uma suíte de 60 metros quadrados conjugada com a baia, para aqueles hóspedes que querem pernoitar com os seus animais. Mal foi anunciada, a Suíte Royal já é sucesso de procura e reserva. O quarto ainda conta com TV de Led de 50’’, vista panorâmica para o campo e amenities Carla Vidal. Para valores e reservas: www.hospedariacantodefatima.comvia: Promonde Comunicação 
Na Suíte Royal da Hospedaria Canto de Fátima você dorme com o seu cavalo - Foto: Divulgação

  • Mavsa Resort tem pacotes para os feriados e fins de semana – O Mavsa Resort, Convention & SPA, localizado em Cesário Lange, interior de São Paulo, tem pacotes promocionais para os próximos feriados e fins de semana. Os destaques vão para a Páscoa Mavsa e a programação especial para o Dia das Mães. Além disso o resort inaugurou o prédio Etoile, garantindo 21 apartamentos novinhos em folha. Valores e outras informações: www.mavsaresort.com.brvia: B4T  Assessoria + Comunicação
No Mavsa Resort a diversão é garantida - Foto: Divulgação

  • A Mercearia Bresser, eleita pela Revista Veja Comer & Beber, por 3 vezes a “melhor pizzaria de Curitiba”, abrirá normalmente durante o feriado da Páscoa com uma sugestão especial de jantar para a data. A pizza Balila – feita com aliche italiano sobre mozzarella –, e o mousse de chocolate Icab, são boas pedidas para a noite. A Mercearia Bresser está no Cabral e no Batel. Para mais informações: www.merceariabresser.com.brvia:  Sorttie Soluções Criativas

Pizza Balila - Foto: Rogerio Dippold


23.1.14

Resorts no Brasil



Nossa lista de resorts que visitamos aqui no Brasil com textos detalhados sobre cada um. Mais um pouco de inspiração para suas férias:


  • NORDESTE
Alagoas

Salinas do Maragogi  (All Inclusive)


  • SUDESTE

 São Paulo

Mavsa Resort (All Inclusive) - Cesário Lange 

Royal Palm Plaza Resort - Campinas 


Rio de Janeiro

Vila Galé Eco Resort (All Inclusive) -  Angra dos Reis 


  • SUL

Santa Catarina

Infinity Blue Resort & SPA - Balneário Camboriú




13.11.13

Escapadas de fim de semana em SP

Resolvi reunir em um só post os lugares que visitei aqui em São Paulo e que dão uma bela viagem de fim de semana, daquelas onde a gente se desconecta de tudo e volta pra casa pronto para a vida. Vamos arrumar as malas e cair na estrada?!



5.11.13

Águas de Lindóia - Duas paradas estratégicas

O intuito desse post é matar dois coelhos com uma cajadada só (ainda é politicamente correto falar isso?). São inúmeros os privilégios de quem viaja de carro, mas o mais legal, sem dúvida, é fazer as suas próprias paradas. Aprendi com os meus pais a valorizar não só o destino, mas também o percurso. Por isso, nossas viagens de carro eram sempre repletas de muitas paradas e descobertas. Viajar para Águas de Lindóia foi relembrar um pouco desse turismo sem pressa que aprendi a fazer com eles...

Para quem segue para essa região do estado dois pit stops são essenciais. A caminho de Monte Sião encontramos a Queijobom, tradicional parada obrigatória desde 1959, vende os verdadeiros queijos mineiros. Além disso, bolos, bolachas, biscoitos, doces, embutidos, geleias, vinhos e cervejas especiais. Comprei o meia cura cremoso e, sem brincadeira, me faltam adjetivos para descrever um queijo tão maravilhoso! Ah, não deixe de pedir uma provinha no balcão. Os atendentes são bem simpáticos.


29.10.13

Porcelana Monte Sião

A visita a Águas de Lindóia não estaria completa se não déssemos um pulinho na sua vizinha mineira, Monte Sião.  A cidade – que fica a oito quilômetros de Águas de Lindóia –, é nacionalmente conhecida pela sua produção de malhas e pela belíssima porcelana azul e branca.

Na ocasião da nossa visita à fábrica de Porcelana Monte Sião pudemos conhecer de perto o passo-a-passo dessa produção em larga escala, porém extremamente artesanal. Fundada em 1959, a princípio só eram produzidos pequenos bibelôs e peças sob encomenda, porém, um português, que vivia na cidade, pediu para que reproduzissem uma jarra azul e branca, legítima porcelana portuguesa. A reprodução fez tamanho sucesso que, a partir daí, a fábrica se especializou nesse modelo. Para diversificar a produção, vários itens foram adicionados à linha, mas sempre seguindo a clássica e bela tradição azul e branca.

Peças prontas para receber a pintura na fábrica de porcelanas Monte Sião

25.10.13

Os atrativos de Águas de Lindóia

A cidade de Águas de Lindóia, que está a pouco mais de 2 horas de viagem aqui de São Paulo, quase na divisa com Minas Gerais, tem como principais atividades econômicas o turismo e o engarrafamento de água. Um refúgio para quem busca o verde e a tranquilidade das boas cidades do interior, ela oferece inúmeros atrativos para quem a visita.

Quase em frente ao Hotel Majestic, onde fiquei hospedada, está o Balneário Municipal de Águas de Lindóia. Inaugurado em 1º de novembro de 1959, hoje além dos banhos que visam o tratamento de doenças, o balneário é um complexo de bem-estar. São oferecidas terapias, massagens, drenagens e banhos relaxantes. As piscinas do complexo são abastecidas com água mineral constantemente renovadas, pois cinco fontes de águas termais são encontradas nas dependências do balneário. Um grande jardim projetado pelo paisagista Roberto Burle Marx se integra perfeitamente à paisagem. A dica aqui é ir sem pressa, aproveitar os tratamentos e as piscinas. É um passeio para toda a família.

Piscinas do Balneário Municipal de Águas de Lindóia - Foto: Divulgação

23.10.13

Bolo de Kit Kat na The Cake is on the Table


O pontapé inicial para a presstrip até Águas de Lindóia foi dado na deliciosa The Cake is on the Table. Em uma casinha fofa, no bairro de Santo Amaro, as sócias Paula Simões e Marília Cichini criaram o que eu poderia chamar de portal para um mundo de delícias e coisas fofas, muito fofas. São tecidos, cadeiras, mesas, quadros, bandeirolas, delicadezas para ver e, principalmente, comer.


22.10.13

Águas de Lindóia - Hotel Majestic

Quando fui convidada pelo Hotel Majestic – através de sua assessoria –, para passar uns dias em Águas de Lindóia, não pensei duas vezes para dizer sim. Então, a partir dessa semana começo mais uma série de posts e adiciono mais essa cidade na nossa lista de “Escapadas de Fim de Semana”. Desde já, garanto que é mais uma excelente opção para você relaxar, se desconectar e voltar pra casa renovado.

Como já foi dito, a hospedagem foi no tradicional Hotel Majestic. Com mais de 40 anos em Águas de Lindóia, o hotel já recebe a terceira geração das famílias. Avôs, pais e netos passam, como quem deixa uma herança, o hábito de se hospedar no Majestic. Majoritariamente, durante a semana, seu público é composto por pessoas que estão na cidade a negócios, pois sua infraestrutura para eventos e convenções é algo fora do comum, com salões que chegam a abrigar 2.000 pessoas. No fim de semana, as famílias em busca de lazer tomam conta das 168 suítes do hotel.


25.9.13

Acropoles - um restaurante grego em São Paulo

Não é a primeira vez que relato aqui a minha predileção pela culinária grega. Não sei se posso culpar as minhas raízes, mas sempre que vou num restaurante grego, a satisfação é garantida. Há anos eu ouvi falar do Acropoles e a promessa de que iríamos lá da próxima vez que fossemos ao centro vinha sendo repetidamente descumprida, até que no último sábado, finalmente (e felizmente), fomos almoçar lá. Depois de visitar Genesis, debaixo de muito calor, descemos na região da Luz, seguimos pela José Paulino, até chegar à rua da Graça. Em frente a uma fachada bem simples, a primeira pessoa que nos recebe é o enérgico Seu Trasso, que logo me perguntou quantos éramos e nos encaminhou para a mesa correta. “Pronto. Agora vá à cozinha escolher o que quer comer. Ou melhor, agora não que está cheio. Espere 5 minutos e vá!”. 

Em um ambiente simples a Grécia é constantemente lembrada

23.8.13

Pousada Campos de Provence

A segunda noite em Campos do Jordão foi na charmosíssima Campos de Provence. Só pelo nome, antes de chegar lá, a gente já imagina como deve ser. Mas ao vivo é muito melhor. Ao abrir a porta do meu quarto, senti que o cheiro da lavanda toma conta do ambiente. Parece que fui transportada para os lindos campos da Provence... A vontade é de não deixar mais a suíte.
Tudo é muito aconchegante por lá, quartos menores, mas não menos confortáveis, equipados com TV, DVD, frigobar, mesa de apoio, calefação geral, inclusive no piso, o que dá uma sensação ainda maior de conforto na fria Campos do Jordão.

Menorzinha, e mais perto do centro, a Campos de Provence é ideal para um bom fim de semana

21.8.13

Amantikir - Jardins que falam

Uma das novidades dessa última ida a Campos do Jordão é um passeio que deve estar no roteiro de todos que pretendem visitar a cidade.
O Amantikir* é um imenso jardim no meio da Serra da Mantiqueira, construído sobre 3 pilares: Educação, Diversidade e Sustentabilidade. O intuito deles é que você saia de lá melhor do que entrou. E certamente sairá. Depois desse contato direto com a natureza é muito difícil não ser tocado por tudo aquilo.

Impressionante a paleta de cores do Amantikir

19.8.13

Pousada Campos dos Holandeses

Nossa primeira parada já em Campos do Jordão, foi na pousada Campos dos Holandeses, onde passei uma noite. A pousada fica mais afastada do centro da cidade, cercada por muito verde. Uma delícia para quem está em busca daquela paz e silêncio que só o interior pode proporcionar.
Depois de um rápido check-in, o destino é o salão onde é servido o café da manhã, para mim, o lugar mais gostoso (e bonito) da pousada. Só em ter aquele fogãozão a lenha no meio do caminho, já levou meu coração. Como todo o ambiente é cercado por janelas de vidro, para todos os lados que se olhe, só encontramos natureza pela frente.

Parte do bonito prédio da Pousada Campos dos Holandeses

15.8.13

Brunch na Casa Tavares

Acabei de chegar de uma viagem rapidinha, porém deliciosa, a Campos do Jordão. A convite das pousadas Campos dos Holandeses e Campos de Provence, curtimos dois dias na cidade e agora vou começar a dividir com vocês as novidades que trouxe de lá. No entanto, antes de mais nada, quero mostrar aqui onde foi o nosso pontapé inicial antes de pegar a estrada.

O dia começando cheio de delicadeza

9.8.13

Tour Favela - parte II

Dando continuidade ao nosso tour por Paraisópolis, após sair da casa do Berbela, Flavia Liz nos levou até a casa de Estevão da Silva, nosso segundo personagem fantástico. Mas não sem antes dar um pulinho na Becei, primeira biblioteca da comunidade, criada em 95 por Cabral. Hoje conta com mais de 15.000 títulos, recebe cerca 50 de visitantes por dia e os associados podem fazer empréstimos de até 7 livros por vez. Em Paraisópolis foi uma surpresa a cada esquina, viu?

Parte da fachada da casa de Estevão - foto de celular

7.8.13

Um fim de semana no Mavsa Resort

Fim de semana passado fomos mais uma vez ao interior do estado afim de conhecer mais um destino bom para uma escapada de fim de semana.
A cidade da vez foi Cesario Lange a, mais ou menos, duas horas de viagem aqui de São Paulo. Na cidade, o nosso objetivo era conhecer o Mavsa Resort Convention & Spa, hotel que em em 2008, 2009, 2010, 2011 e 2012 recebeu os prêmios “Qualidade Brasil” e “Chico Mendes” pela integração sustentável ao meio ambiente.
O acesso até o hotel é super fácil, ele está praticamente dentro da cidade. No check-in tudo rápido e muito cordial. Em poucos minutos já estávamos com os cartões do quarto e as pulseiras que identificam o hóspede no sistema all inclusive. Da recepção nós fomos encaminhados para um carrinho elétrico (aqueles de golf) que nos deixou praticamente no nosso quarto. 


  • Quarto 

A nossa suíte, 342, que fica no primeiro andar do bloco Première, tem 50m2, duas camas queen size, tv de LCD com canais a cabo, pia dupla, amenities personalizadas Mavsa, ducha maravilhosa – separada do banheiro –, frigobar (as bebidas dele também estão no all inclusive, com direito a uma reposição diária), mesa de trabalho, duas poltronas e uma varanda ampla com vista para a área de lazer que, só ao acordar, no sábado pela manhã, descobrimos ser uma vista maravilhosa para piscinas e lagos. Sem contar com as andorinhas que fazem uma farra boa por ali. Ar puro e natureza, quero mais o quê?

Vista do quarto no sábado pela manhã

5.8.13

Tour Favela - parte I

Através de Karina, uma amiga que o blog colocou no meu caminho, fui apresentada ao trabalho de Flavia Liz Di Paolo, uma viajante paulistana, que já morou em diversos países, mas tem grande paixão pela cidade onde nasceu, São Paulo. E é essa paixão que motiva a personal guide a descobrir, garimpar e nos apresentar as jóias que estão guardadas na capital paulista.

Por meio de um tour de vivência Flavia Liz nos conta parte da história do Morumbi, bairro onde se encontra o nosso destino: A maior favela (em termos territoriais) da cidade de São Paulo. Paraisópolis, comunidade que surgiu por volta de 1960, é a casa de duas das preciosidades descobertas por Flavia Liz.

A primeira, Berbela, mecânico autodidata que deixou o sertão de Pernambuco em busca de uma vida melhor para sua família, se descobriu escultor ao tentar realizar o sonho do filho montando uma bicicleta para ele. A partir daí, Berbela fez da favela o seu grande ateliê. Suas esculturas são todas feitas a partir de peças de ferro-velho que ele guarda – e até recebe dos seus clientes. Por trás da pose de bad boy – reforçada pelos óculos estilo aviador –, as inúmeras peças com formato de coração não deixam mentir: a sua sensibilidade está à flor da pele. Seu trabalho, resultante de pura e simples observação, é uma ode à natureza. Onça, tubarão, jacaré, tartaruga, golfinho, aves, borboletas e insetos estão entre as suas grandes obras. Robôs, tanques de guerra, bonecos e uma criatividade sem fim complementam o acervo.

Criador e criatura

30.7.13

Cunha - Todos os posts

Cunha é daqueles refúgios especiais para passar um feriado ou fim de semana. As opções de diversão são inúmeras, sobretudo, nos meses festivos. Aqui no blog, as dicas para aproveitar o melhor da cidade só aumentam! Portanto, não caia na estrada sem antes ler os posts:

Julho/2013

A Cidade dos fusquinhas 

>> Em julho de 2013 o raphanomundo viajou a convite da Secretaria Municipal de Turismo e Cultura de Cunha.


Agosto/2012

Em agosto os ipês floridos tomam conta das estradas

29.7.13

Cunha - Cerâmica / Queima do Raku / Arte espanhola

Para quem visita Cunha, no interior do estado de São Paulo, conhecer alguns ateliês de cerâmica é um passeio obrigatório. Considerada um pólo brasileiro, a arte ceramista da cidade encanta pela diversidade e beleza.
Conversar com os ceramistas, saber como é o passo-a-passo por trás de cada peça e perceber a singularidade  de cada trabalho é mandatório para sair de Cunha sabendo um pouquinho mais do riscado. No entanto, quando existe a oportunidade de ver uma técnica ser executada ao vivo, essa experiência atinge um outro nível de envolvimento. E, automaticamente, o grau de admiração por esse trabalho aumenta.

E foi essa a sensação que tivemos ao participar da Queima do Raku no Gaia Arte Cerâmica. O Raku, técnica de cerâmica japonesa, consiste em queimar as peças – já moldadas e em ponto de biscoito –, num forno que atinge cerca de 1.000 graus. Mali e Wagner, ceramistas responsáveis pelo ateliê, abrem as portas da sua oficina em noites específicas do ano, para receber ali turistas, ceramistas e interessados em aprender um pouco sobre a técnica. Em meio a um bate papo descontraído, Mali nos conta a história do Raku, sobre como ele surgiu na queima das peças para a cerimônia do chá, no Japão. Enquanto a conversa se desenrola, Wagner é o responsável pelo operacional da coisa. Acomoda as peças no forno, o fecha,  acende os maçaricos e dá início ao processo. O ponto alto do ritual é, sem dúvida, quando o forno atinge a temperatura correta e, com as luzes do ambiente apagadas, ele é aberto e podemos ver todas as peças incandescentes, lindas, quase vivas, em brasa. Após nosso encantamento, o processo segue, as peças são transferidas para um local com jornal e serragem e abafadas. Por fim, elas são resfriadas, limpas e postas à venda.

As peças do Gaia Arte Cerâmica prontas para a queima

26.7.13

Cunha - Restaurantes

Como dito anteriormente, a gastronomia em Cunha é um capítulo à parte. Composta por ingredientes regionais de primeiríssima qualidade, resultando numa cozinha absolutamente particular, ela agrada a todos e conquista imediatamente quem a prova.

Nesse post eu trago duas novidades e um repeteco da primeira vez. Afinal de contas, Cunha é daqueles lugares onde você vai achando cantinhos especiais e é quase impossível não retornar a eles.


Na sexta à noite, chegando à cidade,  partimos para a primeira novidade. O Celeiro do Gutto – Pouso e Rango – começou como um restaurante e hoje também é uma pousada exclusivíssima. Mas vamos começar do começo. Depois  de 4km pela estrada de terra nos deparamos com a calorosa recepção dos fiéis companheiros do Celeiro: Nando e Pedro Paulo. Depois de latidos, reconhecimento e aceitação, descemos do carro e observamos o céu – não sei se já falei isso, mas o céu de Cunha é um espetáculo. Logo, o responsável por dar nome ao lugar, o Gutto, nos recebe de forma super atenciosa e nos apresenta ao Fabrício, que também coordena parte do Celeiro. Devidamente apresentados, damos uma rápida volta pela propriedade. De cara eu fico completamente apaixonada pela paz, organização e charme do lugar. Infelizmente o nosso propósito ali era só o jantar, mas a vontade imediata era de, pelo menos, 1 mês naquele ambiente especial.

O ambiente aconchegante do Celeiro do Gutto

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...